Lee provoca McGregor: ‘Precisa provar que pode lutar comigo’

K. Lee disputa título interino no UFC 216 (Foto: Reprodução Twitter ufc)

K. Lee disputa título interino no UFC 216 (Foto: Reprodução Twitter ufc)

O norte-americano Kevin Lee chega ao UFC 216 deste sábado (7) com a chance de se tornar campeão interino peso leve quando enfrentar Tony Ferguson na luta principal do evento. Para o desafiante, porém, o título provisório em jogo na verdade é o linear. Lee explica seu raciocínio ao dizer que o atual campeão, Conor McGregor, não está em boa fase e “perdeu três das últimas quatro lutas”.

Veja Também

McGregor deve voltar ao UFC em breve (Foto: Reprodução Twitter ufcbrasil)
McGregor garante retorno ao UFC: ‘Boa hora de calar a boca das pessoas’

Poster destaca confronto entre Bisping e GSP (Foto: Reprodução/Divulgação UFC)
Ultimate divulga pôster do UFC 217, com três disputas de cinturão

Cowboy luta em dezembro (Foto: Super Lutas/Laerte Viana)
Alex Cowboy enfrenta Yancy Medeiros no UFC 218

Para Lee, o irlandês perdeu a revanche contra Nate Diaz, pelo UFC 202, além das derrotas para o rival na primeira luta e diante de Floyd Mayweather no boxe. O “Motown Phenom” explicou a jornalistas norte-americanos em coletiva de lançamento do UFC 216 que McGregor precisa provar que quer voltar a lutar no MMA antes de ser considerado como “desafiante”.

“Eu acho que a luta com Ferguson é pelo título linear, de verdade. As pessoas falam de Conor McGregor ser o campeão mas, para mim, ele precisa provar que está pronto para lutar. Na minha concepção, esse cara perdeu três das últimas quatro lutas. Não acho nem que ele venceu Nate Diaz pela segunda vez. Gosto de um grande desafio e ele precisa me mostrar mais. Ele é pequeno, também. É um peso pena. Ele estava perdendo no wrestling para um boxeador de 40 anos. Mayweather estava ganhando dele no clinch. Acho mesmo que ele precisa mostrar mais”, disse Lee, que ainda deixou no ar a possibilidade de lutar ou não com McGregor.

“Talvez. Depois dessa luta, talvez eu o deixe lutar comigo, lhe dar uma chance pelo título. Talvez, não sei. Vamos ver como ele vai reagir. De repente, ele deveria lutar contra Nate de novo e provar que pode lutar comigo”, encerrou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *