Cinco motivos para assistir Mayweather x McGregor neste sábado

Mayweather x McGregor será dia 26 de agosto (Foto: Reprodução Instagram ufc)

Mayweather x McGregor será dia 26 de agosto (Foto: Reprodução Instagram ufc)

Após algumas semanas sem grandes eventos do UFC, o fã de lutas terá a oportunidade de ver o maior astro da companhia em ação neste sábado (26). Porém, Conor McGregor não estará no octógono e sim no ringue de boxe, onde enfrentará um dos melhores lutadores de todos os tempos na sua estreia na nobre arte. A superluta entre o irlandês e Floyd Mayweather já fez história antes mesmo de começar.

Veja Também

McGregor garante que nocauteará Floyd no primeiro round (Foto: Reprodução Facebook Conor McGregor)
McGregor é grande azarão para superluta contra Mayweather

Floyd (esq) e Paulie (dir): encontro de amigos Foto: Reprodução Youtube FightHype
Floyd e Malinaggi sugerem ‘espionagem’ a treinos de McGregor

Ao longo dos últimos meses, os mundos do MMA e do boxe se fundiram na expectativa para que vai acontecer quando um dos maiores campeões da história das artes marciais mistas enfrenta um dos melhores de todos os tempos na nobre arte. A resposta definitiva só sai neste sábado (26), mas o SUPER LUTAS preparou cinco motivos pelos quais você não pode deixar de assistir à superluta entre Conor McGregor e Mayweather.

Em jogo, estão a imortalidade como ícones dos esportes de combate, a luta mais cara da história, o orgulho de representar o boxe e o MMA, além de um primeiro olhar para o futuro do boxe.

Veja os cinco motivos a seguir:

 

1 – Floyd Mayweather: o maior de todos os tempos?

Mayweather é um dos maiores de todos os tempos (Foto: Reprodução Facebook Floyd Mayweather)

Mayweather é um dos maiores de todos os tempos (Foto: Reprodução Facebook Floyd Mayweather)

Não é atoa que Floyd Mayweather é considerado um dos melhores pugilistas de todos os tempos. Afinal, seus números falam por si. Em 49 lutas profissionais, 100% de aproveitamento. Das 49 vitórias, 26 foram por nocaute e 13 por pontos. Outro fato ‘assustador’. Money nunca sequer foi a knockdown, o que enaltece ainda mais sua superioridade frente aos rivais.

Sem atuar desde setembro de 2015, quando anunciou sua aposentadoria ao superar o rival Andre Berto, Floyd também é um fenômeno comercial. Ao longo dos 21 anos de sua carreira, ele lucrou cerca de R$ 2,1 bilhões, tornando-se, quando ainda estava competindo profissionalmente, o atleta mais bem pago do mundo.

Neste sábado, após um hiato de dois anos, o já quarentão lutador terá mais uma chance de concretizar o status conquistado. “Ninguém pode fazer uma lavagem cerebral e me fazer crer que Sugar Ray Robinson e Muhammad Ali foram melhores do que eu”, afirmou o boxeador, há dois anos, se colocando acima de lendas do boxe.

2 – Conor McGregor: a chance de escrever seu nome no boxe

McGregor vai estrear no boxe (Foto:Reprodução/Twitter ConorMcGregor)

McGregor vai estrear no boxe (Foto:Reprodução/Twitter ConorMcGregor)

A trajetória de Conor McGregor no MMA é praticamente irretocável: cinturões dos penas e leves no maior evento do mundo, nocaute em apenas 13 segundos no arquirrival, salários fora do padrão do esporte, 18 nocautes em 21 vitórias e por aí vai. No entanto, o novo foco do irlandês é escrever seu nome na história da arte suave.

Não é exagero dizermos que McGregor já é o grande vencedor do combate com Floyd. Além da bolsa astronômica que receberá, o status de franco atirador, sem a responsabilidade de triunfar dentro do cage, pode ajudar Conor a chocar o mundo novamente. 11 anos mais novo, a juventude também joga ao lado do europeu. Se tornar-se o primeiro homem a derrubar Floyd, o Notório, definitivamente, garante seu lugar entre os maiores de todos os tempos do mundo da luta.

“Não vai acabar bem para o Floyd e não vai acabar bem para todas essas pessoas que estão duvidando de mim. Mais uma vez estou apenas trabalhando para educar o mundo todo sobre o que é um artista marcial de verdade”, garantiu McGregor.

3 – Choque entre esportes

Floyd (esq) e Conor (dir): representantes de seus esportes (Fotos: Divulgação/Reprodução Facebook UFC)

Floyd e Conor: mitos em seus esportes (Fotos: Divulgação/Reprodução Facebook UFC)

Diante de Floyd Mayweather, Conor McGregor estará representando não somente o UFC, mas o MMA como um todo. É a oportunidade que o esporte tem de quebrar a última fronteira e se tornar, de fato, um fenômeno global. Apesar de ser o esporte que mais cresce no mundo, as artes marciais mistas ainda encontram resistência em muitos setores da sociedade. McGregor pode ajudar a acabar com o estigma final de que o MMA é muito violento dependendo de como se portar, na vitória ou na derrota.

Para Mayweather, o orgulho do boxe também está em jogo. Após mais de 20 anos invicto e sem uma derrota no cartel, o norte-americano tem a obrigação de vencer um estreante no boxe profissional. Ainda que McGregor tenha experiência em artes marciais, a diferença de conhecimento na nobre arte faz com que uma derrota de Floyd possa ser até catastrófica para o esporte, já que provaria, em tese, que os lutadores de MMA são superiores aos atletas do boxe, inclusive na nobre arte.

4 – A luta mais cara da história

Mayweather (esq) e McGregor (dir): última encarada (Foto: Reprodução Youtube ufc)

Mayweather (esq) e McGregor (dir): última encarada (Foto: Reprodução Youtube ufc)

Quando o assunto é os salários que os lutadores irão receber, os números assustam. Mayweather vai lucrar US$ 300 milhões, cerca de R$ 942 milhões na cotação atual, enquanto McGregor vai receber por volta de US$ 100 milhões, R$ 313 milhões, aproximadamente. Os valores investidos no combate não ficam atrás.

Só de patrocínio, para se ter uma ideia, serão investidos mais de R$ 108 milhões. As casas de apostas, sempre movimentadas em grandes lutas, irá levantar R$ 93 milhões. O ginásio da T-Mobile Arena, em Las Vegas, com capacidade para 20 mil pessoas, deve lucrar em torno de R$ 77 milhões. Para quem vai acompanhar através da TV, a expectativa é que May-Mac venda mais de R$, 1,5 bilhões de pacotes pay-per-view.

“A diferença entre essa luta e a luta entre Mayweather e Pacquiao é que o alcance do Conor no mundo é maciço.  Essa é a luta que o mundo vai assistir”, declarou Dana White, presidente do UFC, que ganhou coro de Leonard Ellerbe, promoter de Floyd. “Essa é a luta que vai trazer todas as estrelas de Hollywood: Jay-Z, Beyoncé, todos os atores e atrizes de Hollywood, as estrelas da NBA”.

5 – O futuro do boxe?

G. Davis (esq) é empresariado por Floyd (Foto: Reprodução Facebook Gervonta "Tank" Davis)

G. Davis (esq) é empresariado por Floyd (Foto: Reprodução Facebook Gervonta “Tank” Davis)

Aos 22 anos de idade, Gervonta “Tank” Davis é a principal aposta da empresa de agenciamento de atletas fundada por Mayweather. Como o evento é quase todo seu, o boxeador fez questão de colocar um de seus grandes nomes em ação na mesma noite. Davis coloca seu cartel invicto de 18 vitórias profissionais (com 17 nocautes) em jogo contra Francisco Fonseca.

Diante do rival, “Tank” defenderia seu título mundial leve júnior da Federação Internacional de Boxe (IBF). Porém, ele não bateu o peso e perdeu o cinturão, que irá para Fonseca, caso ele vença.

Mas o mais importante para a promessa, que tem mais de 200 vitórias no boxe amador, é aparecer para o mundo. A aposta é que, como co-luta principal da noite, Davis seja exposto a milhões de novos fãs que possam ajudá-lo a ser um novo Floyd Mayweather. Se bem que, com os 17 nocautes em 18 lutas, seu estilo tem sido mais comparado com o de Mike Tyson. De qualquer forma, Gervonta pode se fixar como o futuro do boxe neste sábado.

May-Mac

CARD PRINCIPAL 

Peso super-meio-médio: Floyd Mayweather x Conor McGregor

Peso leve-júnior: Gervonta Davis x Francisco Fonseca

Peso meio-pesado: Nathan Cleverly x Badou Jack

Peso cruzador: Andrew Tabiti x Steve Cunningham

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio: Yordenis Ugas x Thomas Dulorme

Peso meio-médio: Juan Heraldez x Jose Miguel Borrego

Peso super-médio: Kevin Newman x Antonio Hernandez

Peso super-médio: Savannah Marshall x Amy Coleman

 *Colaborou João Vitor Xavier

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *