Klidson de Abreu finaliza alemão e ganha cinturão no Brave 8

abreu-x-feuchtO Brave Combat Federation realizou, neste sábado (12), em Curitiba, o oitavo show de sua história em menos de um ano. E no segundo show realizado no Brasil, o país já tem um campeão. O brasileiro Klidson de Abreu se tornou o primeiro campeão peso meio-pesado da história da organização, ao finalizar Timo Feucht, da Alemanha, no segundo assalto. O guianense radicado no Rio de Janeiro Carlston Harris aproveitou a chance de última hora e superou o inglês Carl Booth por decisão unânime para capturar o primeiro cinturão do peso meio-médio do Brave.

Klidson dominou o jovem Feucht, de apenas 21 anos, e que vinha invicto. Abreu surpreendeu ao mostrar uma trocação muito superior à do alemão, que vinha sendo apontado como perigoso em pé. Quando a luta foi para o chão, o jiu-jitsu do campeão mundial na faixa-marrom fez a diferença e Klidson se sagrou dono do cinturão meio-pesado com uma chave de braço da montada.

Veja Também

A foto da discordia entre McGregor e Malignaggi Foto: Reprodução  / Instagram
Vídeo: Assista o polêmico knockdown de McGregor sobre Malignaggi: ‘Acabei com ele’, diz irlandês

Mayweather x McGregor será dia 26 de agosto (Foto: Reprodução Instagram ufc)
Mayweather garante que nocauteará McGregor: ’Não dura 12 rounds’

Struve não poupou críticas a Lesnar (Foto: Reprodução/Facebook StefanStruve)
Struve protesta contra ‘trapaceiro’ Lesnar: ‘Não deveria estar no UFC’

Na segunda luta mais importante da noite, o guianense Carlston Harris surpreendeu Carl Booth com seu wrestling e luta livre. O guianense, que representa a RFT no Rio de Janeiro, aceitou lutar pelo título há um dia, quando Mohammad Fakhreddine, adversário original de “Bomber” passou mal no corte de pesagem. Dominando Booth no clinch e quase finalizando-o duas vezes, “Moçambique” venceu por decisão unânime para fechar uma semana recheada de emoções com chave de ouro.

Mais lutas

Eleito o Lutador do Ano do MMA brasileiro em 2016, Luan “Miau” Santiago conseguiu outro nocaute no primeiro round, contra Igor Soares, mas precisou mostrar coração para se manter na luta. Soares aceitou a luta há três dias e, mesmo assim, surpreendeu o peso leve da CM System, que vinha se preparando para outro adversário. Antes de nocautear seu adversário, “Miau” foi a knockdown em duas oportunidades.

Já Edilberto Crocotá e Christiano Frohlich fizeram uma luta rápida, mas recheada de emoções. Após se estranharem na pesagem do dia anterior, os dois começaram em ritmo frenético. O veterano ex-UFC conseguiu logo uma queda, mas não chegou perto de uma finalização. “Urso” levantou e soltou um golpe duro no rival, que pareceu desistir, mas alegou estar sinalizando para a arbitragem que seu protetor bucal havia caído e acabou perdendo por desistência.

Resultados Brave 8: The Rise of Champions

Meio-pesado (título): Klidson de Abreu (c) venceu Timo Feucht por finalização (chave de braço) no segundo round
Meio-médio (título): Carlston Harris (c) venceu Carl Booth por decisão unânime
Leve: Luan Santiago venceu Igor Soares por nocaute técnico no primeiro round
Médio: Christiano Frohlich venceu Edilberto Crocotá por desistência no primeiro round
Meio-médio: Killys Mota venceu Allan Moziel por decisão unânime

Meio-pesado: Johnny Walker venceu Rodrigo Santos por nocaute técnico no primeiro round
Peso galo: Jeremy Pacatiw venceu Thiago Dela Coleta por nocaute técnico no segundo round
Mosca: Marcel Adur venceu Rodrigo Melonio por nocaute técnico no segundo round
Meio-médio: Eduardo Ramon venceu Rogério Santos por finalização (chave de braço) no segundo round
Galo: Shyudi Yamauchi venceu Werlleson Martins por finalização (mata-leão)
Meio-Médio: Luciano Contini venceu Diego Gasparetto por decisão unânime
Amador: Matheus Correia venceu Alison Martins por decisão unânime

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *