Sucesso nos tatames e no YouTube: o lado coach e ‘contador de histórias’ de Mahamed Aly

Por Diogo Santarém

Um dos principais nomes da nova geração de faixas-preta, Mahamed Aly é conhecido por seu jogo explosivo no tatame, mas fora dele, tem na irreverência uma das suas principais características. Há cerca de dois anos, o lutador divide seu tempo entre os treinos e vídeos no YouTube, onde já soma mais de 33 mil inscritos no seu canal. Em entrevista à TATAME, Mahamed falou sobre como surgiu a ideia de criar o canal, seu objetivo e muito mais.

“Meu objetivo é continuar sendo útil. Mesmo morando fora do Brasil, eu sinto que continuo plantando boas sementes por lá e ajudando pessoas a conquistarem seus objetivos. A mudarem de vida, como eu, então é isso que eu busco compartilhar”, garantiu o lutador.

Muito ativo nas redes sociais, Mahamed está sempre em contato com seus fãs e amigos, e foi deles que “surgiu” a ideia para alimentar o canal, com vídeos tirando dúvidas de Jiu-Jitsu e temas relacionados à arte suave, muitas das quais ele mesmo já teve um dia.

“Quando eu comecei a competir, por vir de uma equipe menor e tudo mais, tive que aprender muitas coisas sozinho. Por muitas vezes fui meu próprio coach, tive que aprender na marra, porque estava sempre sozinho, nas competições. Me lembro de pensar: ‘Como deve ser treinar em uma equipe grande e ter pessoas, iguais a mim, treinando e indo junto nas competições?’ Mas apesar dessa curiosidade, nunca mudei para nenhuma outra equipe. Depois, fui para os Estados Unidos, onde conquistei o Mundial nas faixas roxa e marrom. Quando fui campeão mundial na marrom, comecei a receber muitas mensagens de pessoas iguais a mim, que tinham ou dúvidas, e daí veio a ideia de criar o canal”, relembrou.

Sobre o processo de produção dos vídeos, o lutador da Team Lloyd Irvin garante ter trabalho, mas é recompensando com o retorno positivo e as risadas que tem de volta. “É meio trabalhoso porque eu que filmo, edito, posto e respondo aos comentários, mas é muito legal saber que estou tendo um retorno muito positivo das pessoas”, encerrou.

Prova deste retorno é que os vídeos de Mahamed Aly no YouTube já somam mais de 1,5 milhões de visualizações. O último deles, postado em 13/09, conta uma curiosa – e hilária – história que o faixa-preta viveu no Washington DC Open, evento realizado pela IBJJF.

Confira abaixo e se divirta:

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *