Shogun pede ‘desculpas’ por deixar UFC Japão e detalha drama com lesão; saiba

Um dos grandes ícones do MMA brasileiro no Ultimate, Maurício Shogun iria protagonizar a luta principal do UFC Japão ao lado de Ovince St-Preux, na próxima sexta-feira (22), mas precisou deixar o card por conta de uma lesão no joelho. Com isso, foi substituído pelo japonês Yushin Okami. Nas redes sociais, o ex-campeão dos meio-pesados fez um comunicado aos fãs e disse que tentou de todas as formas não abandonar a luta. Além de pedir desculpas a todos os envolvidos no combate, afirmou que estava ansioso para voltar a lutar no país que o consagrou, na época em que ainda atuava no extinto PRIDE.

Confira abaixo:

Lutar tem sido a minha vida há mais de 15 anos. É o que eu escolhi pra mim e o que amo fazer. Pra mim é muito difícil ter que sair de uma luta, muito mesmo, e aceitar que isso era a única alternativa viável não foi nada fácil. Infelizmente, ainda no começo desse Camp, machuquei meu joelho. Passei todo meu Camp fazendo tudo que estava ao meu alcance pra poder lutar no dia 23 de Setembro (22 no Brasil), e treinei o tempo todo na base de remédios, proteção no joelho, gelo e fisioterapia. Fui além do limite porque voltar a lutar no Japão é algo que eu sonhava há muito tempo, porque não queria decepcionar os fãs, e porque fui criado assim nas artes marciais pelo meu mestre. Já subi pra lutar lesionado diversas vezes na carreira, e não faltou esforço e tentativa. Mas Infelizmente todo o esforço só acabou por agravar as lesões, e chegou um momento em que a minha equipe e eu tivemos que aceitar que não haviam mais alternativas, e tive que sair da luta. Não foi fácil. Quero pedir desculpas ao meu adversário, já estive na mesma situação inclusive quando nos enfrentamos a primeira vez, e sei que nunca é fácil, e principalmente pedir desculpas ao público, especialmente a todos aqueles que estavam ansiosos aguardando essa luta. Vou cuidar da minha recuperação agora, curar minhas lesões e voltar mais forte. Os desafios são colocados na nossa frente todos os dias, e o que realmente importa é como a gente os enfrenta. Obrigado pelo carinho de todos. Fighting has been my life for more than 15 years. It’s what I have chosen for myself, and what I love to do. For me it’s really hard to have to step out of a fight, really difficult, and to accept that this was the only viable alternative wasn’t easy at all. Unfortunately, still early in this camp, I injured my knee. I spent all Camp doing all within my reach to be able to fight on September 23rd, trained the whole time under medication, protection in my knee, ice and physical therapy. I went beyond my limit because fighting in Japan again is something I have been dreaming about for a long time… (Due to Instagram limitations, please visit my official Facebook page for the full English translation)

Uma publicação compartilhada por Shogun Rua (@shogunoficial) em

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *