Irritado, Chiesa desafia Yamasaki para duelo na luta agarrada

M. Chiesa após revés em Oklahoma (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

M. Chiesa após revés em Oklahoma (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

O norte-americano Michael Chiesa não parece disposto a esquecer o árbitro Mario Yamasaki, segundo ele, responsável direto pela sua derrota na luta principal do UFC Oklahoma, diante de Kevin Lee. Ao ser pego em um mata-leão pelo adversário, Chiesa pareceu dormir quando o brasileiro interrompeu o combate. Porém, “Maverick” garante que estava tentando outra defesa e que a interrupção foi prematura. Para se “vingar” de Yamasaki, o peso leve quer lutar com ele no grappling (luta agarrada).

Veja Também

K. Gastelum (dir) teve dificuldades com Weidman (Foto: Reprodução Facebook UFC)
Após derrota para Weidman, Gastelum voltará aos meio-médios

Cormier enfrenta Jones no UFC 214 (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Cormier diz que vitórias contra Jones e Anderson Silva o tornará o maior da história do MMA

Gadelha x Andrade? (Foto: Reprodução Instagram claudiagadelhaufc)
Gadelha pede luta com Bate-Estaca: ‘Vamos fazer acontecer?’

Em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour, Chiesa comentou sua bronca com Mario Yamasaki e disse querer testar a faixa-preta de quinto grau que o brasileiro possui. O lutador já tem até uma data para o “rola”: 30 de setembro.

“Para ser sincero, assim que vimos Mario Yamasaki andando para o meu vestiário, nós nos olhamos ao mesmo tempo com aquela cara de: “F***”. Mas agora é passado. Estou seguindo em frente. Tenho um convite para 30 de setembro. É meu desafio aberto ao senhor Yamasaki. Gostaria de testar essa faixa preta de quinto grau em um amistoso de grappling. Vamos ver se ele é o que dizer ser. Não estou falando isso de um jeito hostil, estou dizendo: “Ei, se você é um faixa-preta de quinto grau e não recua sobre o que disse, como um artista marcial, esse é meu desafio aberto”, comentou Chiesa.

Recentemente, o norte-americano teve seu pedido de anulação do resultado da luta contra Lee recusado pela Comissão Atlética que organizou o evento do último dia 25 de junho. Yamasaki mantém que Chiesa apagou, mas acordou logo que o mata-leão de Kevin Lee foi solto a seu mando.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *