Bate-Estaca domina e vence Gadelha no UFC Japão; Saint-Preux apaga Okami

J. Andrade (dir) superou C. Gadelha (esq) Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil

J. Andrade (dir) superou C. Gadelha (esq) Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil

O duelo de brasileiras do peso palha pode ter sido apenas a luta co-principal do UFC Japão desta sexta-feira (22). Porém, Jéssica Andrade e Claudia Gadelha roubaram a cena com um dos maiores combates da história do MMA feminino, que terminou com uma vitória dominante da zebra Bate-Estaca na decisão unânime dos juízes. O main event contou com uma fácil vitória de Ovince Saint-Preux, que apagou Yushin Okami, substituto de última hora para Mauricio Shogun (machucado), com um estrangulamento Von Flue.

Veja Também

J. Formiga (foto) venceu no UFC Japão (Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil)
Formiga finaliza e Frankenstein é nocauteado no UFC Japão

Tate condenou o técnico de Ronda (Foto: Reprodução/Facebook MieshaTate)
Miesha Tate detona possível luta entre Ronda e Cyborg: ‘Seria ridículo’

Anderson enfrentará Gastelum dia 25 de novembro (Foto:Divulgação/UFC)
Ultimate divulga pôster oficial do UFC China, com Anderson x Gastelum

Antes disso, o lendário ex-campeão peso leve do Pride, Takanori Gomi, ainda perdeu a quinta luta seguida, sendo nocauteado em menos de dois minutos pelo “Maestro” Dong Hyun Kim. Antes, dois brasileiros entraram em ação, com vitória de Jussir Formiga por finalização e derrota de Henrique Frankenstein por nocaute.

Após a vitória sobre Claudinha, que deve colocá-la como número um do ranking peso palha, Bate-Estaca evitou desafiar a campeã Joanna Jedrzejczyk, dizendo que prometeu a si mesma que iria melhorar luta a luta.

“Depois da minha derrota para a Joanna, eu prometi a mim mesma que, sempre que voltasse para o octógono, estaria melhor, mais focada, em busca de novas vitórias. Foi isso que aconteceu hoje”, declarou Jéssica.

A LUTA

Andrade e Gadelha, ambas em busca de uma nova chance pelo título palha, atualmente em posse de Joanna Jedrzejczyk, começaram a luta trocando bombas. Mais técnica, Claudinha aceitou o jogo da adversária e começou conectando os melhores socos, deixando Bate-Estaca perdida. Aos poucos, porém, a lutadora da PRVT foi encontrando seu jogo e se sentindo mais confortável com a distância imposta pela adversária. Então, ela passou a ser a agressora, colocando Gadelha contra a grade e conseguindo uma boa queda no fim. Após duro ground and pound, Andrade equilibrou o round inicial, mesmo com um profundo corte na testa.

No segundo assalto, porém, ela voltou ainda mais agressiva e, já tendo a distância de Claudinha, começou a punir a ex-lutadora da Nova União. Usando a mão mais pesada e encurtando a distância com maestria, Jéssica dominou todo o segundo assalto e conseguiu um 10-8 em duas das três papeletas dos juízes laterais. Gadelha só foi efetiva no fim, buscando uma guilhotina, que não chegou a estar totalmente encaixada.

O terceiro round foi mais uma cópia do segundo, com um domínio maior de Jéssica no chão. Ao plantar Claudia no tablado, Bate-Estaca desenvolveu todo seu jogo de ground and pound, mantendo o ritmo e conseguindo soltar golpes duros na barriga e no rosto da adversária, que se limitou a tentar minimizar os danos e repor a guarda. Mesmo assim, Jéssica conseguiu boa passagem de guarda e fez ainda mais danos na posição de 100 kg. No fim, Claudinha levantou, mas foi vítima de mais uma queda arrebatadora, que deu um ponto de exclamação na maior vitória da carreira de Bate-Estaca.

Resultados UFC Japão

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Ovince Saint-Preux venceu Yushin Okami por finalização a 1m50s do R1 (Von Flue)

Peso palha: Cláudia Gadelha venceu Jéssica Bate-Estaca por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-27)

Peso leve: Dong Hyun Kim venceu Takanori Gomi por nocaute técnico a 1m30s do R1

Peso meio-pesado: Gokhan Saki venceu Henrique Frankenstein por nocaute aos 4m45s do R1

Peso pena: Teruto Ishihara venceu Rolando Dy por decisão unânime (28-27, 28-27, 29-27)

Peso mosca: Jussier Formiga venceu Ulka Sasaki por finalização (mata-leão) aos 4m30s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio: Keita Nakamura venceu Alex Morono por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Syuri Kondo venceu Chan Mi Jeon por decisão dividida (30-27, 28-29, 30-27)

Peso meio-médio: Shinsho Anzai venceu Luke Jumeau por decisão unânime (2x 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Daichi Abe venceu Hyun Gyu Lim por decisão unânime (3x 29-28)

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *