Demian Maia descarta aposentadoria e projeta possível mudança de categoria

Brasileiro perdeu a segunda disputa de cinturão da carreira-
Foto: Dave Mandel/Sherdog

Se engana quem pensa que a derrota para Tyron Wodley no último sábado, pelo UFC 214, nos EUA, abalou o veterano Demian Maia para a sequência de sua carreira. Aos 39 anos de idade e com duas disputas de cinturão nas costas, o faixa-preta de Jiu-Jítsu garantiu que vai seguir em frente no octógono e projeta até uma possível mudança de categoria.

“Infelizmente para os caras da minha divisão, eu vou continuar. Ainda tenho energia e quero lutar mais. Vamos ver o que acontece. Estão pensando em abrir divisões de 74,8kg e 79,4kg… Nunca desisto. Vim para esta luta com cinco semanas de aviso, e deixo esta luta de cabeça erguida”, declarou o meio-médio em coletiva de imprensa logo depois da luta.

O campeão Tyron Woodley evitou todas as investidas de quedas do brasileiro e abriu mão de soltar seu jogo para não correr o risco de ser quedado. A falta de contundência desagradou os fãs presentes, que vaiaram o duelo. Demian se isenta de culpa.

“Não sinto que fui vaiado, acho que ele foi vaiado por andar muito pra trás. Acho que o meu legado está construído e não vai mudar na minha vida. Vou continuar trabalhando com jiu-jitsu”, garante.

O post Demian Maia descarta aposentadoria e projeta possível mudança de categoria apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *