UFC Escócia traz oportunidade de ouro para ‘Argentino Gente Boa’ e promessas brasileiras

Nelson (esq) enfrenta Santiago (dir)(Foto: Reprodução/Youtube UFC)

Nelson (esq) enfrenta Santiago (dir) neste domingo (Foto: Reprodução/Youtube UFC)

O UFC Escócia, que acontece especialmente neste domingo (16), a partir das 13h (horário de Brasília), colocará em ação dois brasileiros “e meio”. Na luta principal, o argentino quase brasuca Santiago Ponzinibbio, enfrenta Gunnar Nelson em duelo meio-médio. É a oportunidade que “Argentino Gente Boa”, revelado no TUF Brasil, pediu e mereceu, já que vem de quatro vitórias seguidas. Parceiro de treinos de Conor McGregor, o islandês Nelson é o número oito do ranking até 77 kg. e uma vitória sobre ele poderá colocar Ponzinibbio, atual 14º, entre os 10 melhores meio-médios do planeta.

Além da luta principal, os destaques ficam por conta de duas promessas do MMA brasileiro. Alexandre Pantoja, que já foi campeão de eventos menores, chegou ao UFC através do TUF 24, onde foi eliminado na semifinal. Mesmo assim, o peso mosca se recuperou e venceu o perigoso Eric Shelton na estreia e agora enfrenta o veterano Neil Seery na porção preliminar do evento.

Estreante no Ultimate, a brasileira Amanda Lemos abre os trabalhos na Escócia com a primeira luta da noite. Ex-campeã peso galo do Jungle Fight e invicta no MMA até o momento, ela terá pela frente um desafio indigesto logo na primeira luta no UFC: enfrenta a veterana Leslie Smith, que já lutou contra Cris Cyborg, tem passagens por Invicta e Strikeforce e vem de vitória sobre a talentosa mexicana Irene Aldana.

Perto do top-10

S. Ponzinibbio: quase brasileiro (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

S. Ponzinibbio: quase brasileiro (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

Veja Também

Calderwood (esq.) e Calvillo (dir.) esquentaram a pesagem do UFC Escocia. Foto: Reprodução YouTube
‘Dona da casa’ esquenta clima em pesagem do UFC Escócia; Brasileiros batem o peso

Nelson (esq) é favorito contra Santiago (dir)(Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Gunnar Nelson é favorito nas apostas contra Ponzinibbio no UFC Escócia

Nelson admitiu ser 'fã' de Demian (Foto: Reprodução/Facebook GunnarNelson)
Gunnar revela torcida para Demian ser campeão: ‘Sempre torço para ele’

H. Frankenstein luta no UFC Japão (Foto: Reprodução Facebook Henrique Frankenstein)
Henrique Frankenstein enfrenta Gokhan Saki no UFC Japão

Para Santiago Ponzinibbio, o duelo contra Gunnar Nelson não marca apenas sua primeira luta principal no UFC. O argentino tem a oportunidade única de enfrentar um top-10 mundial e se infiltrar entre os dez melhores do meio-médio no Ultimate em caso de vitória. Para “Gente Boa” se dar bem, porém, será preciso evitar o jogo de chão.

Especialista em jiu-jitsu e caratê, Nelson é perigoso em todas as esferas do combate, mas a diferença entre os dois é grande no chão. O islandês foi dominado apenas uma vez quando a luta chegou ao tablado, ao perder para Demian Maia no UFC 194. Só no UFC, são seis vitórias por finalização, incluindo as duas últimas, onde obrigou Albert Tumenov e Alan Jouban a desistirem.

Ainda que “Gente Boa” tenha bom nível no chão, suas melhores chances são mesmo em pé. Contando com um excelente boxe e mãos pesadas, o argentino quase brasileiro nocauteou três adversários no Ultimate: Wendell “Negão”, Andreas Stahl e Court McGee. E, mesmo nas vitórias por decisão, mostrou evolução na luta em pé, conseguindo controlar o gás e o ritmo para chegar bem ao fim dos três rounds. Como o duelo está previsto para cinco assaltos, Ponzinibbio vai precisar, mais do que nunca, do seu preparo físico para subir ao top-10.

Brasileiros em ação

A. Pantoja faz segunda luta no UFC (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

A. Pantoja faz segunda luta no UFC (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

O peso mosca Alexandre Pantoja é outro que tenta chegar perto do topo de sua categoria. Assim como Ponzinibbio, Pantoja está na 14ª posição da divisão até 57 kg. Ainda que seu adversário, Neil Seery, não esteja ranqueado, uma vitória pode deixá-lo mais perto do top-10. O brasileiro, ex-campeão da RFA, organização local norte-americana, vem de vitória na sua estreia pelo UFC, quando usou as quedas e o controle posicional para se sobrepor a Eric Shelton.

Diante de um veterano como Seery, que tem 37 anos e fará sua luta de despedida no UFC Escócia, Pantoja terá que se impôr fisicamente para levar a melhor. O irlandês tem mãos rápidas e boas quedas, mas não se dá bem lutando de costas para o chão. Prato cheio para o brasileiro, faixa-preta de jiu-jitsu, se dar bem e conseguir uma finalização.

Além de Pantoja, Amanda Lemos também estará em ação. Ex-campeã do Jungle Fight, ela tem um cartel invicto, com seis vitórias e um empate. Mas terá pela frente Leslie Smith, norte-americana, com muita experiência, inclusive em território hostil. Ela foi o primeiro desafio de Cris Cyborg no UFC – as duas lutaram no histórico UFC 198, com 45 mil brasileiros a favor da peso pena. Apesar de ter sofrido um duro nocaute no primeiro round, Smith se recuperou bem ao vencer Irene Aldana, talentosa peso galo vindo do México. Contra Amanda, “The Peacemaker” tentará novamente frear o potencial de uma promessa.

Outras lutas

Calderwood (dir) enfrenta Calvillo (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

Calderwood (dir) enfrenta Calvillo (Foto: Reprodução/Facebook/Jo Jo Calderwood)

Além de Amanda Lemos x Leslie Smith, o UFC Escócia reserva outro excelente combate feminino. Na categoria peso palha, a promessa Cynthia Calvillo enfrenta a dona da casa Joanne Calderwood. A mexicana-americana Calvillo tem impressionado até aqui no UFC – foram duas lutas e duas vitórias por finalização com mata-leão, sobre Amanda Cooper e Pearl Gonzalez. Apesar dos 30 anos, a lutadora da Team Alpha Male (equipe de Urijah Faber e do atual campeão dos galos Cody Garbrandt) tem apenas cinco lutas e está invicta até aqui.

Já Calderwood é mais experiente, com um cartel de 11 vitórias e duas derrotas. Integrante da 20ª temporada do The Ultimate Fighter, a escocesa espera deslanchar contra Calvillo e deixar para trás os altos e baixos de sua carreira no UFC até aqui. Ela vem de derrota para a brasileira Jessica Andrade, mas antes de “Bate-Estaca”, havia conquistado dois bons triunfos, contra Cortney Casey e Valerie Letorneau.

Outra luta interessante opõe os pesos leves Paul Felder e Stevie Ray. Amigo pessoal e ocasional companheiro de treino de Cowboy Cerrone, Felder tem um estilo parecido com o do parceiro, mas com foco maior nos brutais chutes baixos. Ele irá procurar explorar esse fundamento contra o dono da casa Ray, que vem de duas vitórias seguidas, incluindo um triunfo sobre o veterano Joe Lauzon.

UFC Escócia

DATA E HORÁRIO: 16/07/2017, a partir das 13h (horário de Brasília)

LOCAL: The SSE Hydro, Glasgow (ESC)

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-médio: Gunnar Nelson x Santiago Ponzinibbio

Peso palha: Joanne Calderwood x Cynthia Calvillo

Peso leve: Steven Ray x Paul Felder

Peso médio: Jack Marshman x Ryan Janes

Peso meio-pesado: Khalil Rountree x Paul Craig

Peso pesado: James Mulheron x Justin Willis

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio: Danny Roberts x Bobby Nash

Peso mosca: Alexandre Pantoja x Neil Seery

Peso médio: Charlie Ward x Galore Bofando

Peso pena: Danny Henry x Daniel Teymur

Peso galo: Brett Johns x Albert Morales

Peso galo: Leslie Smith x Amanda Lemos

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *