Amanda diz que só volta em 2018: ‘Vou cuidar da minha sinusite’

A. Nunes só volta em 2018 (Foto: Reprodução Facebook UFC)

A. Nunes só volta em 2018 (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Após a segunda defesa do seu cinturão peso galo, Amanda Nunes revelou que só voltará ao octógono em 2018. A sinusite crônica que a tirou do duelo com Valentina Shevchenko no UFC 213 voltou a atacar recentemente e a brasileira quer cuidar do problema de forma definitiva antes de sua próxima luta. Como acabou de superar o grande desafio da divisão contra a peruana neste sábado (9), no UFC 215, a Leoa revelou que fará uma cirurgia para corrigir o problema.

Veja Também

A. Nunes (esq) superou V. Shevchenko (dir) de novo (Foto: Reprodução Twitter UFCNews)
No sufoco, Amanda Nunes vence Shevchenko e defende cinturão no UFC 215

RDA venceu Magny no UFC 215 (Foto: Reprodução Twitter UFCNews)
Dos Anjos finaliza Magny e pede chance pelo cinturão meio-médio

ketlen-instagram-ufc
Ketlen Vieira ‘salva’ brasileiros nas preliminares do UFC 215

“Não devo mais lutar neste ano. Eu acho que vou dar um tempo porque é um problema que passa pela respiração também. De vez em quando, nem consigo dormir à noite. Eu tenho que cuidar desse problema de um jeito definitivo. Vou dar um tempo e retorno no ano que vem”, comentou Amanda.

Na coletiva após a vitória sobre Shevchenko, Nunes revelou que médicos a aconselharam a fazer a cirurgia e revelou não estar 100% para o UFC 215 por conta da sinusite.

“Eu ainda estou muito mal, ainda me sinto muito congestionada, mas tinha que lutar com ela. Queria calar a boca dessa garota. Os médicos disseram que eu tinha que fazer essa cirurgia, que eu não podia lutar deste jeito, mas eu queria calar a boca dela. Os médicos fizeram tudo o que podiam para me deixar perto dos 100% para essa luta, eles me deixaram quase lá”, revelou Amanda, dizendo que o problema se acentua quando ela precisar usar o avião como modo de transporte.

“Isso acontece mais quando eu viajo, a altitude me atrapalha e traz todo esse problema de volta. Agora, a primeira coisa que eu vou fazer quando voltar para casa vai ser essa cirurgia”, encerrou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *