Em luta apertada, Amanda vence Valentina e mantém cinturão no UFC 215; Dos Anjos finaliza Magny

Realizado no sábado (9), em Edmonton, no Canadá, o UFC 215 protagonizou a revanche da campeã Amanda Nunes contra Valentina Shevchenko, pelo título dos galos. A batalha durou cinco rounds e terminou com a decisão dividida para dona do cinturão, o que gerou insatisfação de “Bullet”. Já no co-main event, Rafael dos Anjos finalizou Neil Magny ainda no primeiro round e afirmou que vai buscar o cinturão dos meio-médios.

Mais quatro brasileiros estiveram em ação no card e entre eles, apenas Ketlen Vieira venceu. Já Wilson Reis, Luis Henrique KLB e Adriano Martins não obtiveram êxito.

Amanda mantém o cinturão no Brasil

Para o main event, Amanda e Valentina travaram uma luta técnica durante os cinco assaltos. A “Leoa” controlava mais o centro do cage e tentava impor o seu ritmo a luta, entretanto, “Bullet” mantinha a distância, para evitar a mão pesada da brasileira, e respondia bem aos ataques da campeã.

Luta entre Amanda e Valentina foi extremamente técnica nos cinco rouds (Foto: Getty Images)

Foram quatro rounds nesta tônica, com alternância entre as duas, em relação a golpes de efetividade. Já no último round, Amanda conseguiu importentes quedas para vencer o assalto com autoridade. Ao fim da luta, era quase impossível cravar a vencedora. Com isso, por decisão dividida dos jurados, o título se manteve com a “Leoa”.

Dos Anjos vence e Wilson é nocauteado

No co-main event, Dos Anjos não precisou de muito tempo para impor o seu jogo. Mesmo com uma diferença considerável de tamanho, o brasileiro derrubou Magny, fez uma boa transição e saiu no katagatame para finalizar o americano e somar a segunda vitória nos meio-médios. Uma luta antes, válida pelo peso-mosca, o valente Henry Cejudo não deu chances para o brasileiro Wilson Reis e o nocauteou no segundo round, com um direto espetacular.

Rafael dos Anjos finalizou Neil Magny com um katagatame (Foto: Getty Images)

Ketlen salva Brasil no card preliminar

Já no card preliminar, mais três brasileiros subiram ao octógono. Ketlen Vieira começou mal o confronto com Sara McMann, no entanto, no segundo round, a manauara encaixou um katagatame e garantiu o importante triunfo na divisão dos galos. Nos pesados, Luis Henrique KLB não teve a mesma sorte e foi dominado por Arjan Bhullar e perdeu na decisão dos jurados. Na abertura do evento, Adriano Martins tinha um favoritismo sobre Kajan Johnson e estava bem no duelo. Mas, no terceiro round, sofreu o nocaute.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC 215
Edmonton, Canadá
Sábado, 9 de setembro de 2017

Card principal 
Amanda Nunes derrotou Valentina Shevchenko por decisão dividida dos jurados
Rafael dos Anjos finalizou Neil Magny com um katagatame no 1R
Henry Cejudo derrotou Wilson Reis por nocaute técnico no 2R
Ilir Latif derrotou Tyson Pedro por decisão unânime dos jurados
Jeremy Stephens derrotou Gilbert Melendez por decisão unânime dos jurados

Card peliminar
Ketlen Vieira finalizou Sara McMann com um katagatame no 2R
Sarah Moras finalizou Ashlee Evans-Smith com uma chave de braço no 1R
Rick Glenn derrotou Gavin Tucker por decisão unânime dos jurados
Alex White derrotou Mitch Clarke por nocaute técnico no 2R
Arjan Bhullar derrotou Luis Henrique KLB por decisão unânime dos jurados
Kajan Johnson derrotou Adriano Martins por nocaute técnico no 3R

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *