Lutador que ajudou Conor McGregor prevê nocaute do irlandês sobre Mayweather

Miambo (esq.) ao lado de C. McGregor. Foto: Divulgação / Brave

Miambo (esq.) ao lado de C. McGregor. Foto: Divulgação / Brave

O lutador Frans Mlambo teve acesso exclusivo a uma das maiores lutas de todos os tempos: o peso galo irlandês fez parte do camp de Conor McGregor para a superluta com Floyd Mayweather Jr., que ocorre hoje, em Las Vegas. Ex-boxeador profissional, Mlambo ajudou na parte de sparring e mostrou otimismo ao falar das chances do amigo pessoal contra “Money.

Veja Também

mayweather-mcgregor-superluta
Cinco motivos para assistir Mayweather x McGregor neste sábado

F. Mayweather e C. McGregor fazem última encarada (Foto: Reprodução Youtube UFC)
McGregor grita na cara de Mayweather após pesagem

Mlambo prevê que McGregor irá nocautear Mayweather nos primeiros seis rounds e também falou sobre a controvérsia em torno da sessão de sparring entre “Notorious” e o ex-campeão mundial de boxe Paulie Malinaggi.

“Não sou muito de apostar, então não sei te falar qual porcentagem eu daria (para uma vitória por nocaute de McGregor). Mas sempre tive na cabeça que ele vence até o sexto round, até porque temos que levar em conta a incrível capacidade defensiva do Mayweather. Porém, ainda assim, não vejo essa luta indo além dos seis primeiros rounds”, comentou Mlambo, que estava ajudando no córner de Malinaggi quando o ex-campeão fez sparring contra McGregor, e disse não ter se impressionado com Paulie.

“Agora, tenho que dizer que foi uma honra conhecer Paulie Malinaggi, mas eu estava lá na sessão de sparring, inclusive estava ajudando no córner de Paulie. Dava para cortar a tensão do ambiente com uma faca. Pareceu mais uma luta que uma sessão de sparring. E é verdade, Paulie foi muito pior do que o vídeo mostra e ele foi muito pior que outros sparrings. O vídeo que foi divulgado, para mim, não mostra nem a pior parte de Paulie”, declarou, o lutador em entrevista ao site do canal Combate.

Mesmo focado na prepração de Conor McGregor para a superluta contra Mayweather, Mlambo, que atua no MMA, diz já estar sentindo saudades do cage do Brave e espera lutar no retorno da promoção ao Bahrein, em novembro, para a International Combat Week.

“Estou negociando para lutar no evento que o Brave fará no Bahrein em novembro, mas não há nada certo. Quero lutar logo, faz muito tempo que não entro no cage do Brave”, encerrou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *