Jones provoca Cormier ao ‘recriar’ pesagem polêmica do rival

J. Jones provoca rival (Foto: Reprodução/Facebook/Jon "Bones" Jones)

J. Jones provoca rival (Foto: Reprodução/Facebook/Jon “Bones” Jones)

Jon Jones e Daniel Cormier têm utilizado as redes sociais para provocar um ao outro nas semanas que antecedem o reencontro entre os dois, que acontecerá no UFC 214 do dia 29 de julho. E o ex-campeão fez questão de lembrar uma passagem polêmica da carreira do atual dono do cinturão meio-pesado do Ultimate. Em sua última luta, Cormier foi flagrado se apoiando em uma toalha durante a pesagem oficial para o duelo contra Anthony Johnson no UFC 210. Como a Comissão Atlética não percebeu nada, o peso foi batido e DC lutou, finalizando “Rumble” novamente.

Veja Também

Manuwa não poupou críticas a Cormier (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Jimi Manuwa chama Daniel Cormier de gordo e dispara: ‘Ele que se f***’

D. Johnson (foto) luta contra Borg (Foto: Reprodução/ Facebook/UFC)
Johnson pega Borg no UFC 215 e pode bater recorde de Anderson

Pepey enfrenta Burgos no UFC Long Island (Foto: Reprodução/Facebook GodofredoPepey)
Pepey promete tirar invencibilidade de Burgos e mira UFC São Paulo

Porém, a pesagem de Cormier atraiu diversas críticas e as comissões passaram a prestar mais atenção. Já Jones preferiu fazer piada com o deslize do inimigo e tirou uma foto em que aparece, com técnicos e companheiros de treino, “recriando” o acontecido com o seu arquirrival. Na legenda, mais provocações direcionadas a DC.

“Toda a disciplina e trabalho duro definitivamente valeram. Pesei 217 libras  (98,6 kg) hoje depois do treino. Sem atalhos, faça por merecer trapaceiro idiota”, disparou Jones, fazendo uso de hashtags para provocar Cormier nas entrelinhas.

Os dois se enfrentaram no UFC 182 de janeiro de 2015. Na ocasião, Jones dominou DC e venceu por decisão unânime. Cormier, no entanto, se tornaria campeão alguns meses depois, no UFC 187, após “Bones” perder seu cinturão por problemas fora do octógono. Desde então, o ex-campeão lutou apenas uma vez, vencendo Ovince St. Preux por decisão. Já o atual detentor do título venceu Alexander Gustafsson, Anderson Silva e Anthony Johnson novamente.

Source: Portal da Luta

Johnson pega Borg no UFC 215 e pode bater recorde de Anderson

D. Johnson (foto) luta contra Borg (Foto: Reprodução/ Facebook/UFC)

D. Johnson (foto) luta contra Borg (Foto: Reprodução/ Facebook/UFC)

O Ultimate anunciou à emissora canadense TSN, nesta quinta-feira (20), que o campeão peso mosca Demetrious Johnson fará sua 11ª defesa de cinturão contra Ray Borg na luta principal do UFC 215, no dia 9 de setembro. O norte-americano terá a oportunidade de bater um recorde de Anderson Silva quando lutar no UFC 215. Caso passe por Borg, DJ se tornará o campeão com mais defesas da história do UFC. O evento já conta com a disputa do título galo feminino entre a atual detentora Amanda Nunes e a desafiante Valentina Shevchenko.

Veja Também

Amanda e Valentina vão lutar no UFC 215 (Foto: Reprodução/Twitter UFCBrasil)
Revanche entre Amanda Nunes e Valentina é remarcada para o UFC 215

D. Johnson venceu tradicional prêmio (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)
Demetrious Johnson supera McGregor e é eleito o Lutador do Ano

Romero x Whittaker: luta principal do UFC 213 (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)
Sem Amanda Nunes, UFC 213 tem pior volume de vendas de 2017

Atualmente, Johnson está empatado em dez defesas de título com Anderson Silva, que ficou invicto no UFC entre 2006 e 2013 e foi destronado na 11ª defesa, contra Chris Weidman no UFC 162. DJ, portanto, poderá ultrapassar o ex-campeão brasileiro no quesito defesas de cinturão. Recentemente, o norte-americano foi duramente criticado por Dana White, presidente do Ultimate, por se recusar a enfrentar TJ Dillashaw, ex-campeão dos galos para buscar o recorde de Silva. Johnson retrucou, acusando o UFC de não lhe dar atenção e salários condizentes com a condição de campeão do mundo.

Quem também mereceu críticas do chefão do UFC foi Amanda Nunes, que faria a revanche contra Shevchenko no UFC 213, mas se retirou do combate horas antes do início do evento. White disse que médicos liberaram a brasileira, que escolheu não lutar. Como “presente”, o Ultimate a deixou de fora da luta principal do UFC 215, que acontecerá em Edmonton, no estado de Alberta, no Canadá.

Além da Leoa, outros brasileiros estão escalados para o evento de setembro: ex-campeão peso pesado do UFC Júnior Cigano enfrenta o promissor Francis Ngannou. Já o peso mosca Wilson Reis pega o medalhista de ouro olímpico no wrestling Henry Cejudo.

Source: Portal da Luta

Jon Jones recria pesagem polêmica e zomba de Daniel Cormier

Enquanto não enfrenta Daniel Cormier no octógono, Jon Jones não perde a oportunidade de provocar o seu desafeto. Após ter o seu peso conferido na última quarta-feira (19) pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia – como parte do novo protocolo da entidade, o desafiante ao cinturão meio-médio recriou a cena do campeão da divisão na pesagem polêmica em que se apoiou sobre uma toalha para atingir o limite de peso da sua categoria.

“Toda a disciplina e trabalho árduo estão, definitivamente, valendo a pena. Foi uma média de 217 libras (98,4kg) hoje após o treino. #SemAtalhosParaGrandeza #BabacaTrapaceiro”, escreveu “Bones”

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Daniel Cormier coloca o cinturão dos meio-pesados para jogo contra Jon Jones no UFC 214, dia em 29 de julho, em Anaheim (EUA). Confira o card completo do evento:

UFC 214
29 de julho, em Anaheim (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier vs Jon Jones
Peso-meio-médio: Tyron Woodley vs Demian Maia
Peso-pena: Cris Cyborg vs Tonya Evinger
Peso-meio-médio: Robbie Lawler vs Donald Cerrone
Peso-meio-pesado: Jimi Manuwa vs Volkan Oezdemir
CARD PRELIMINAR (a partir de 19h30, horário de Brasília):
Peso-pena: Ricardo Lamas vs Jason Knight
Peso-casado (63,5kg): Aljamain Sterling vs Renan Barão
Peso-pena: Renato Moicano vs Brian Ortega
Peso-pena: Andre Fili vs Calvin Kattar
peso-palha: Kailin Curran vs Alexandra Albu
Peso-mosca: Eric Shelton vs Jarred Brooks
Peso-leve: Josh Burkman vs Drew Dober

The post Jon Jones recria pesagem polêmica e zomba de Daniel Cormier appeared first on MMA Space.

Source: Space

Sem Amanda Nunes, UFC 213 tem pior volume de vendas de 2017

Romero x Whittaker: luta principal do UFC 213 (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

Romero x Whittaker: luta principal do UFC 213 (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

O UFC 213 foi o evento menos comprado do ano até agora entre os shows oferecidos apenas em pay-per-view pelo Ultimate. De acordo com informações do site norte-americano “MMA Fighting”, entre 120 mil e 150 mil casas compraram o card, que teve como luta principal um duelo válido pelo título interino dos médios, entre Robert Whittaker e Yoel Romero, vencido pelo neozelandês.

Veja Também

Holloway deve pegar Edgar (Foto: Reprodução/Facebook/UFC e Super Lutas)
Empresário diz que Holloway vai defender título contra Edgar

Duelo vai acontecer dia 2 de setembro (Foto: Reprodução/Twitter UFC Europe)
Após ter cinturão retirado, Germanie de Randamie enfrenta Reneau no UFC Holanda

Especula-se que a saída repentina de Amanda Nunes do show – ela faria a luta principal contra Valentina Shevchenko – pode ter influenciado nos números baixos. O baixo volume de vendas é especialmente doloroso para o UFC, pois o evento da semana da Independência norte-americana normalmente vende muito – no ano passado, o histórico UFC 200 (também com a Leoa como grande atração da noite) venceu 1,2 milhão de pacotes de pay-per-view, quase 10 vezes mais do que o UFC 213.

As seguidas mudanças na luta principal também podem ter influenciado os fãs a não comprarem o pacote. Inicialmente, o UFC queria colocar o retorno de Georges St. Pierre contra Michael Bisping para este evento. Com o canadense machucado, a organização marcou o duelo entre Cody Garbrandt e TJ Dillashaw para o show, mas “No Love” também sofreu lesão e a grande atração acabou sendo, até algumas horas antes do início do show, a revanche entre Amanda e Shevchenko.

Source: Portal da Luta

Holloway vai defender o cinturão dos penas contra Edgar, diz empresário

Foto: John Locher/Associated Press

Foto: John Locher/Associated Press

Após conquistar o cinturão peso-pena ao derrotar José Aldo no UFC 212, Max Holloway já pensa em colocar o seu título para jogo. Em entrevista ao “MMA Junkie”, o empresário do havaiano afirma que a luta deve acontecer em Las Vegas, diferente do que o seu pupilo pediu, e revela que o seu próximo adversário deve ser um velho conhecido da divisão: Frankie Edgar.

“Estamos negociando agora com o Max e analisando um novo acordo (com o Ultimate). Uma vez que esteja em vigor, estaremos prontos. Parece que será Frankie Edgar o próximo adversário. (…) Se você tivesse a oportunidade de fazer isso em Las Vegas, onde você sabe que vai lucrar muitos milhões, ou fazê-lo no Havaí, onde você não deve ter isso, o que você vai fazer?”

Frankie Edgar perdeu a segunda luta para José Aldo em julho do ano passado. Depois disso, o americano conseguiu se recuperar com vitórias surpreendentes sobre Jeremy Stephens, em novembro de 2016, e Yair Rodriguez, em maio deste ano. Max Holloway mediu forças com Anthony Pettis e conquistou o cinturão interino dos penas e, em junho deste ano, no Rio de Janeiro, unificou contra José Aldo.

The post Holloway vai defender o cinturão dos penas contra Edgar, diz empresário appeared first on MMA Space.

Source: Space

Empresário diz que Holloway vai defender título contra Edgar

Holloway deve pegar Edgar (Foto: Reprodução/Facebook/UFC e Super Lutas)

Holloway deve pegar Edgar (Foto: Reprodução/Facebook/UFC e Super Lutas)

Mais de um mês após superar José Aldo no UFC 212 e conquistar o título linear do peso pena, o havaiano Max Holloway está perto de conhecer seu próximo adversário. E ele deve ser um velho conhecido da divisão: Frankie Edgar. Segundo o empresário do atual campeão até 66 kg. do Ultimate, o ex-dono do cinturão dos leves deve ser a primeira defesa de cinturão de seu cliente.

Veja Também

Duelo vai acontecer dia 2 de setembro (Foto: Reprodução/Twitter UFC Europe)
Após ter cinturão retirado, Germanie de Randamie enfrenta Reneau no UFC Holanda

Amanda recebeu 180 dias de suspensão (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Brasileira e mais quatro levam seis meses de suspensão médica

Manuwa não poupou críticas a Cormier (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Jimi Manuwa chama Daniel Cormier de gordo e dispara: ‘Ele que se f***’

Brian Butler revelou que Holloway está negociando um novo contrato com o UFC e, assim que renovar, o duelo contra Edgar deve ser oficializado. O agente do havaiano disse, no entanto, que a luta deve acontecer em Las Vegas e não no Havaí, como seu cliente pediu.

“Estamos em negociações agora com o Max e analisando um novo acordo (com o UFC), e uma vez que esteja em vigor, estaremos prontos. Parece que provavelmente será Frankie Edgar o próximo adversário (…) Se você tivesse a oportunidade de fazer isso em Las Vegas, onde você sabe que vai lucrar muitos milhões, ou fazê-lo no Havaí, onde você não deve ter isso, o que você vai fazer?”, indagou Butler, em entrevista ao programa norte-americano MMA Junkie Radio.

Após perder a segunda luta para José Aldo, no UFC 200, novamente em disputa pelo título peso pena, Edgar se recuperou com vitórias espetaculares sobre Jeremy Stephens, no histórico UFC 205, e diante da promessa mexicana Yair Rodriguez, no UFC 211. Já Holloway conquistou o cinturão interino em dezembro, diante de Anthony Pettis e o unificou contra Aldo no UFC 212, ocorrido no Rio de Janeiro.

Source: Portal da Luta

Pepey promete tirar invencibilidade de Burgos e mira UFC São Paulo

Pepey enfrenta Burgos no UFC Long Island (Foto: Reprodução/Facebook GodofredoPepey)

Pepey enfrenta Burgos no UFC Long Island (Foto: Reprodução/Facebook GodofredoPepey)

Sem lutar desde setembro de 2016, o peso pena Godofredo Pepey se prepara para retornar ao octógono no próximo sábado (22), em Long Island (EUA), quando enfrenta o invicto Shane Burgos. Com quatro vitórias nas últimas cinco lutas, o cearense quer manter o bom momento e, consequentemente, colocar a primeira mancha no cartel do rival, que venceu todas as novas lutas que realizou como profissional de MMA.

Veja Também

(Foto: Reprodução/Instagram)
Godofredo Pepey enfrenta Shane Burgos no UFC on Fox 25, em julho

Amanda recebeu 180 dias de suspensão (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Brasileira e mais quatro levam seis meses de suspensão médica

“Ele estar invicto não quer dizer muita coisa para mim, até porque eu fiz minha parte. Já enfrentei vários caras que eram invictos e eles perderam a invencibilidade comigo. Isso não quer dizer que é um bicho de sete cabeças, só quer dizer que vamos sair na porrada, vamos dar um show para o público. Ele está invicto porque não pegou lutador igual a mim, que está ali para vencer, que se entrega na luta. Eu vou estar pronto, preparado em qualquer área. Com certeza ele vai vir invicto e vai perder a invencibilidade dele. Estou bem preparado, pronto para uma guerra. Tenho certeza que eu vou sair vencedor, com mãos erguidas”, declarou o lutador, em entrevista ao site ‘Combate.com’.

Para sair com o braço levantado, Pepey aposta na versatilidade do seu jogo. Confiante, o atleta da Evolução Thai garante estar pronto para surpreender Burgos até mesmo com uma vitória relâmpago.

“Shane Burgos é um adversário duro, ele é alto para a categoria, usa bastante a envergadura e o kickboxing tradicional, a melhor arma que ele tem. Mas estou treinando forte, com bastante sparrings do peso dele, da altura dele, do jeito que ele luta, nada do que ele fizer vai ser novidade para mim, estou “no aço”. A minha estratégia é sempre ser imprevisível. Eu treino todas as áreas, estou com uma equipe bastante forte, que está me dando todo o suporte. A minha estratégia é ser imprevisível. Pode vir um nocaute relâmpago ou uma finalização. A música que tocar, eu vou dançar. Com certeza eu vou surpreender o público. Estou bem tranquilo e bem confiante para essa luta”, disse Godofredo.

Embora sequer tenha passado por seu próximo desafio, Pepey já faz planos para seus próximos passos. Com oito de suas nove lutas no UFC realizadas no Brasil, o finalista do TUF Brasil 1 não esconde o desejo de voltar a atuar em solo brasileiro, de preferência já no próximo evento que acontecerá no país: o UFC São Paulo, dia 28 de outubro.

“Depois dessa vitória pode vir um top 15, vai ser uma ótima oportunidade para eu mostrar meu trabalho, estou louco para lutar cinco rounds, fazer um “main event” e mostrar meu potencial. Nessas últimas cinco lutas, vieram quatro vitórias e um revés, um revés porque não escutei meu head coach, mas erros funcionam dessa forma, às vezes a gente dá um passo atrás para dar dois à frente. Estou preparado, estou pronto para quem vier, e estou pronto para um top 15 da minha categoria. Estou louco para lutar, louco para lutar no UFC São Paulo também, logo após Nova York. O meu público, os meus fãs estão me pedindo, estão me cobrando, eles querem que eu represente o país, e vai ser uma satisfação enorme”, concluiu.

Source: Portal da Luta

Jones volta ao ranking do UFC e Ponzinibbio estreia no top-10

J. Jones é o numero um do meio-pesado (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

J. Jones é o numero um do meio-pesado (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

A nova edição do ranking do UFC foi divulgada nesta quarta-feira (19) com algumas novidades, principalmente entre os meio-pesados e meio-médios. O ex-campeão até 93 kg. Jon Jones retornou à lista após o fim de sua suspensão de um ano por doping. Ele é o número um de sua categoria e chegou à sétima colocação no ranking peso por peso. Já Santiago Ponzinibbio estreou entre os 10 melhores até 77 kg., na oitava posição.

O argentino conseguiu a maior vitória de sua carreira ao nocautear o antigo oitavo colocado Gunnar Nelson na luta principal do UFC Escócia, no último domingo (16). Com o triunfo, “Gente Boa” substituiu o islandês no ranking e “Gunni” caiu para a 11ª posição. A ascensão de Santiago deixou até nomes como Rafael dos Anjos para trás – o ex-campeão dos leves é o décimo colocado do meio-médio.

Outros atletas que subiram com vitórias em Glasgow foram o brasileiro Alexandre Pantoja e a mexicana Cynthia Calvillo. O peso mosca venceu Neil Seery por finalização e ganhou uma posição no ranking de sua divisão: ele agora é o 13º. Já Calvillo ganhou seis posições com a vitória sobre JoJo Calderwood e agora é a oitava melhor peso palha do UFC.

Já Jon Jones terá a oportunidade de “sair” do ranking de sua divisão no dia 29 de julho, quando enfrenta o campeão Daniel Cormier na luta principal do UFC 214. Isso porque donos de cinturões não são incluídos nas listas, que contam apenas com atletas buscando o título. Por enquanto, porém, “Bones” terá que se contentar com a primeira posição do ranking meio-pesado.

Source: Portal da Luta

Luta entre Thiago Pitbull e Mike Perry é movida para o UFC Pittsburgh

 

T. Pitbull volta em setembro (Foto: Reprodução Facebook Official - Thiago "The Pitbull" Alves)

T. Pitbull volta em setembro (Foto: Reprodução Facebook Official – Thiago “The Pitbull” Alves)

O brasileiro Thiago Alves retornou à divisão meio-médio em grande estilo, com vitória dominante sobre Patrick Cótê no UFC 210, e já tem data para voltar ao octógono. “Pitbull” enfrenta o perigoso Mike Perry no UFC Pittsburgh, que ocorrerá no dia 16 de setembro. Inicialmente, a luta estava marcada para o dia 19 de agosto, mas o Ultimate cancelou este evento por conta da proximidade com a superluta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather, que acontece uma semana depois. Assim, o duelo entre Alves e Perry foi movido para setembro. A informação é do site norte-americano “MMA Fighting”.

Veja Também

Bisping deve enfrentar Whittaker (Foto: Reprodução Facebook/UFC)
Bisping diz que quase treinou TUF contra Romero e critica cubano

Borrachinha tem duas vitórias no UFC (Foto: Laerte Viana / Super Lutas)
Borrachinha garante que UFC lhe ofereceu luta contra Belfort

Khabib brincou com fã (Foto: Reprodução / Facebook / Khabib "the Eagle" Nurmagomedov)
Vídeo: Khabib acerta soco no estômago de fã após pedido inusitado

“Pitbull” está no UFC desde 2005 e chegou a lutar pelo título meio-médio no histórico UFC 100, quando perdeu para Georges St. Pierre por decisão. Depois disso, sofreu com lesões e a irregularidade, alternando vitórias e derrotas. No ano passado, resolveu descer para o peso leve, mas não conseguiu bater o limite de 70 kg. e ainda foi derrotado por Jim Miller no UFC 205. Alguns meses depois, voltou aos 77 kg. e venceu Cótê.

Já Mike Perry vem de vitória por nocaute sobre Jake Ellenberger, se recuperando de seu único revés no MMA até aqui, sofrido para Alan Jouban. No total, “Platinum” tem 10 vitórias e uma derrota – no Ultimate, sao três vitórias e um revés.

Curiosamente, o UFC resolveu recentemente fazer o evento no dia 16, justamente na data em que Canelo Álvarez enfrenta Gennady Golovkin, em um dos melhores duelos de boxe casados nos últimos anos. A ideia é enfraquecer o show de boxe, justamente para que fãs prefiram McGregor x Mayweather, sabendo que terão um evento “grátis” do Ultimate no mesmo dia.

Source: Portal da Luta

Vídeo: Khabib acerta soco no estômago de fã após pedido inusitado

Khabib brincou com fã (Foto: Reprodução / Facebook / Khabib "the Eagle" Nurmagomedov)

Khabib brincou com fã (Foto: Reprodução / Facebook / Khabib “the Eagle” Nurmagomedov)

Enquanto se recupera do problema de saúde que o retirou da luta contra Tony Ferguson na véspera do UFC 209, Khabib Nurmagomedov aproveita para intensificar sua conexão com alguns de seus fãs. E o russo achou um jeito inusitado de ficar mais próximo dos seus admiradores: a pedidos, o peso leve do UFC acertou um soco no estômago de um seguidor.

Veja Também

McGregor quer enfrentar Khabib (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)
Dana revela que McGregor quer enfrentar Khabib em card na Rússia

Bisping deve enfrentar Whittaker (Foto: Reprodução Facebook/UFC)
Bisping diz que quase treinou TUF contra Romero e critica cubano

Borrachinha tem duas vitórias no UFC (Foto: Laerte Viana / Super Lutas)
Borrachinha garante que UFC lhe ofereceu luta contra Belfort

O próprio Nurmagomedov fez questão de postar o vídeo em que acerta o fã em suas redes sociais. Para deixar a situação ainda mais cômica, o russo surpreendeu o admirador ao soltar o golpe enquanto explicava exatamente aonde acertaria o soco. Na legenda, Khabib fez piada da situação.

“Um fã maluco e uma atomosfera amigável. Ele pediu para eu testar o seu estômago. Ok, então! (risos)”, postou Nurmagomedov.

O russo ainda não tem luta marcada, mas espera voltar entre outubro e novembro. Recentemente, Conor McGregor admitiu que gostaria de enfrentá-lo na Rússia em breve. Ferguson também quer remarcar a luta. Logo, Khabib deve voltar contra um dos dois. Ele vem de vitória por finalização sobre Michael Johnson no UFC 205.

Veja o vídeo:

 

Source: Portal da Luta