Mayweather confirma que luta com McGregor é a última de sua carreira

F. Mayweather não lutará mais pós-Conor (Foto: Reprodução Facebook Floyd Mayweather)

F. Mayweather não lutará mais pós-Conor (Foto: Reprodução Facebook Floyd Mayweather)

Floyd Mayweather chocou o mundo ao decidir voltar ao boxe para enfrentar Conor McGregor. Aposentado há quase dois anos, o norte-americano não resistiu ao potencial financeiro de uma superluta com o irlandês e decidiu sair da aposentadoria. Após especulações de que uma revanche, independente do resultado, seria o próximo passo para ambos os lutadores, “Money” decidiu dar fim às especulações e anunciou que a luta do dia 26 de agosto será a última de sua carreira, definitivamente.

Veja Também

Campeão do UFC é tido como zebra contra lenda do boxe (Foto: Reprodução Facebook Conor McGregor)
McGregor prevê superluta com Mayweather: ‘Ele não dura um round’

Duelo vai acontecer dia 4 de novembro (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)
Stephen Thompson enfrenta Jorge Masvidal no UFC 217, em Nova York

Cormier não quer amizade com Jones. Foto: Reprodução / Youtube
Cormier descarta amizade com Jon Jones: ‘Não temos que ser amigos’

“Eu dei minha palavra a Al Haymon (empresário de Floyd). Eu dei minha palavra aos meus filhos. E uma coisa que não quero fazer é quebrar isso. Essa será minha última luta”, declarou Mayweather, em teleconferência, dizendo que não pensa em superar o recorde de Rocky Marciano, que chegou a 49 vitórias e nenhuma derrota, mesmo cartel atual de Floyd.

“Essa é a minha 50ª luta e aprecio todos os lutadores que estiveram no meu caminho, que me ajudaram a ser quem eu sou hoje. Meu foco não é na 50ª vitória ou superar Rocky Marciano. Ele é uma lenda e fez tudo do seu jeito. Eu quero fazer as coisas do jeito Mayweather”, disse.

Ao falar especificamente sobre o duelo com McGregor, Mayweather garantiu que o risco maior dentro do combate é dele. Isso porque, enquanto o norte-americano chega à superluta com experiência de 49 vitórias, o irlandês nunca lutou boxe profissionalmente.

“Eu tenho um cartel de 49 vitórias e nenhuma derrota, então é claro que estou arriscando mais do que ele. Quando alguém que já perdeu volta a ser derrotado, todos dizem que não é nada demais, pois isso já aconteceu antes. Agora, quando alguém tem dominado o boxe por 20 anos e nunca perdeu, tudo está em jogo. Meu legado, meu cartel, tudo está em jogo”, disparou o norte-americano.

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *