Luke Rockhold supera pressão, nocauteia David Branch e volta a vencer pelo Ultimate; confira

Realizado neste sábado (16), em Pittsburgh, nos Estados Unidos, o UFC Fight Night 116 proporcionou boas lutas aos fãs de MMA. Na luta principal, o ex-campeão Luke Rockhold voltou a vencer ao superar David Branch por nocaute técnico no segundo round. No co-main event, com uma grande atuação, Mike Perry aplicou duas joelhadas brutais e nocauteou Alex Reyes ainda no primeiro assalto. Dois brasileiros estiveram em ação no card. Na primeira luta do evento, Gilbert Durinho teve boa atuação e, com um belo nocaute, derrotou Jason Saggo. No card principal, Serginho Moraes teve sua boa sequência interrompida ao ser nocauteado pelo nigeriano Kamaru Usman, que emplacou sua sexta vitória consecutiva na organização.

O card ainda contou com outros duelos atrativos. No card preliminar, Uriah Hall proporcionou uma bela reviravolta e, após ser castigado no primeiro round, saiu vencedor no assalto seguinte ao nocautear Krzysztof Jotko. Já no card principal, Gregor Gillespie e Jason Gonzalez fizeram uma luta insana, que terminou com o triunfo de Gregor por finalização.

Rockhold supera Branch e volta a vencer pelo Ultimate

Logo nos primeiros segundos, David Branch resolveu encurtar a distância sobre Luke Rockhold, que conectou alguns chutes. O ex-campeão do WSOF ganhou vantagem ao aplicar uma série de golpes, que pegaram em cheio no rosto do ex-detentor do título peso-médio do Ultimate. Em seguida, a luta passou por alguns momentos no clich, Rockhold chegou a aplicar uma queda, mas Branch saiu vencedor no primeiro round.

Com bons chutes, Luke começou bem o segundo assalto. Após pressionar seu adversário contra a grade, Rockhold conseguiu mais uma queda, e logo conseguiu montar sobre seu adversário. Em uma posição bem favorável, o americano passou a golpear seu oponente e conquistou o triunfo por nocaute técnico, voltando a vencer pelo Ultimate.

Luke Rockhold venceu David Branch após aplicar sequência de golpes no ground and pound (Foto: Getty Images)
Rockhold venceu David Branch após aplicar sequência de golpes no ground and pound (Foto: Getty Images)

Usman vence Serginho e emplaca sexta vitória no UFC

O confronto teve seu início com Kamaru Usman tendo vantagem na luta em pé em relação a Serginho Moraes. Apesar de ter chances de encurtar a distância e tentar a queda para lutar no chão, sua especialidade, o brasileiro resolveu apostar na trocação e pagou caro por isso. Em um momento mais ofensivo, o nigeriano pressionou o faixa-preta de Jiu-Jitsu e, ao conectar um direto de direita, conseguiu a vitória por nocaute ainda no primeiro round, emplacando sua sexta vitória pelo Ultimate.

Kamaru Usman não deu chances a Serginho e nocauteou o brasileiro no primeiro round (Foto: Getty Images)
Kamaru Usman não deu chances a Serginho e nocauteou o brasileiro no primeiro round (Foto: Getty Images)

Em reviravolta incrível, Uriah Hall nocauteia Jotko

Uriah Hall chegou para o UFC Pittsburgh vindo de três derrotas consecutivas, correndo sério risco de demissão se sofresse um novo revés. O primeiro round contra Krzysztof Jotko teve um cenário de filme de terror para o jamaicano, que foi massacrado pelo seu adversário e, por pouco, não sofreu o nocaute.

Hall reuniu forças de onde, certamente, nem imaginava. Voltou para o segundo round disposto a mudar o panorama do round anterior. Após sofrer mais alguns golpes, Uriah encontrou uma brecha e, sem pestanejar, conectou um forte golpe de direita, que pegou em cheio no queixo de Jotko, que foi à lona, nocauteado. Desta forma, o “Homem Ambulância” reviveu seus bons tempos de TUF e voltou a nocautear, vencendo uma luta após dois anos.

Em uma grande reviravolta, Uriah Hall superou Jotko e voltou a vencer pelo Ultimate (Foto: Getty Images)
Em uma grande reviravolta, Uriah Hall superou Jotko e voltou a vencer pelo Ultimate (Foto: Getty Images)

Durinho aplica belo nocaute e volta a vencer pelo UFC

O combate começou se desenrolando na trocação. Gilbert Durinho apostou em boas combinações de socos e chutes, enquanto Jason Saggo se defendia bem. Após a metade do primeiro round, o brasileiro seguiu em vantagem na luta em pé, mostrando confiança nos golpes aplicados. Na reta final da parcial, Durinho conseguiu boa queda, terminando o primeiro assalto em vantagem.

Saggo voltou para o segundo round mostrando mais ofensividade, diferente dos primeiros cinco minutos. O duelo passou a ficar mais aberto, com os dois lutadores conectando bons golpes. Ao encontrar uma brecha, Durinho aplicou uma bela queda e passou a pressionar seu adversário contra a grade. A luta voltou a ficar em pé logo depois e, quando o segundo assalto estava prestes a terminar, o lutador de Niterói surpreendeu. Com um belo cruzado de direita, Gilbert Durinho acertou o golpe em cheio no canadense, que já caiu apagado. Desta forma, após um ano sem lutar, o faixa-preta de Jiu-Jitsu voltou a vencer depois de sofrer revés em sua última apresentação.

Gilbert Durinho voltou a vencer pelo Ultimate após aplicar belo nocaute (Foto: Getty Images)
Gilbert Durinho voltou a vencer pelo Ultimate após aplicar belo nocaute em Jason Saggo (Foto: Getty Images)

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC FIGHT NIGHT 116
Pittsburgh, Pensilvânia (EUA)
Sábado, 16 de setembro de 2016

Card principal
Luke Rockhold derrotou David Branch por nocaute técnico no 2R
Mike Perry derrotou Alex Reyes por nocaute no 1R
Anthony Smith derrotou Hector Lombard por nocaute técnico no 3R
Gregor Gillespie finalizou Jason Gonzalez com um katagatame
Kamaru Usman derrotou Serginho Moraes por nocaute no 1R
Justin Ledet derrotou Azunna Anyanwu por decisão dividida dos jurados

Card preliminar
Olivier Aubin-Mercier derrotou Tony Martin por decisão dividida dos jurados
Daniel Spitz derrotou Anthony Hamilton por nocaute no 1R
Uriah Hall derrotou Krzysztof Jotko por nocaute no 2R
Gilbert Durinho derrotou Jason Saggo por nocaute no 2R

Source: Tatame

Vídeo: reveja o belo nocaute de Gilbert Durinho sobre Jason Saggo pelo UFC Pittsburgh

Sem lutar há um ano, Gilbert Durinho retornou ao Ultimate no último sábado (16), pelo UFC Fight Night 116, realizado em Pittsburgh (EUA), e fez bonito. Mostrando uma boa evolução na luta em pé, conectando golpes potentes e com combinações interessantes, o faixa-preta de Jiu-Jitsu nocauteou Jason Saggo no segundo round, voltando a vencer pela maior organização de MMA do mundo.

Veja como foi o nocaute aplicado por Gilbert Durinho:

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Source: Tatame

Mauricio Shogun sofre lesão e está fora do UFC Japão; Yushin Okami o substitui

Marcado para acontecer no próximo dia 23 de setembro, em Saitama, no Japão, o UFC Fight Night 117 sofreu uma baixa importante em sua luta principal. Mauricio Shogun, que seria a grande estrela do evento, está fora da edição por conta de uma lesão. Desta forma, Ovince St-Preux agora vai encarar o japonês Yushin Okami, que substitui o brasileiro. A informação foi confirmada no último sábado (16) pelo Ultimate.

Com um cartel de 20 vitórias e dez derrotas no MMA profissional, St-Preux vinha de três reveses consecutivos, no entanto, em sua última apresentação, venceu o brasileiro Marcos Pezão por finalização no segundo round e voltou a vencer pela organização. Atualmente, o lutador é o sexto colocado no ranking dos meio-pesados, que voltou a ter Daniel Cormier como campeão.

Ex-desafiante ao cinturão dos médios, quando foi derrotado por Anderson Silva, em 2011, Yushin Okami recebe nova chance de lutar pela maior organização de MMA do mundo. Atualmente com 36 anos e um cartel extenso de 34 triunfos e dez resultados negativos em sua carreira, o japonês vem de quatro vitórias seguidas em seu cartel, sendo a última conquistada em julho deste ano, contra Andre Lobato, pelo evento Professional Fighters League.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night 117
Sábado, 23 de setembro de 2017
Saitama, no Japão

Card Principal

Ovince Saint-Preux x Yushin Okami
Claudinha Gadelha x Jessica Bate-Estaca
Takanori Gomi x Dong Hyun Kim
Gokhan Saki x Henrique Frankenstein
Teruto Ishihara x Rolando Dy
Mizuto Hirota x Charles Rosa

Card Preliminar

Keita Nakamura x Alex Morono
Jussier Formiga x Yuta Sasaki
Syuri Kondo x Chan-Mi Jeon
Daichi Abe x Hyun Gyu Lim
Shinsho Anzai x Luke Jumeau

Source: Tatame

WGP #40: Alex Pereira mantém cinturão e Emerson Falcão sofre nova lesão na perna; veja

Não faltaram emoções na terceira edição do WGP Kickboxing, em Guarapuava, no interior paranaense. No último sábado (16), o público presente ao ginásio Joaquim Prestes viu Alex Pereira manter o cinturão dos cruzadores (até 85,1kg) ao derrotar Maycon Silva por nocaute na luta principal da noite. O momento triste ficou por conta de uma nova lesão de Emerson Falcão, ex-campeão dos super-leves (até 64,5kg) e que voltava após mais de um ano parado. Ele lesionou a perna esquerda, a mesma que o assombrou nos últimos anos, e foi derrotado pelo argentino Ernesto de La Colina. Os xarás Bruno Cerutti e Bruno Gazani foram outros destaques da noite. A próxima edição acontece no dia 21 de outubro, em São Paulo.

A luta principal da noite do WGP #40 não teve grandes surpresas. Considerado um dos melhores atletas peso por peso do país, Alex Pereira fez jus ao posto e não deu chances para o desafiante Maycon Silva. Depois de começar o duelo melhor, controlando a luta, ele encaixou um lindo cruzado de esquerda na ponta do queixo de Maycon e colocou fim no duelo no segundo round. Essa foi a 21ª vitória da carreira de Alex, a 13ª só no WGP.

O co-main event da noite marcou o retorno de Emerson Falcão aos ringues do WGP diante do argentino Ernesto de La Colina. Depois de mais de um ano parado para correção da lesão na perna que o atormentou nos últimos anos, o ex-campeão dos leves, que completou 31 anos neste sábado, teve novamente uma noite para ser esquecida. Quando estava melhor no duelo, no meio do segundo round, ele sofreu dois chutes na perna esquerda, justamente o local da lesão, e desabou imediatamente. O argentino foi declarado vencedor e Falcão retirado de maca do ringue com suspeita de nova fratura no local.

Emerson Falcão sofreu nova lesão na perna esquerda e foi derrotado por argentino  (Foto: David Leite)
Emerson Falcão sofreu uma nova lesão na perna esquerda e foi derrotado por argentino (Foto: David Leite)

Cerutti faz a festa da torcida e Gazani estraga despedida de Rafael Teixeira

Atleta da casa mais festejado pelo público presente, Bruno Cerutti correspondeu às expectativas. Muito agressivo e dominando o centro do ringue durante todo o tempo, o pupilo de Deucélio Rodrigues despachou o argentino Facu Suarez e entrou novamente no caminho do título da categoria dos leves (até 60kg). Ele foi derrotado pelo campeão Hector Santiago em sua última participação, no WGP #36.

O duelo entre o paulista Bruno Gazani e o experiente Rafael Teixeira marcou o último capítulo da vitoriosa carreira do curitibano. E apesar da vitória de Gazani por decisão unânime, Rafael foi muito aplaudido pela torcida, que veio de Curitiba para apoiá-lo, pela grande luta protagonizada pelos dois com trocação franca a todo momento e muita técnica. Teixeira agora está oficialmente aposentado de kickboxing para se dedicar exclusivamente a sua equipe Teixeira Team. O único estrangeiro a sair vencedor do #WGP #40 foi o chileno Ivan Galaz. Ele dominou o paranaense Richard Jacobi, parceiro de treinos da atual campeã +70kg Val Stanski, e venceu por unanimidade.

Atletas locais levam a melhor em lutas internacionais

O card principal começou recheado de atletas locais para festa do público presente em Guarapuava. E os anfitriões não fizeram feio. Matheus Gatti, Jonathan Leuch e Nattan Novak fizeram valer o fator casa e venceram o boliviano Ivan Ibarbe, o paraguaio Luis Ayala e o argentino Maxi Dagata, respectivamente. O destaque ficou por conta de Jonathan Leuch, que vinha perdendo a luta para Luis Ayala até encaixar um nocautaço com uma sequência de um cruzado e duas joelhadas. Ele se recuperou de três derrotas no evento. Outros vencedores da noite foram Eduardo Borba e Marcos Carvalho, que bateram Inglesson de Lara e Fernando Sagati na decisão dos juízes.

RESULTADOS COMPLETOS:

Card Principal

Alex “Po Atan” Pereira derrotou Maycon Silva por nocaute no 2R
Ernesto de La Colina derrotou Emerson Falcão por nocaute no 2R
Bruno Cerutti derrotou Facu Suarez por decisão unânime dos jurados
Bruno Gazani derrotou Rafael Teixeira por decisão unânime dos jurados
Ivan Galaz derrotou Richard Jacobi por decisão unânime dos jurados
Matheus Gatti derrotou Ivan Ivarbe por decisão unânime dos jurados
Jonathan Leuch derrotou Luis Ayala por nocaute no 2R
Nattan Novak derrotou Maxi Dagata por decisão unânime dos jurados
Eduardo Borba derrotou Inglesson de Lara por decisão dividida dos jurados
Marcos Carvalho derrotou Fernando ‘Sagati’ por decisão unânime dos jurados

Undercard

Hugo Marques derrotou Victor Andreoli por decisão dos jurados
Leandro Moreira derrotou Kauan Pinheiro por nocaute no 2R
Lucas Paredes derrotou Matheus Nogueira por nocaute no 2R
Tiago Queiroz derrotou Gesiel ‘Portuga’ Isaque por decisão dos jurados
Fabio ‘Maloqueiro’ Medalha derrotou David Deruk por decisão dos jurados

Source: Tatame

Uriah Hall e outros três lutadores recebem bônus por performance no UFC Pittsburgh; confira

Realizado no último sábado (16), em Pittsburgh, nos Estados Unidos, o UFC Fight Night 116 ficou marcado pelo bom nível nas lutas, com bons nocautes e finalizações para os fãs de MMA. Desta forma, logo após o evento, a organização resolveu não escolher uma “Luta da Noite”, e quatro lutadores receberam o prêmio de “Performance da Noite”, recebendo 50 mil dólares cada.

Conhecido por suas atuações no reality show “The Ultimate Fighter”, Uriah Hall brilhou na edição. Após ser castigado no primeiro round, o peso-médio se recuperou no assalto seguinte e, com um belo nocaute e uma reviravolta incrível, venceu Krzysztof Jotko. Já no meio-médio, Mike Perry mostrou não se abalar com a mudança de adversário de última hora (saída de Thiago Pitbull do card) e nocauteou o estreante Alex Reyes no primeiro assalto, levantando o público presente na arena.

Os outros dois premiados da noite foram Gregor Gillespie e Jason Gonzalez. Em uma luta insana, Gillespie saiu vitorioso com uma finalização no segundo round, mas Gonzalez ofereceu resistência e promoveu um grande confronto aos torcedores.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC FIGHT NIGHT 116
Pittsburgh, Pensilvânia (EUA)
Sábado, 16 de setembro de 2016

Card principal
Luke Rockhold derrotou David Branch por nocaute técnico no 2R
Mike Perry derrotou Alex Reyes por nocaute no 1R
Anthony Smith derrotou Hector Lombard por nocaute técnico no 3R
Gregor Gillespie finalizou Jason Gonzalez com um katagatame no 2R
Kamaru Usman derrotou Serginho Moraes por nocaute no 1R
Justin Ledet derrotou Azunna Anyanwu por decisão dividida dos jurados

Card preliminar
Olivier Aubin-Mercier derrotou Tony Martin por decisão dividida dos jurados
Daniel Spitz derrotou Anthony Hamilton por nocaute no 1R
Uriah Hall derrotou Krzysztof Jotko por nocaute no 2R
Gilbert Durinho derrotou Jason Saggo por nocaute no 2R

Source: Tatame

Vídeo: Assista à vitória de Luke Rockhold sobre David Branch

L. Rockhold (esq) retorna contra D. Branch (dir) (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

L. Rockhold (esq) x Branch (dir) (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Foi sofrido, mas Luke Rockhold espantou a zebra e reencontrou o caminho das vitórias. Na luta principal do UFC Fight Night Pittsburgh, evento realizado na madrugada deste domingo (17), nos Estados Unidos, o ex-campeão dos médios derrotou David Branch por desistência no segundo assalto.

Veja Também

L. Rockhold comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil
Rockhold espanta zebra, vence no UFC Pittsburgh e desafia St. Pierre

Durinho (foto) comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil
Durinho vence e Serginho Moraes é nocauteado no UFC Pittsburgh

Rockhold teve dificuldades no primeiro assalto, quando Branch o pressionou contra as grades e acertou bons socos. Mas no segundo assalto, o número três do ranking levou a disputa para o solo e com vários socos no chão chegou ao triunfo.

Mas se você não assistiu a disputa, assista os melhores momentos no player abaixo (cortesia FOX Sports USA)

Vídeo: Luke Rockhold x David Branch

Round 1

Round 2

Inscreva-se no canal SUPER LUTAS e receba os vídeos assim que eles forem publicados 

Source: Portal da Luta

Rockhold espanta zebra, vence no UFC Pittsburgh e desafia St. Pierre

L. Rockhold comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil

L. Rockhold comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil

Foi mais sofrido que o esperado, mas Luke Rockhold conseguiu a recuperação no octógono. Ex-campeão dos médios e considerado por muitos como o melhor atleta da categoria, o lutador sofreu no primeiro round, mas conseguiu espantar a zebra e derrotar David Branch após uma série de socos no solo. O combate foi a atração principal do UFC Fight Night Pittsburgh, evento realizado na madrugada deste domingo (17), nos Estados Unidos. Após o triunfo, Rockhold se prontificou a enfrentar o canadense Georges St. Pierre, ex-campeão dos meio-médios que retorna a organização, em novembro, contra Michael Bisping pelo título da divisão de médios.

Veja Também

Durinho (foto) comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil
Durinho vence e Serginho Moraes é nocauteado no UFC Pittsburgh

M. Shogun sofre lesão no joeçho e está fora do UFC Japão Foto: Laerte Viana
Mauricio Shogun sente lesão no joelho e está fora do UFC Japão

“St. Pierre saia daqui. Essa luta é minha. Vou estar lá (disputando o cinturão) antes do que vocês esperam. Quis esperar um pouco, não cometer o mesmo erro da minha última luta. Estou pronto para lutar em novembro, se precisar. GSP, não se envergonhe, essa luta é minha”, disparou Luke.

O programa de lutas do UFC Fight Night Pittsburgh ainda trouxe dois brasileiros em ação: no card preliminar, Gilbert Durinho derrotou Jason Saggo por nocaute, enquanto Serginho Moraes foi superado por nigeriano Kamaru Usman

Rockhold sofre, mas vence Branch

Considerado como amplo favorito para a luta, Rockhold sofreu com a pressão iniciou do rival. Branch partiu pra cima logo no primeiro segundo e pressionou Luke contra as grades. Ele não parou de andar para a frente e conectou uma sequência de socos no rosto do ex-campeão, que chegou a balançar. Rockhold precisou agarrar o rival e travar a disputa no clinch para evitar de ser nocauteado.

No segundo assalto, Branch tentou repetir o ímpeto da parcial anterior, mas já não tinha a mesma pressão. Ele encurtou a distância e pressionou Rockhold contra as grades. O ex-campeão, porém, conseguiu inverter a posição, chegar a queda e abrir o caminho para a vitória.

No solo, Luke rapidamente montou e disparou vários golpes por cima. Na tentativa de escapas dos ataques, Branch cedeu as costas. Mas , mesmo assim, Rockhold continuou golpeando na cabeça até que David Branch desistisse da disputa.

RESULTADOS UFC PITTSBURGH

 

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Luke Rockhold derrotou David Branch por desistência (socos) a 4m05s do R2

Peso meio-médio: Mike Perry derrotou Alex Reyes por nocaute 1m19s do R1

Peso médio: Anthony Smith derrotou Hector Lombard por nocaute técnico a 2m33s do R3

Peso leve: Gregor Gillespie finalizou Jason Gonzalez com um triângulo de mão a 2m11s do R2

Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Serginho Moraes por nocaute a 2m48s do R1

Peso pesado: Justin Ledet derrotou Azunna Anyanwu na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Olivier Aubin-Mercier derrotou Tony Martin na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso pesado: Daniel Spitz derrotou Anthony Hamilton por nocaute a 24s do R1

Peso médio: Uriah Hall derrotou Krzysztof Jotko por nocaute a 2m25s do R2

Peso leve: Gilbert Durinho derrotou Jason Saggo por nocaute a 4m55s do R2

Source: Portal da Luta

UFC Pittsburgh: Fatos que entraram param a história

O UFC Pittsburgh pode ter tido apenas dez lutas, mas não faltou qualidade dentro do octógono no último sábado (16). Desde a volta do ex-campeão dos médios Luke Rockhold, após 15 meses afastado, até os diversos nocautes que aconteceram, os fãs de MMA puderam apreciar um card cheio de reviravoltas, ação e movimentação. Relembre os momentos que marcaram o evento.Mais UFC Pittsburgh: Rockhold vence a luta principal | Durinho nocauteia no card preliminar | Bônus da NoiteEle volt … Read the Full Article Here
Source: UFC

Perry, Hall, Gillespie e Gonzales faturam os bônus do UFC Pittsburgh

Os desempenhos impressionantes de Mike Perry, Uriah Hall, Gregor Gillespie e Jason Gonzalez no UFC Pittsburgh renderam aos lutadores o prêmio de “Performance da Noite”. Como recompensa, cada um levará para casa a quantia de US$ 50 mil.Mais UFC Pittsburgh: Rockhold vence a luta principal | Durinho nocauteia no card preliminarPerry nocauteou Alex Reyes de maneira avassaladora na segunda luta mais importante do evento, enquanto Hall se recuperou de um péssimo início no primeiro round para nocautear Krzysztof Jotko. Já Gillespie e Gonzalez fizeram u … Read the Full Article Here
Source: UFC

Mauricio Shogun sente lesão no joelho e está fora do UFC Japão

M. Shogun sofre lesão no joeçho e está fora do UFC Japão Foto: Laerte Viana

M. Shogun sofre lesão no joeçho e está fora do UFC Japão Foto: Laerte Viana

O programa de lutas do UFC Japão, evento que acontece na próxima sexta-feira (22), sofreu uma baixa de última hora. Protagonista da luta principal da noite, o brasileiro Mauricio Shogun sofreu uma lesão joelho e está fora do combate contra Ovince St-Preux. A informação foi divulgada pelo site note-americano “MMA Today News”.

Veja Também

Durinho (foto) comemora vitória no UFC Pittsburgh. Foto: Reprodução / Twitter / UFC_Brasil
Durinho vence e Serginho Moraes é nocauteado no UFC Pittsburgh

Brasileiras irão se enfrentar em setembro (Foto: Reprodução Instagram claudiagadelhaufc)
Claudia Gadelha e Bate-Estaca fazem duelo brasileiro no UFC Japão

A organização do UFC agiu rápido e ainda na madrugada deste domingo (17) anunciou que o veterano japonês Yushin Okami volta a organização para substituir o brasileiro e encarar o haitiano no show.

Okami, de 36 anos, tem um histórico de 36 vitórias e 10 derrotas. O japonês chegou a desfiar Anderson Silva pelo cinturão dos médios. Mas acabou nocauteado pelo Spider na luta principal do UFC Rio, em agosto de 2011. O lutador foi dispensado pelo UFC em 2013 após ser dominado no duelo diante de Ronaldo Jacaré. Desde então somou cinco vitórias e duas derrotas. Ele vem de quatro triunfos em série.

 

Source: Portal da Luta