Jon Jones volta a provocar Cormier: ‘Quero fazer você chorar de novo’

D. Cormier (esq) e J. Jones (dir) lutam no UFC 214 (Foto: Reprodução Youtube UFC)

D. Cormier (esq) e J. Jones (dir) lutam no UFC 214 (Foto: Reprodução Youtube UFC)

O ex-campeão Jon Jones não tem escondido sua raiva em relação ao arquirrival Daniel Cormier, atual dono do cinturão meio-pesado. A poucos dias da revanche entre os dois, “Bones” lembrou da reação de DC após derrotá-lo na primeira luta entre os dois, ocorrida no UFC 182, em janeiro de 2015. Na ocasião, Cormier foi flagrado por câmeras do UFC chorando no vestiário e sendo consolado por Cain Velasquez, ex-campeão peso pesado.

Veja Também

Jones revelou relação abalada com Dana (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Jones revela decepção e vácuo em Dana: ‘Não precisamos fingir amizade’

D. Cormier (esq) pega J. Jones (dir) no UFC 214 (Foto: Reprodução Youtube UFC)
Após provocações, Cormier e Jones têm encarada tensa antes do UFC 214

Lesnar disse que aceita enfrentar Jones (Foto: Reprodução/Facebook BrockLesnar)
Brock Lesnar diz que aceita enfrentar Jon Jones: ‘A qualquer momento’

Em entrevista à “Fox Sports”, Jones mandou um recado ao inimigo, que também estava presente ao programa, dizendo que pretende fazê-lo chorar novamente após os dois se enfrentarem neste sábado (29), pelo UFC 214. Após DC dizer que Jones tentou ter um emprego de comentarista, mas que não passou nos testes por ser fraco, o ex-campeão partiu para cima com provocações pesadas.

“Vou dizer no que não sou fraco. Você sabe o que aconteceu. Todos nós vimos você chorando nos ombros de Cain Velasquez. Quer saber de uma coisa? Eu não quero o emprego de comentarista, quero apenas fazê-lo chorar de novo nos bastidores”, disparou Jones.

Após a primeira luta entre os dois, o então campeão meio-pesado foi responsável por um acidente de trânsito com uma mulher grávida no outro casso enquanto estava sob efeito de drogas. Com isso, o UFC retirou o seu cinturão, que entrou em disputa entre Cormier e Anthony Johnson no UFC 187. DC finalizou “Rumble” naquela ocasião e defendeu seu cinturão em duas oportunidades, além de ter enfrentado e vencido Anderson Silva em uma luta que não valia o título. Jones, enquanto isso, teve apenas uma luta desde então, vencendo Ovince St. Preux em março do ano passado.

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *