Faixa-preta da Nova União analisa ‘pedreiras’ que terá pela frente no San Diego Pro; saiba mais

Faixa-preta da nova geração do Jiu-Jitsu, Horlando Monteiro (Nova União) segue em busca dos seus objetivos. Campeão de tudo que disputou nas faixas de base, incluindo até o Mundial da IBJJF, o jovem de 22 anos está escalado para o próximo torneio da IBJJF, que vale 4 mil dólares de premiação, na Califórnia. Pelo San Diego Pro, agendado para este sábado (16), Horlando encabeça a divisão dos pesos-pesados.

Horlando, que treina na academia do faixa-preta Gustavo Dantas, no Arizona, aproveitou para analisar os desafios que terá na categoria do San Diego Pro. A medalha de ouro e a boa premiação de 4 mil dólares são os objetivos. Além disso, é possível acumular pontos no ranking da maior organização do Jiu-Jitsu.

“A minha categoria, com certeza, é umas das mais fortes e difíceis no Jiu-Jitsu atual, pois além de vários atletas experientes, eles são rápidos e explosivos nesse peso. Todos são completos por cima e por baixo, assim como eu, que sempre busco estar evoluindo todas as partes do meu jogo”, comentou Horlando, antes de destrinchar os pontos fortes do seu jogo.

“Na faixa-preta, eu comecei a enfrentar diversos atletas que cresci me espelhando neles. E não muda nada, pois eles são seres humanos, assim como eu. Sempre tento buscar a finalização e gosto muito de atacar no triângulo e chave de pé”.

Para viver exclusivamente do esporte, Horlando migrou-se para os Estados Unidos aos 18 anos. A experiência, onde teve que viver longe dos pais, serviu de aprendizado e rendeu boas lições para Horlando, como ele conta a seguir.

“Quando vim para os EUA, eu era muito novo e tinha acabado de completar 18 anos. Foi um amadurecimento muito importante para mim. Sair das asas de proteção dos meus pais e aprender a caminhar com minhas próprias pernas e ter várias responsabilidades me ajudaram muito como atleta, pois tive que começar a trabalhar para conquistar meu espaço na vida e assim também no tatame. Trilhei meu caminho de vitórias nas faixas de base e quero repetir todas minhas vitórias na faixa-preta”, encerrou.

No vídeo a seguir, veja Horlando Monteiro e seu triângulo em ação:

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *