Antes de ser julgado, Jones perde topo de ranking para Johnson

D. Johnson (foto) no topo do ranking (Foto: Reprodução/ Facebook/UFC)

D. Johnson (foto) no topo do ranking (Foto: Reprodução/ Facebook/UFC)

Na semana de sua 11ª defesa do cinturão peso mosca, Demetrious Johnson recebeu um “presente” de Jon Jones. Mesmo não tendo perdido o título meio-pesado, “Bones” perdeu duas posições no ranking peso por peso por ter sido pego em exame antidoping e recolocou “Mighty Mouse” no topo da lista. O novo segundo colocado é Conor McGregor. Johnson enfrenta Ray Borg na luta principal do UFC 215 deste sábado (9) e irá se tornar o campeão com mais defesas da história do UFC em caso de triunfo. Atualmente com 10 defesas, ele divide o posto com o brasileiro Anderson Silva.

Veja Também

Diaz já enfrentou Conor duas vezes (Foto:Reprodução/Facebook UFC)
Nate Diaz detona McGregor e UFC após derrota para Mayweather

Werdum evitou criticar Cigano (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)
Werdum descarta julgar Cigano por doping: ‘Os testes são muito rígidos’

McGregor pediu desculpas para Dana por derrota (Foto: Reprodução/Youtube)
Vídeo: McGregor pede desculpas a Dana após derrota para Mayweather

Vale lembrar que Jon Jones ainda não foi julgado formalmente por ter caído em exame antidoping da USADA, organização que coordena a questão de doping para atletas do UFC. Porém, como os rankings são elaborados por jornalistas, o norte-americano perdeu duas posições. Caso seja mesmo culpado, “Bones” será suspenso e terá seu nome retirado da pontuação enquanto estiver fora do UFC.

O Ultimate organizou apenas dois eventos no mês de agosto, o que pode explicar a pouca movimentação das demais divisões. Além da “promoção” de Johnson, Amanda Nunes perdeu uma posição para o campeão interino dos médios Robert Whittaker, no ranking peso por peso e agora a Leoa, dona do cinturão peso galo é a 15ª colocada. A brasileira também luta neste sábado (9) – ela enfrenta Valentina Shevchenko, em revanche de luta ocorrida no UFC 196. Na ocasião, Nunes levou a melhor por decisão.

Source: Portal da Luta

Nate Diaz detona McGregor e UFC após derrota para Mayweather

Diaz já enfrentou Conor duas vezes (Foto:Reprodução/Facebook UFC)

Diaz já enfrentou Conor duas vezes (Foto:Reprodução/Facebook UFC)

Após ser nocauteado no 10º round de sua superluta contra Floyd Mayweather, o campeão peso leve do UFC, Conor McGregor, recebeu apoio da comunidade do MMA e de lutadores e especialistas do boxe, sendo elogiado por sua performance na estreia profissional na nobre arte. Seu maior rival no Ultimate, porém, não ficou nada satisfeito. Nate Diaz detonou a atuação do irlandês e reclamou até do UFC, que estaria “promovendo além da conta” uma derrota.

Veja Também

McGregor pediu desculpas para Dana por derrota (Foto: Reprodução/Youtube)
Vídeo: McGregor pede desculpas a Dana após derrota para Mayweather

Ronda pode ir para o telecatch (Foto: Reprodução-Facebook UFC)
Ronda grava para a WWE e aumenta rumores sobre ida para o telecatch

S. Da Silva jurou inocência (Foto: Reprodução Facebook Cage Fury Fighting Championships)
Lutador brasileiro garante que não roubou banco nos EUA

Através de suas redes sociais, o peso leve do Ultimate repostou uma foto de McGregor com uma frase que ele gosta de proferir: ‘Nunca perco. Ou ganho ou aprendo”. Diaz disse que ele se cansou logo, como fez quando perdeu para ele, e que não houve nenhum tipo de “aprendizado” no duelo do rival contra Mayweather.

“Ele socou demais, até cansar. Foi dessa forma que ele perdeu no UFC também. Não houve nenhum tipo de aprendizado. Estão promovendo-o além da conta. Parem de puxar o saco de McGregor. A m…é essa: Bruce Lee nunca teria perdido daquela forma. Ele era um ninja de verdade, p…”, reclamou Nate Diaz.

A provocação mais recente do norte-americano pode ter sido motivada pela probabilidade de os dois se enfrentarem em breve. Nate já havia avisado, em agosto do ano passado, que não voltaria para o UFC se não fosse para enfrentar Conor McGregor – os dois lutaram duas vezes, com uma vitória para cada. Uma trilogia estaria sendo negociada e Diaz pode ter usado a provocação para tentar convencer o rival a aceitar um terceiro combate entre os dois.

Source: Portal da Luta

Lutador brasileiro garante que não roubou banco nos EUA

S. Da Silva jurou inocência (Foto: Reprodução Facebook Cage Fury Fighting Championships)

S. Da Silva jurou inocência (Foto: Reprodução Facebook Cage Fury Fighting Championships)

O peso galo brasileiro Sérgio Da Silva, acusado de ter roubado um banco nos Estados Unidos, se defendeu através das redes sociais, garantindo sua inocência no caso e prometendo limpar seu nome. Ele chegou a ser preso por policiais, mas logo foi liberado pela Justiça norte-americana sem necessidade de pagar fiança.

Veja Também

Ronda pode ir para o telecatch (Foto: Reprodução-Facebook UFC)
Ronda grava para a WWE e aumenta rumores sobre ida para o telecatch

Werdum evitou criticar Cigano (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)
Werdum descarta julgar Cigano por doping: ‘Os testes são muito rígidos’

Joanna mostra novo modelo de uniformes (Foto: Divulgação)
Reebok divulga novos uniformes para os lutadores do UFC

Através de seu Facebook pessoal, o lutador ex-Bellator agradeceu o apoio de familiares e amigos, além de pedir “privacidade”. O atleta de 31 anos foi identificado por policiais após suas impressões digitais terem sido encontradas na cena do crime. O banco que foi roubado fica na mesma rua da residência de Da Silva, no bairro de Queens.

“Dia louco, para dizer o mínimo. Estou verdadeiramente tocado por todo amor e apoio que tenho recebido. Eu recebi todas as mensagens, ligações, e-mails, etc. Obrigado ao meu advogado fenomenal. Estou em casa e meu representante está trabalhando duro para esclarecer isso. Por mais que eu queira falar sobre as alegações, minha equipe legal me aconselhou para não dar nenhum detalhe até o caso acabar. Estamos seguindo todos os passos necessários. Tudo que eu peço é para todos respeitarem minha família, durante esse tempo difícil e entendam a minha distância. Eu não estou com o meu celular. Devo tê-lo nos próximos dias. Estou pronto para cooperar e limpar o meu nome. ‘Deus dá as batalhas mais duras para os guerreiros mais fortes.’ Amor é amor”, postou o brasileiro.

Da Silva lutou pela última vez no histórico Bellator 180, em 24 de junho, quando foi finalizado por estrangulamento por Matt Rizzo. O brasileiro é profissional desde 2011 e possui cartel de seis vitórias e nove derrotas, uma delas para Aljamain Sterling, uma das maiores promessas do peso galo do UFC.

Source: Portal da Luta

Vídeo: McGregor pede desculpas a Dana após derrota no boxe

Foto: Josh Hedges/Getty Images

Foto: Josh Hedges/Getty Images

Muitos não gostam de Conor McGregor pelo seu jeito marrento. No entanto, poucos sabem que o lutador também tem os seus momentos de colocar a “sandália da humildade”. Isso ficou comprovado em um vídeo que mostra o campeão dos leves do UFC após a derrota para um dos maiores lutadores de todos os tempos, Floyd Mayweather.

Além de mostrar uma brincadeira entre pai e filho, o apoio da mãe e o brinde de whisky entre a equipe, as imagens retratam o momento em que o irlandês pede desculpas para o chefão do Ultimate, Dana White, que afirma estar orgulhoso do seu lutador.

Confira o momento:

The post Vídeo: McGregor pede desculpas a Dana após derrota no boxe appeared first on MMA Space.

Source: Space

Reebok divulga novos uniformes para os lutadores do UFC

Joanna mostra novo modelo de uniformes (Foto: Divulgação)

Joanna mostra novo modelo de uniformes (Foto: Divulgação)

A Reebok divulgou, nesta terça-feira (5), sua nova linha de roupas que serão utilizadas pelos lutadores do UFC durante as lutas e em compromissos oficiais do evento. Desde 2015, quando oficializou um acordo com o Ultimate, a marca muda anualmente a linha de modelos, com shorts, sungões e saias específicas para os atletas, além de camisas que devem ser utilizadas durante as entradas dos lutadores para os combates e em compromissos oficiais da organização.

Veja Também

Ronda pode ir para o telecatch (Foto: Reprodução-Facebook UFC)
Ronda grava para a WWE e aumenta rumores sobre ida para o telecatch

Werdum evitou criticar Cigano (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)
Werdum descarta julgar Cigano por doping: ‘Os testes são muito rígidos’

Sonnen acusou J. Jones (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)
Chael Sonnen insinua que Jon Jones se dopou durante toda a carreira

A maior inovação de 2017 vem para os atletas em lutas de título. Começando pelo UFC 215 deste sábado (9), todos os envolvidos em duelos valendo cinturão terão camisas especializadas, com características específicas de seus apelidos, além de nome e sobrenome estilizados. A Reebok revelou ter ouvido os próprios lutadores, além de outros integrantes da “comunidade do MMA” para chegar aos novos modelos.

“Nossas equipes de design, produto e pesquisa gastaram inúmeras horas conversando e trabalhando com atletas do UFC e da comunidade do MMA para fazer isso. Estamos animados em estrear nossa mais nova coleção de aparência dos lutadores com o ‘UFC Fight Night’ e estamos comprometidos a reimaginar e envolver a ‘Reebok Combat Collection’ para adaptar as necessidades dos atletas e atender os fãs do UFC”, comentou Corinna Werkle, diretora da marca.

Veja as fotos dos uniformes:

;
(function($) {
$(document).ready(function() {
//$(“head”).append(“”);
$(“head”).append(“”)
.append(“”)
.append(“”)
.append(“.vox-gallery {border:1;}a.vox-view-full:before, a.vox-view-full-selected:before, a.vox-view-thumbs:before, a.vox-view-slideshow:before, a.vox-view-share:before {color:#ffffff !important;}a.vox-view-full:hover:before, a.vox-view-full-selected:hover:before, a.vox-view-thumbs:hover:before, a.vox-view-slideshow:hover:before, a.vox-view-share:hover:before {opacity: 0.6 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a {color:#ffffff !important;opacity:0.8 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a:hover, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a:hover {opacity:0.4 !important;}.vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-next:before, .vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-prev:before {color:#ffffff;background:#;}.vox-header .vox-title, .vox-header .vox-view-paging, .vox-caption .vox-caption-text {font-family:Open Sans !important;}”);
});//ready
})(jQuery);
;var $embedCode; var $galleryHeight = 460;
var $Vox;
(function($) {
$(document).ready(function() {;
//init plugin
$Vox = $(“#vox-gallery-70182”);
$Vox.VoxGalleryMain({
mode: “normalview”,
thumbOn: true,
thumbPosition: “bottom”,
shareOn: true,
responsive: true,
imgMaxWidth: 740,
imgMaxHeight: 460,
intervalDelay: 5000,
autoplay: false,
carouselOpt: {
easing: “easeOutExpo”,
imageW: 65,
imageH: 65,
margin: 7,
border: 1,
borderRadius: 5
},
siteUrlEmbed: “http://www.superlutas.com.br?vox_id=70182”,
siteExternal: false,
permalink: “http://www.superlutas.com.br/noticias/70181/reebok-divulga-novos-uniformes-para-os-lutadores-do-ufc/”
}).init();
});//ready
})(jQuery);

(function($) {
$(window).load(function() {
if ($embedCode) {
setTimeout( function(){
$totalHeight = $galleryHeight – $(“.vox-header”).height() – $(“.vox-thumbs”).height() – 4; //(4 = borders values)
//alert( $totalHeight );
$Vox.find(“.vox-image”).css({ height: $totalHeight });
$Vox.VoxGalleryMain.imgMaxHeightNew( $totalHeight );
}, 500 );
}
});//laod
})(jQuery);

 

Source: Portal da Luta

José Aldo veste quimono para fazer luta especial de Jiu-Jítsu

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Sem compromisso marcado no UFC, José Aldo veste o quimono para fazer uma superluta especial contra o faixa-roxa Jonathan Pitbull, que tem síndrome de down, no Sul-Americano da SJJSAF, dia 17 de setembro, no Grajaú Country Club, Rio de Janeiro. A informação é da Graciemag.

Vale lembrar que recentemente José Aldo competiu no Internacional de Master da IBJJF, no qual venceu as duas primeiras lutas mas acabou sendo eliminado nas quartas de final.

Além do MMA

No MMA José Aldo não luta desde a derrota sofrida para Max Holloway em maio deste ano, que culminou com a perda do cinturão peso-pena do UFC. Além de vestir o quimono, o manauara também aproveitou o período sem lutas no Ultimate para afiar seu Boxe nos EUA, já pensando em um possível duelo no ringue.

O post José Aldo veste quimono para fazer luta especial de Jiu-Jítsu apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Confira o vídeo promocional do UFC 215 com Demetrious e Amanda Nunes

Foto: Reprodução/mma-core

Foto: Reprodução/mma-core

O UFC 215 está chegando. Marcado para o próximo sábado, dia 09 de setembro, o evento contará com um card excelente. Na luta principal, veremos Demetrious Johnson, que vêm de onze vitórias, disputando o cinturão da categoria dos peso-moscas contra Ray Borg. Empatado com Anderson Silva, Johnson está prestes a ultrapassar o recorde de defesas de título.

Na segunda luta mais importante da noite, a campeã brasileira Amanda Nunes defenderá o seu título dos galos feminino contra Valentina Shevchenko.

Para esquentar, o UFC postou em seu canal um preview do que está prestes a vir no sábado. Confira:

 

The post Confira o vídeo promocional do UFC 215 com Demetrious e Amanda Nunes appeared first on MMA Space.

Source: Space

Amaury Bitetti ministra seminário de Jiu-Jítsu e MMA neste sábado em Niterói

Neste sábado, dia 9, os praticantes de Jiu-Jítsu têm um compromisso marcado com o bicampeão mundial no absoluto Amaury Bitetti em Niterói. O faixa-preta de Carlson Gracie, que teve passagem pelo UFC, ministra um seminário com diversas técnicas de arte suave e de MMA na Escola de Lutas Niterói, no bairro de Santa Rosa, a partir das 15h.

Os interessados em participar do seminário devem entrar em contato com André Bottino, faixa-preta de Amaury Bitetti, através do telefone 21 983897643, para reservar suas vagas, que são limitadíssimas. Não perca tempo! Os 20 primeiros ganham um desconto especial.

O post Amaury Bitetti ministra seminário de Jiu-Jítsu e MMA neste sábado em Niterói apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Miltinho Vieira faz balanço da Rio Fighters, aponta joia como futura contratação do UFC e rechaça aposentadoria

Quem vê Miltinho Vieira liderando os atletas da Rio Fighters em eventos pelo Brasil e pelo mundo pode até pensar que o veterano de 38 anos abandonou de vez a carreira de lutador para se dedicar exclusivamente à formação de novos campeões. Mas, apesar do sucesso na atual empreitada, ele garante que segue treinando firme para voltar ao cage assim que surgir uma boa oportunidade.

Na última semana ele recebeu o PVT no centro de treinamento da sua equipe, localizado no bairro de Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro, e além de falar dos planos como lutador, também fez um balanço dos três anos de fundação da Rio Fighters.

“Consideramos que tivemos êxito e sucesso com o trabalho profissional. A gente tem hoje vários atletas feitos pela gente no top 5, quatro cinturões profissionais e dois amadores”, disse Vieira, apontando uma de suas joias como o provável primeiro atleta da equipe a assinar com o UFC. “O saldo é muito positivo, eu quero agora colocar um atleta no UFC, essa é a próxima meta, e o Geraldo de Freitas é o que está mais próximo disso e realmente será mais uma conquista que faz parte do nosso objetivo nesses três anos”.

Em relação à sua carreira como atleta de MMA, ele repreende quem o chama de “ex-lutador”. Sem lutar desde janeiro de 2013, quando perdeu para Godofredo Pepey no UFC por decisão dividida, a qual ele discorda até hoje, Miltinho Vieira explicou o hiato e afirmou que em breve deve estar calçando as luvas novamente.

“Continuo competindo. Nesses três anos eu tenho três títulos no submission e continuo com pensamento e treinando como lutador. Quero voltar a lutar, estou só esperando o momento perfeito. Nesses três anos eu tive meus filhos gêmeos, Vicente e Valentina, acaba que a vida pessoal fica movimentada, tenho que trabalhar e ajudar a cuidar deles, além de trabalhar aqui dentro. São quase 30 profissionais aqui e mais meus dois filhos, então eu brinco que tenho 32 filhos. Sou um cara que tem 80kg normalmente, luto de 66kg, e para quem não sabe, lutar dentro do octagon não é difícil, se preparar para lutar dentro do octagon que é difícil. Chegar aqui e lutar, meter a cara como muitas vezes eu fiz, ser chamado de última hora e lutar, isso é fácil, mas com essa estrutura que eu tenho e que eu dou de treinamento para meus atletas seria falta de respeito com meu time e com o nome da Rio Fighters”.

O post Miltinho Vieira faz balanço da Rio Fighters, aponta joia como futura contratação do UFC e rechaça aposentadoria apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Werdum descarta julgar Cigano por doping: ‘Os testes são muito rígidos’

Werdum evitou criticar Cigano (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)

Werdum evitou criticar Cigano (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)

Desafeto declarado de Junior Cigano, Fabrício Werdum descartou julgar ou provocar o adversário, que recentemente foi flagrado em um exame antidoping realizado pela USADA (Agência antidoping dos EUA) e, automaticamente, retirado do UFC 215, evento no qual enfrentaria Francis Ngannou. Embora admita que não tenha um bom relacionamento com Cigano, o gaúcho, que lamentou o ocorrido, afirma que não tem motivos para criticar o compatriota, ressaltando que é preciso esperar a contraprova dos testes.

Veja Também

cigano-reproducao-facebook2
Júnior Cigano falha em teste antidoping e está fora do UFC 215

cigano-reproducao-twitter-ufceurope
Cigano quebra silêncio sobre doping e avisa: “Nunca trapacearia”

Cigano pedirá contraprova de teste antidoping. Foto: Reprodução / Instagram
Cigano pedirá contraprova de doping positivo

“Acho que é uma pena que isso tenha acontecido, mas temos que esperar o segundo teste. Nós não nos entendemos porque lutamos no passado, mas não há motivo para dizer nada de ruim sobre ele. Isso pode acontecer com qualquer um, sem saber tomar algo que está proibido. Não tenho o direito de dizer nada sobre este caso. Temos que esperar o segundo teste para saber se ele realmente pegou algo. Se ele realmente tomou algo, ele tem que pagar por isso sem lutar por um tempo, o que é uma pena”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

Não é de hoje que Werdum reclama da rigidez nos exames realizados pela USADA. O ex-campeão dos pesados alega que muitas vezes os lutadores tomam, sem saber, suplementos ‘comuns’, mas que são proibidos pela Agência. De acordo com ele, as leis implantadas deveriam ser revistas e alteradas.

“Eu acho que esse teste é muito, muito rígido. Não precisava ser tanto. Uma coisa é tirar algo para se recuperar mais rápido… Não estou dizendo esteróides, não. O que eu digo é que o USADA é demais às vezes. É muito. Não precisava tanto disso. Este teste é mais estrito do que as Olimpíadas. Nunca vi isso antes. Eu acho que poderia ser melhor. Há coisas que você poderia tomar que não afetariam seu desempenho, mas você se recuperaria mais rápido. Nós treinamos muito duro. (…) Qualquer um está sujeito a passar por isso. Às vezes, nem mesmo é algo que você toma sabendo que é ilegal, mas, sem saber, você toma algo no seu suplemento. É duro. Nós temos que ligar e verificar tudo o que você toma o tempo todo, qualquer coisa que você comer ou qualquer suplemento que você toma. Isso pode acontecer com qualquer um”, concluiu.

Source: Portal da Luta