Contraprova do primeiro teste realizado por Jon Jones confirma doping no UFC 214; saiba mais

Após abalar o mundo do MMA com mais um caso de doping, Jon Jones aguardava a contraprova do exame realizado em 28 de julho, um dia antes de reconquistar o cinturão dos meio-pesados sobre Daniel Cormier, no UFC 214. No fim da noite de terça-feira (13), horário de Brasília, a ESPN americana confirmou que o novo teste, assim como o primeiro, deu positivo para turinabol, substância que é proibida pela USADA (Agência de Antidoping dos Estados Unidos).

A equipe de “Bones” acredita na inocência do lutador e busca respostas para o que aconteceu. O Ultimate ainda não tomou nenhuma decisão quanto ao caso, tendo em vista, que ainda não destituiu Jones do posto de campeão dos meio-pesados. “DC”, o então dono da divisão, afirmou que vai esperar a resolução do caso e pretende exigir novamente o cinturão.

Vale lembrar, que Jones é reincidente no caso de doping. Essa é a terceira vez que o lutador é flagrado, no entanto, na primeira oportunidade, o meio-pesado estava fora do período de competição e não teve complicações maiores. Já o segundo caso foi às vésperas do histórico UFC 200 e “Bones” cumpriu suspensão por um ano. Desta vez, existe a expectativa de uma punição de até quatro anos.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *