Vencedor de Mayweather x McGregor ganhará cinturão de diamante

Money Belt é mostrado por ring girls Foto: Reprodução Youtube UFC

Money Belt é mostrado por ring girls Foto: Reprodução Youtube UFC

O UFC não é a única organização interessada em investir na superluta entre Conor McGregor e Mayweather, que ocorrerá no próximo sábado (26). O Conselho Mundial de Boxe também entrou na onda do duelo e criou um cinturão especial para o vencedor do combate. E não economizou nos detalhes do “money belt”, ou cinturão do dinheiro, como batizou Mauricio Sulaiman, presidente do WBC.

Veja Também

Mayweather (esq) e McGregor (dir): última encarada (Foto: Reprodução Youtube ufc)
Mayweather e McGregor evitam provocações na última coletiva

D. White (dir) pode virar parceiro de McGregor (esq) (Foto: Reprodução Instagram thenotoriousmma)
Dana admite que Conor McGregor pode virar acionista do UFC no futuro

McGregor construiu uma carreira repleta de sucessos (Foto: Reprodução Twitter ufcbrasil)
Especial May-Mac: Cinco momentos marcantes da carreira de McGregor

Segundo o próprio dirigente, o cinturão vem “equipado” com 3.360 pedras de diamante, 600 pedras de safira, 300 pedras de esmeralda, além de ter sido feito em couro de jacaré especialmente recomendado da Itália, e ornado com 1.5 kg. de ouro maciço.

Normalmente o cinturão de diamante, nome oficial do “money belt”, é feito apenas quando dois boxeadores históricos se enfrentam em uma luta que não é válida por nenhum título. Porém, a magnitude do evento fez com que o WBC abrisse uma exceção, visto que o duelo com Floyd Mayweather marcará a estreia profissional de Conor McGregor no boxe.

O WBC também admitiu que fazer o cinturão para o evento foi um agrado especial para Floyd Mayweather, que já foi campeão de cinco categorias do Conselho Mundial de Boxe.

“Eu estou aqui, como meu pai estaria, no córner do boxe. Floyd Mayweather foi o campeão mais leal da história do Conselho Mundial de Boxe. Ele venceu e defendeu títulos em cinco categorias diferentes. E, não importa o que dizem, o boxe estará na tela de milhões e milhões de pessoas mundo afora e isso é histórico”, comentou Mauricio Sulaiman, durante a coletiva de May-Mac.

 

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *