Júnior Cigano falha em teste antidoping e está fora do UFC 215

Cigano não luta no UFC 215 (Foto: Reprodução Facebook Júnior dos Santos Cigano)

Cigano não luta no UFC 215 (Foto: Reprodução Facebook Júnior dos Santos Cigano)

O brasileiro Júnior Cigano não fará mais parte do UFC 215, evento que ocorre no dia 9 de setembro, em Edmonton, no Canadá. O ex-campeão enfrentaria o camaronês Francis Ngannou, mas foi notificado pela USADA de uma possível violação dos códigos antidoping após teste feito fora de competição e retirado do evento como precaução pelo próprio Ultimate.

Veja Também

Verhoeven (esq) pega Pezão (dir) em outubro (Foto: Reprodução Twitter ricoverhoeven)
Antônio Pezão enfrenta campeão mundial nas regras do kickboxing

Duelo vai acontecer dia 16 de dezembro (Foto:Divulgação/UFC)
Minotouro x Cannonier sai do UFC Norfolk e é remarcado para Winnipeg

Duelo vai acontecer dia 4 de novembro (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)
Stephen Thompson enfrenta Jorge Masvidal no UFC 217, em Nova York

Através de um comunicado oficial, o UFC divulgou que o teste feito pelo brasileiro no dia 10 de agosto pode ter caído no doping e, por isso, preservará Cigano, retirando-o da luta contra Ngannou e permitindo que o ex-campeão se concentre em sua defesa no caso. É provável que ele peça a análise da contraprova antes de tomar qualquer outra providência. A substância que teria sido achada no sistema de Cigano não foi divulgada.

O Ultimate divulgou que irá procurar por um novo adversário para Ngannou, mas há a possibiliade de o camaronês ser retirado do evento. O UFC 215 terá, como luta principal, a 11ª defesa do cinturão peso mosca de Demetrious Johnson, que pega o desafiante Ray Borg. A brasileira Amanda Nunes também irá atuar no show, contra a rival Valentina Shevchenko. Em jogo, estará o título peso galo da “Leoa”.

Veja o comunicado do UFC (tradução livre):

“A organização do UFC foi notificada hoje que a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) informou Júnior dos Santos de uma potencial violação da Política Antidoping vinda de um teste fora de competição feito no dia 10 de agosto de 2017. Por conta da proximidade de sua luta contra Francis Ngannou, marcada para o dia 9 de setembro, no UFC 215, em Edmonton, no Canadá, Dos Santos foi removido do evento e o UFC irá procurar um substituto.

USADA, a administradora independente da Política Antidoping do UFC, vai lidar com os resultados e a apropriada adjudicação do caso envolvendo Dos Santos. De acordo com a Política Antidoping do UFC, há um completo e justo processo legal que é oferecido a todos os atletas antes da imposição de quaisquer sanções. Informações adicionais serão dadas no tempo apropriado, enquanto o processo segue seu curso”.

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *