Jon Jones explica elogios a Cormier após vitória na revanche

Jones falou bem do rival na entrevista pós-luta (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Jones falou bem do rival na entrevista pós-luta (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Após anos de rivalidade, troca de farpas e xingamentos, Jon Jones e Daniel Cormier se enfrentaram pela segunda vez no UFC 214 no fim de julho. Assim como na primeira vez, Jones levou a melhor, mas agora por nocaute. Porém, o que surpreendeu foi a postura do novo campeão, que fez questão de exaltar os feitos do inimigo tanto dentro como fora do octógono, em entrevista imediatamente após o fim do combate. E “Bones” explicou nesta segunda-feira porque resolveu elogiar DC.

Veja Também

Aldo voltou a criticar McGregor (Foto: Reprodução/Facebook JoséAldo)
Aldo volta a detonar McGregor: ‘Ele não tem respeito pelo esporte’

Rockhold voltou a criticar o campeão Bisping (Foto: Reprodução/Facebook rockholdmma)
Rockhold diz que UFC deveria retirar o cinturão de Bisping: ‘Não enfrentou nenhum top’

T. Woodley (foto) machucou ombro (Foto: Reprodução Facebook UFC)
Machucado, Woodley promete ‘guerra’ caso UFC crie título interino

Em entrevista ao tradicional programa matinal norte-americano “Good Morning America”, Jones disse que exaltou Cormier pois não queria que os fãs lembrassem dele apenas como o atleta que perdeu duas vezes para o próprio campeão.

“Na maioria das vezes, Daniel é um competidor feroz, um grande indíviduo, excelente atleta e campeão e sei o quão importante nossa luta era para ele. Era um combate que valia o seu legado. Eu não queria que uma derrota ou vitória determinasse o legado de Cormier. Quero que as pessoas o vejam pelo que ele é realmente, fora do octógono. Acho que isso é igualmente importante. Então queria colocar uma luz no indíviduo que ele é fora do octógono”, declarou o novo campeão, que ainda não tem adversário ou data para voltar a lutar.

“A luta com Lesnar não pode acontecer ainda, pois ele está suspenso ainda por algum tempo, então eu estou apenas esperando uma ligação do UFC. Mas, claro, tenho trabalhado com algumas possibilidades. Vamos ver”, encerrou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *