Miltinho Vieira faz balanço da Rio Fighters, aponta joia como futura contratação do UFC e rechaça aposentadoria

Quem vê Miltinho Vieira liderando os atletas da Rio Fighters em eventos pelo Brasil e pelo mundo pode até pensar que o veterano de 38 anos abandonou de vez a carreira de lutador para se dedicar exclusivamente à formação de novos campeões. Mas, apesar do sucesso na atual empreitada, ele garante que segue treinando firme para voltar ao cage assim que surgir uma boa oportunidade.

Na última semana ele recebeu o PVT no centro de treinamento da sua equipe, localizado no bairro de Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro, e além de falar dos planos como lutador, também fez um balanço dos três anos de fundação da Rio Fighters.

“Consideramos que tivemos êxito e sucesso com o trabalho profissional. A gente tem hoje vários atletas feitos pela gente no top 5, quatro cinturões profissionais e dois amadores”, disse Vieira, apontando uma de suas joias como o provável primeiro atleta da equipe a assinar com o UFC. “O saldo é muito positivo, eu quero agora colocar um atleta no UFC, essa é a próxima meta, e o Geraldo de Freitas é o que está mais próximo disso e realmente será mais uma conquista que faz parte do nosso objetivo nesses três anos”.

Em relação à sua carreira como atleta de MMA, ele repreende quem o chama de “ex-lutador”. Sem lutar desde janeiro de 2013, quando perdeu para Godofredo Pepey no UFC por decisão dividida, a qual ele discorda até hoje, Miltinho Vieira explicou o hiato e afirmou que em breve deve estar calçando as luvas novamente.

“Continuo competindo. Nesses três anos eu tenho três títulos no submission e continuo com pensamento e treinando como lutador. Quero voltar a lutar, estou só esperando o momento perfeito. Nesses três anos eu tive meus filhos gêmeos, Vicente e Valentina, acaba que a vida pessoal fica movimentada, tenho que trabalhar e ajudar a cuidar deles, além de trabalhar aqui dentro. São quase 30 profissionais aqui e mais meus dois filhos, então eu brinco que tenho 32 filhos. Sou um cara que tem 80kg normalmente, luto de 66kg, e para quem não sabe, lutar dentro do octagon não é difícil, se preparar para lutar dentro do octagon que é difícil. Chegar aqui e lutar, meter a cara como muitas vezes eu fiz, ser chamado de última hora e lutar, isso é fácil, mas com essa estrutura que eu tenho e que eu dou de treinamento para meus atletas seria falta de respeito com meu time e com o nome da Rio Fighters”.

O post Miltinho Vieira faz balanço da Rio Fighters, aponta joia como futura contratação do UFC e rechaça aposentadoria apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *