Rizin anuncia duelo entre Henderson e Sakuraba na luta agarrada

Hendo (esq) pega Sakuraba (dir) no grappling (Foto: Reprodução Twitter ks_saku39)

Hendo (esq) pega Sakuraba (dir) no grappling (Foto: Reprodução Twitter ks_saku39)

Ex-campeão do Pride em duas divisões de peso, Dan Henderson voltará a competir no Japão. Aposentado do MMA, o norte-americano irá enfrentar outra lenda em Kazushi Sakuraba. Os dois irão medir forças na luta agarrada, pelo Rizin, que acontecerá no dia 15 de outubro em Fukuoka. Os dois estiveram no último evento organizado pela companhia, que veio para preencher o vazio deixado pelo Pride no MMA japonês, e oficializaram a luta em cima do ringue do Rizin.

Veja Também

May-Mac terá coletivas em três países (Foto: Divulgação/Showtime)
Veja o trailer oficial da superluta entre Mayweather e McGregor

Cyborg (esq) e Amanda (dir) são campeãs do UFC (Foto: Reprodução/Instagram UFC Brasil)
A vez delas! Mulheres mantém o Brasil no topo do UFC

Cormier (esq) perdeu para Jones (dir) no UFC 214 (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Após derrota, Cormier parabeniza Jones e se desculpa com árbitro

Os dois lutadores são reverenciados no Japão. Hendo foi campeão meio-médio (atualmente médio) e médio (hoje em dia, meio-pesado) do Pride e foi o único lutador a manter dois títulos do Pride em duas categorias diferentes simultaneamente. O feito foi repetido recentemente por Conor McGregor no UFC – o irlandês se tornou campeão pena e leve ao mesmo tempo, com vitórias sobre José Aldo e Eddie Alvarez. No Pride, Henderson tem vitórias sobre Wanderlei Silva, Vitor Belfort, Murilo Bustamante e Murilo Ninja.

Já Sakuraba, que veio do telecatch, foi conhecido no início do século como “Caçador de Gracies”, por suas vitórias épicas sobre membros da família que criou o jiu-jitsu brasileiro. O japonês venceu Renzo, Royler e Ryan Gracie, além de ter tirado a invencibilidade de Royce Gracie, que na época vinha de três títulos nos quatro primeiros torneios do UFC, incluindo uma lendária vitória no primeiro evento organizado pelo Ultimate, em 1993. No início do mês, o japonês foi eleito ao Hall da Fama do UFC, apesar de ter feito apenas duas lutas na promoção. Dana White reconheceu a contribuição de “Saku” ao MMA internacional.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *