Miocic rebate rótulo de irrelevante: ‘Sou o mais malvado do planeta’

Miocic garantiu que é relevante para o MMA (Foto: Reprodução/Instagram/StipeMiocic)

Miocic garantiu que é relevante para o MMA (Foto: Reprodução/Instagram/StipeMiocic)

Stipe Miocic vive fase iluminada em sua carreira. Atual detentor do cinturão dos pesados, o norte-americano com descendência croata vem de cinco vitórias consecutivas – todas por nocaute -, incluindo duas defesas de título. Os feitos impressionantes, no entanto, parecem não ter impressionado Jon Jones, campeão dos meio-pesados, que optou por desafiar Brock Lesnar, a quem julga como ‘mais relevante’ do que o atual campeão da divisão até 120kg.

Veja Também

Duelo deve acontecer dia 4 de novembro  (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)
Joanna Jedrzejczyk coloca cinturão em jogo contra Rose Namajunas no UFC 217

Jones falou bem do rival na entrevista pós-luta (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Jon Jones explica elogios a Cormier após vitória na revanche

Ao comentar as declarações de ‘Bones’, Miocic parece não ter se importante muito. Com a calma e educação que lhe é de costume, o lutador afirmou que seu único objetivo é continuar quebrando recordes dentro da organização, garantindo que um possível duelo com Jones pode, de fato, sair do papel.

“Ouça, eu vou lutar com qualquer um. Se o UFC quiser que eu lute com o Jon, vou lutar com ele. Tudo o que eu me importa agora é em quebrar recordes, ganhar e manter o meu cinturão por muito tempo. Acho que eu sou relevante, não sei do que ele está falando. Eu talvez não tenho tantos fãs quanto ele nas rede sociais, mas tenho certeza de que sou relevante. (…) Sou o cara mais malvado do planeta por alguma razão. Ele pode pensar o que quiser, de qualquer jeito. No fim das contas, eu sou relevante”, declarou o campeão, em entrevista ao site ‘FloCombat’ (EUA).

Apesar de não concordar com a opinião do campeão dos pesados, Miocic admite que “entende” a posição do lutador. Para ele, Jones sabe que um confronto contra Brock Lesnar seria mais fácil.

“Eu sou sem dúvida um risco 100% maior do que o Brock Lesnar. Sem dúvidas. Seria uma grande luta. Acho que tenho um estilo terrível (de lidar) e sempre chego a uma luta preparado. Tenho os melhores treinadores e parceiros de treinos do mundo. Então, não importa contra quem vou lutar, vou sair vencedor”, concluiu.

Stipe Miocic, 34 anos, conquistou o cinturão dos pesados em maio de 2016, quando nocauteou Fabrício Werdum na luta principal do UFC 198, realizado em Curitiba. Ele defendeu seu cinturão em duas oportunidades, contra Alistair Overeem em setembro passado, no UFC 203, e contra Junior Cigano no UFC 211, em maio deste ano. Ao todo, são onze vitórias e apenas duas derrotas no Ultimate, a última delas justamente para sua vítima mais recente, em dezembro de 2014.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *