McGregor elogia Holloway e se diz aberto a revanche no peso leve

McGregor falou sobre ex-rival (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)

McGregor falou sobre ex-rival (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)

Em uma de suas primeiras lutas no UFC, Conor McGregor enfrentou e venceu Max Holloway em 2014. Desde então, o havaiano não perdeu mais, conseguindo 10 vitórias seguidas, incluindo um triunfo sobre José Aldo, que lhe garantiu o título linear dos penas. A sequência de “Blessed” impressionou o irlandês e McGregor declarou estar aberto a uma revanche entre os dois no peso leve, em entrevista com fãs em Glasgow.

Veja Também

Duelo vai acontecer dia 2 de dezembro, em Detroit (EUA) (Foto: Reprodução/Divulgação UFC)
Holloway coloca o cinturão em jogo contra Frankie Edgar no UFC 218

Tanquinho não lutará mais no dia 28 de outubro (Foto: Reprodução/Facebook AugustoTanquinho)
Tanquinho sofre lesão na tíbia e é retirado do card do UFC São Paulo

Sheymon vai estrar no UFC em novembro (Foto: Reprodução/Facebook SheymonMoraes)
Sheymon Moraes assina com o UFC e estreia na China, em novembro

Conor disse que gostou da forma como Holloway digeriu o revés, manteve-se focado e seguiu em frente, se reinventando e conquistando importantes triunfos. McGregor também elogiou outras vítimas, como Eddie Alvarez e Dustin Poirier, ambos derrotados por nocaute.

“Eu fiz daquele garoto (Holloway) meu filho. Mas não estou bravo com ele. Ele conseguiu um grande feito. Subiu os degraus e conquistou o título peso pena. Você vê as lutas, assim como o público, e o vê indo lá e fazendo ótimas lutas, perdendo ou ganhando, e percebe como eles agem com isso e seguem em frente. Ele perdeu para mim, mas se manteve focado. O mesmo aconteceu com Poirier, outro cara que manteve a mente alerta e seguiu em frente. Alvarez também engoliu bem a derrota. Você perde e ganha nesse jogo. Volte à bicicleta, estude o jogo, trabalhe mais e corrija seus erros. Siga em frente”, declarou Conor, falando também sobre uma possível revanche com Holloway.

“Eu vi Holloway seguir em frente. Chegou lá e venceu Aldo. Eu venci os dois então essa é difícil para mim (…) Se ele quiser subir para o peso leve, podemos tratar disso. É uma opção nova, mas está abaixo de outras”, disse.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *