Membros da USADA são presos ao tentarem testar Cris Cyborg

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

O fim de semana foi marcado por confusão envolvendo a USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) e Cris Cyborg. Durante uma tentativa de testar a brasileira, os coletores da agência foram presos, na Tailândia. Segundo o líder da equipe onde a lutadora está treinando, Boyd Clarke, o motivo seriam irregularidades nos documentos dos profissionais, falsos testemunhos e tentativa de suborno.

A polêmica começou quando o jornalista Iain Kidd, do site “Bloody Elbow”, informou nas suas redes sociais que alguém chamou a polícia para tentar impedir que os funcionários da agência coletassem amostras antidoping de Cyborg. Logo depois, a campeã peso-pena do UFC também usou as redes para garantir que não tem nada a ver com o chamado da polícia:

“Eu dei minha amostra sem hesitação. Não falhei em passar minha localização nos últimos 12 meses e queria manter isso apesar do incidente.” Em outro post, a brasileira afirmou que os coletores não era tailandeses e que havia diferenças na forma de realizar o exame, saindo do procedimento normal. Por fim, Cris alegou que o hotel que chamou a polícia.

Após a enorme polêmica, Boyd Clarke foi ao fórum especializado em MMA “The Underground” para explicar o acontecimento, em um longo comunicado, e alegou que os funcionários do hotel que a brasileira está hospedada suspeitaram de um casal que não se identificava e agiam de forma estranha. Ainda de acordo com o líder, o problema é que, na Tailândia, apenas policiais podem exigir amostrar para exames antidoping.

“Incapazes de encontrar Cyborg por telefone, meu estafe ligou para a polícia local para perguntar por que eles enviaram pessoas à sua residência. A polícia afirmou não ter conhecimento de nenhum oficial que foi ao hotel, e enviaram uma patrulha para investigar”,
Depois de descobrirem que as pessoas que abordavam Cyborg não tinham visto de trabalho válido na Tailândia, a dupla teria oferecido propina aos policiais, mas acabaram presos. O treinador garantiu que a brasileira colaborou com os coletores, sem saber que existiam irregularidades até a chegada da polícia. A USADA ainda não se pronunciou sobre o caso.

The post Membros da USADA são presos ao tentarem testar Cris Cyborg appeared first on MMA Space.

Source: Space

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *