Título interino coloca Ferguson entre maiores nomes da história do TUF

 T. Ferguson venceu o TUF 13 e, agora, o título interino (Reprodução Instagram ufc_brasil)

T. Ferguson venceu o TUF 13 e, agora, o título interino (Reprodução Instagram ufc_brasil)

A vitória sobre Kevin Lee, na luta principal do UFC 216, colocou Tony Ferguson como primeiro campeão interino da história do peso leve no Ultimate. Ainda que ele tenha que unificar seu cinturão contra o superastro Conor McGregor, o nome de “El Cucuy” já entrou para a história do UFC e do The Ultimate Fighter, reality show que o revelou em 2011.

Veja Também

Ferguson quer enfrentar McGregor na sequência (Foto:Reprodução/Youtube UFC)
Após conquistar cinturão, Ferguson ataca McGregor: ‘É um filho da p***’

Ferguson é o campeão interino do peso leve (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)
Hangout SUPER LUTAS debate o histórico UFC 216

Na ocasião, Ferguson foi um dos 16 meio-médios escolhidos para fazer parte do TUF 13, que teria os pesados Brock Lesnar e Júnior Cigano como treinadores. O norte-americano ficou na equipe de Lesnar e não encontrou dificuldades para ganhar a temporada. Na final, nocaute no primeiro round sobre Ramsey Nijem, do time do brasileiro, e imediata descida para o peso leve.

Após um período de adaptação à nova categoria, Ferguson engatou sequência de 10 vitórias, passando por nomes como Abel Trujillo e os brasileiros Edson Barboza e Rafael Dos Anjos, ex-campeão linear dos leves. No último sábado, Ferguson se juntou a Matt Serra, Forrest Griffin, Rashad Evans, TJ Dillashaw, Michael Bisping e Carla Esparza como ex-TUFs campeões do mundo, mesmo que de forma provisória. Em breve, tudo indica que Ferguson terá a oportunidade de tirar o asterisco do seu título já que Dana White prometeu colocá-lo contra McGregor em seu próximo combate.

Enquanto isso, veja uma lista dos maiores nomes da história do reality show, que inclui vencedores como Bisping, Evans, Diego Sanchez e Nate Diaz e outros atletas que não venceram suas temporadas, mas brilharam depois, como Dillashaw e Rose Namajunas:

;
(function($) {
$(document).ready(function() {
//$(“head”).append(“”);
$(“head”).append(“”)
.append(“”)
.append(“”)
.append(“.vox-gallery {border:1;}a.vox-view-full:before, a.vox-view-full-selected:before, a.vox-view-thumbs:before, a.vox-view-slideshow:before, a.vox-view-share:before {color:#ffffff !important;}a.vox-view-full:hover:before, a.vox-view-full-selected:hover:before, a.vox-view-thumbs:hover:before, a.vox-view-slideshow:hover:before, a.vox-view-share:hover:before {opacity: 0.6 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a {color:#ffffff !important;opacity:0.8 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a:hover, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a:hover {opacity:0.4 !important;}.vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-next:before, .vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-prev:before {color:#ffffff;background:#;}.vox-header .vox-title, .vox-header .vox-view-paging, .vox-caption .vox-caption-text {font-family:Open Sans !important;}”);
});//ready
})(jQuery);
;var $embedCode; var $galleryHeight = 460;
var $Vox;
(function($) {
$(document).ready(function() {;
//init plugin
$Vox = $(“#vox-gallery-72365”);
$Vox.VoxGalleryMain({
mode: “normalview”,
thumbOn: true,
thumbPosition: “bottom”,
shareOn: true,
responsive: true,
imgMaxWidth: 740,
imgMaxHeight: 460,
intervalDelay: 5000,
autoplay: false,
carouselOpt: {
easing: “easeOutExpo”,
imageW: 65,
imageH: 65,
margin: 7,
border: 1,
borderRadius: 5
},
siteUrlEmbed: “http://www.superlutas.com.br?vox_id=72365”,
siteExternal: false,
permalink: “http://www.superlutas.com.br/noticias/72369/titulo-interino-coloca-ferguson-entre-maiores-nomes-da-historia-do-tuf/”
}).init();
});//ready
})(jQuery);

(function($) {
$(window).load(function() {
if ($embedCode) {
setTimeout( function(){
$totalHeight = $galleryHeight – $(“.vox-header”).height() – $(“.vox-thumbs”).height() – 4; //(4 = borders values)
//alert( $totalHeight );
$Vox.find(“.vox-image”).css({ height: $totalHeight });
$Vox.VoxGalleryMain.imgMaxHeightNew( $totalHeight );
}, 500 );
}
});//laod
})(jQuery);

 

 

Source: Portal da Luta

Espectador sai da arquibancada para substituir lutador, vence no primeiro round e conquista cinturão; confira

O que aconteceu na 18ª edição do Juiz de Fora Fight, no último sábado (7), em Minas Gerais, foi digno de enredo de filme dramático de Hollywood. Um espectador que nunca tinha lutado MMA saiu da arquibancada direto para o cage para substituir um dos lutadores da luta principal do evento, venceu por finalização no primeiro round, conquistou o cinturão e aproveitou o momento de glória para pedir a namorada em casamento. O nome dele é Luís Felipe Alvim, agora campeão dos meio-médios do JF Fight de forma incrível.

O enredo de um herói improvável

A história começou a se desenhar no dia anterior ao evento, quando Carlos Eduardo Blade estourou 400 gramas na pesagem oficial. Seu adversário, Claudinei Kall, ficou irritado com o fato, mas, a princípio, aceitou a luta. Entretanto, no dia seguinte, já na hora do evento, Kall informou à organização que não lutaria, colocando em xeque o combate principal da noite, que era guardado por 1500 pessoas, lotação máxima do Gran Victory Hotel.

Luís Felipe Alvim, de 22 anos, pagou o ingresso para assistir às lutas, e já dentro do evento, a uma hora do último combate, soube do acontecido. Grau preto de Muay Thai do lutador do UFC Felipe Silva e faixa-azul de Jiu-Jitsu, ele se prontificou a enfrentar Carlos Eduardo Blade, visivelmente mais pesado e até então dono de um cartel com cinco vitórias e uma derrota. Presidente da organização, Vagner Araújo aceitou a sugestão, assim como Blade, e os lutadores subiram ao cage para dar início à ação na luta principal do evento.

Na sua primeira caminhada em direção a um palco de MMA, Luís Felipe Alvim foi ovacionado pelo público presente como se fosse uma grande estrela, reconhecimento pela coragem de ter aceitado o desafio. A luta começou com os atletas duelando na trocação, com ligeira vantagem para Alvim. Enxergando o perigo, Carlos Eduardo Blade levou a luta para o solo e não poupou energia no ground and pound. Apresentando uma frieza incomum, Alvim, primeiro, encaixou um armlock da guarda, que foi defendido por Blade. Em seguida, aplicou um triângulo daqueles de manual, inapelável, obrigando o oponente a dar os três tapinhas. Como não poderia ser diferente, o público ficou ensandecido e alguns fãs até invadiram o cage para carregá-lo. De posse do cinturão e do microfone, Luís Felipe Alvim ainda teve fôlego para pedir a namorada em casamento, pedido que foi aceito.

Além da vitória, Felipe também ganhou o sim da sua agora noiva e vai se casar (Foto Leonardo Fabri)

O relato do herói improvável do Juiz de Fora Fight 18

“Eu vim, paguei o ingresso normal, eu e minha namorada, gastamos 80 reais porque um amigo fez mais barato, cheguei aqui, ninguém esperava isso, nem eu mesmo, apareceu a luta, e eu falei que lutaria. Isso faltando uma hora para a luta. Fui para lutar em pé, graças a Deus meu chão está muito treinado, pois estou treinando muito Jiu-Jitsu. Apesar de ser oriundo do Muay Thai, deu tudo certo no chão. Tomei uns dois ‘flashs’ ali no ground and pound, mas no final achei o triângulo”, explicou o lutador, que ainda continuou.

“Para mim eu estava em casa dormindo, não parecia que eu estava aqui, parecia um sonho. Mais cedo eu mostrei um vídeo para a minha noiva, do filme ‘Tróia’, no qual um garoto fala para o Aquiles que nunca lutaria contra um gigante como o Aquiles lutaria, e o Aquiles disse que, por conta disso, o nome desse garoto nunca será lembrado. Fiquei com isso na cabeça, parecia um presságio de tudo que estava por vir”, afirmou o jovem.

RESULTADOS COMPLETOS:

JF Fight 18
Gran Victory Hotel, em Juiz de Fora (MG)
Sábado, 7 de outubro de 2017

Luís Felipe Alvim finalizou Carlos Eduardo Blade com um triângulo no 1R
Paulo Victor derrotou Éder Bambu por decisão unânime dos jurados
Glyan Alves derrotou Mauro Leopoldo por decisão unânime dos jurados
Rodrigo Zé Colmeia finalizou Everton Zé Colmeia com uma kimura no 1R
Tatiane Brutus finalizou Fernanda Caetano com um armlock no R1
Alex Rodrigues finalizou Jorge Luís com um armlock no 2R
Daniel Miojo derrotou Felipe Preto por nocaute técnico no 1R
Júlio César Chaves derrotou Rafael Encrenca por decisão unânime dos jurados
Rafael Santos derrotou Jhony Winchester por decisão unânime dos jurados

O conteúdo Espectador sai da arquibancada para substituir lutador, vence no primeiro round e conquista cinturão; confira aparece primeiro em TATAME.

Source: Tatame

Após derrota no UFC 216, Kevin Lee indica que subirá de divisão

K. Lee (esq) teve problemas com peso (Foto: Reprodução Facebook UFC)

K. Lee (esq) teve problemas com peso (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Durante a última semana, Kevin Lee admitiu que precisava perder quase 10 kg. para enfrentar Tony Ferguson na luta principal do UFC 216 do último sábado (7). Após muito sacrifício, o norte-americano bateu o limite dos leves, mas sofreu com o ritmo do adversário e acabou derrotado por finalização no terceiro assalto. Após o duelo, Lee se recusou a culpar o corte de peso difícil pela derrota, mas indicou que deve subir para os meio-médios.

Veja Também

Ferguson é o campeão interino do peso leve (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)
UFC 216: Em luta movimentada, Ferguson finaliza Lee e conquista o cinturão interino dos leves

Ferguson finalizou Lee no terceiro round (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)
Vídeo: Melhores momentos da vitória de Tony Ferguson sobre Kevin Lee no UFC 216

K. Nurmagomedov parabenizou rival (Foto: Reprodução Facebook UFC)
Khabib elogia Ferguson e pede luta com rival pra dezembro

Na coletiva pós-luta, o “Motown Phenom” declarou que bateria o peso, mesmo que tivesse de “cortar um pé fora”, pois não queria desapontar os fãs e o Ultimate.

“Não vou deixar que essa derrota interrompa o que eu quero. Eu vou ser campeão do mundo. Tenho apenas 25 anos. O corte de peso foi muito duro, mas eu não ia desapontar o UFC e os fãs. Eu iria bater o peso nem que precisasse cortar um pé fora. Eu tenho um trabalho a fazer. Sou profissional e vou aparecer não importa o quanto dói (…) Agora estou com 84 kg. e me sinto um pouco grande demais para essa categoria. Acho que é a hora de subir de divisão”, declarou o norte-americano, dando todos os elogios possíveis ao rival.

“Ele é o campeão de direito. Eu tentei fazer uma luta mais “suja”. Eu queria que ele soubesse que aquela seria uma luta no fim do primeiro round. Você tem que acabar com esse cara. Ele não desiste. Ele continuou vindo para cima e pressionando. E ele fez o que um campeão deve fazer. Desejo o melhor a Ferguson. Hoje, ele é o melhor do mundo”, garantiu.

Source: Portal da Luta

Khabib elogia Ferguson e pede luta com rival pra dezembro

K. Nurmagomedov parabenizou rival (Foto: Reprodução Facebook UFC)

K. Nurmagomedov parabenizou rival (Foto: Reprodução Facebook UFC)

O UFC 216 do último sábado (7) finalmente assistiu à coroação de Tony Ferguson como campeão interino dos leves. O norte-americano deveria ter enfrentado Khabib Nurmagomedov, no UFC 209, valendo o mesmo cinturão. Porém, na véspera da luta, o russo passou mal e foi retirado do evento de março. Mostrando espírito esportivo, Khabib fez questão de parabenizar Ferguson.

Veja Também

Dana indicou que McGregor enfrentará Ferguson em breve (Foto:Reprodução/Youtube UFC)
Dana indica que fará McGregor x Ferguson: ‘É a luta a ser casada’

Ferguson é o campeão interino do peso leve (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)
Hangout SUPER LUTAS debate o histórico UFC 216

Ferguson quer enfrentar McGregor na sequência (Foto:Reprodução/Youtube UFC)
Após conquistar cinturão, Ferguson ataca McGregor: ‘É um filho da p***’

Usando as redes sociais, “Eagle” elogiou o rival, dizendo que “El Cucuy” merecia o título conquistado em cima de Kevin Lee, mas deixou no ar a ideia de enfrentá-lo em dezembro deste ano, provavelmente no UFC 219, evento que fecha o calendário do Ultimate em 2017, no dia 30 de dezembro.

“Grande performance, Tony Ferguson. Meus parabéns, você merece esse cinturão. #Dezembro”, declarou Nurmagomedov, usando a hashtag para deixar claro que pretende lutar com o norte-americano neste mês.

Apesar de uma ocorrência rara, não seria a primeira vez que um campeão interino defenderia seu cinturão no UFC. O peso galo Renan Barão, sagrou-se dono do título da categoria de forma provisória no UFC 149 e o defendeu duas vezes, contra Michael McDonald e Eddie Wineland. Rodrigo Minotauro venceu o título interino dos pesados diante de Tim Sylvia e o perdeu contra Frank Mir, em 2008.

Source: Portal da Luta

Absolute Championship Berkut divulga card completo de sua edição no Brasil

ACB 73

De olho em expandir suas ações ao redor do mundo, o ACB (Absolute Championship Berkut), terceiro maior evento de MMA do planeta, escolheu o Brasil para iniciar suas atividades na América do Sul. Criado em 2012, o evento russo já passou por países como França, Escócia, Inglaterra e Canadá. Para a primeira edição em território brasileiro, os organizadores da competição montaram um card para lá de especial. Daniel Sarafian, Carlos Eduardo Cachorrão e Leandro Buscapé são alguns dos nomes que irão ao cage no próximo dia 21 de outubro no Centro de Eventos Miécimo da Silva, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A luta principal do torneio ficará a cargo do paulista Daniel Sarafian e do cearense Carlos Eduardo Cachorrão. Donos de vasta experiência internacional – Sarafian tem passagem pelo UFC e Cachorrão já testou suas habilidades no Bellator -, eles possuem todas as ferramentas para realizar um duelo inesquecível. A luta será válida pelos pesos meio-pesados (93kg).

Outro ex-atleta do UFC a pintar na competição é Leandro Buscapé. Representante da American Top Team, o brasileiro terá uma pedreira pela frente na 73ª edição do ACB. Com um cartel de 20 vitórias e seis derrotas, o peso-leve (70kg) brasileiro enfrenta o russo Islam Makoev, que venceu quatro das suas cinco últimas lutas. Essa será a terceira luta de Buscapé na organização europeia.

Maior evento europeu de Mixed Martial Arts, o ACB não poupou esforços para sua estreia no Rio de Janeiro e montou um card repleto de grandes nomes. Wendell Negão, José Maria “No Chance”, Roberto Facada e Adriano Captulino são alguns dos nomes que prometem agitar o público no Miécimo da Silva, no fim de outubro. Os interessados em assistir, ao vivo, a este histórico evento podem adquirir seus ingressos nas Unidades Team Nogueira de Santa Cruz, Campo Grande e Recreio ou por meio do site www.appticket.com.br/acb73.

Absolute Championship Berkut 73

21 de outubro de 2017

Centro de Evento Miécimo da Silva – Campo Grande (RJ)

Card completo (sujeito a alterações)

Main Event Daniel Sarafian (Brasil) x Carlos Eduardo Cachorrão (Brasil) – 93kg

Co-Main  Event Leandro Buscapé (Brasil) x Islam Makoev (Rússia) – 70kg

Roberto Facada (Brasil) x Adriano Captulino (Brasil) – 77kg

Wendell Negão (Brasil) x João Carvalho (Brasil) – 77kg

Josiel Açougueiro (Brasil) x Kurban Gadzhiev (Rússia) – 57kg

Saikhan Dzhabrailov (Rússia) x Ary Farias (Brasil) – 66kg

José Maria “No Chance” (Brasil) x Daniel Willycat – 57kg

Dede (Brasil) x Renato Valente (Brasil) – 77kg

Alan Gomes (Brasil) x Shamil Akhmaev (Brasil) – 57kg

Antonio Carlos “Buiu” (Brasil) Fabiano Soldado (Brasil) – 57kg

Umar Gaisumov (Rússia) x Gregory Rodrigues (Brasil) – 84kg

Geraldo De Freitas (Brasil) x Taigro “Urso Branco” (Brasil) – 61kg

Herbert Batista (Brasil) x Viskham Magomadov (Rússia) – 70kg

The post Absolute Championship Berkut divulga card completo de sua edição no Brasil appeared first on MMA Space.

Source: Space

Em noite inesquecível, Fatality Arena 10 coroa Pedro Esfirrão e Rafael Macapá; Ruas é homenageado

Prestigiado por um grande público, no Country Club de Niterói, no Rio de Janeiro, o Fatality Arena 10 foi realizado na noite do último sábado (7). Com lutas empolgantes, o torneio comprovou o motivo de ser considerado um dos maiores eventos de MMA do Brasil. A repercussão, junto ao público e a qualidade dos combates, empolgaram a lenda do MMA Marco Ruas. O ex-lutador foi homenageado pelo organizador do evento Diogo Tavares, com um troféu pelo serviço prestado ao esporte.

No combate mais aguardado da noite, Rafael Macapá não tomou conhecimento de Matheus Malta e dominou os três round do combate. Grande parte das ações do atleta da Nova União foram desenvolvidas no chão. Com o triunfo, Macapá conquistou o cinturão interino dos galos da organização.

Já no co-main event, o maior destaque ficou por conta da vitória de Pedro Esfirão sobre o experiente Ricardo Maizena. Foi uma verdadeira batalha de três rounds, com muita trocação franca. Ao fim do combate, a decisão do árbitros foi para Pedro Esfirão, por decisão dividida. Como prêmio, o lutador levou o cinturão peso-combinado do evento.

Marcos Ruas foi homenageado no evento pelos serviços prestados ao MMA (Fotos: João Baptista)

Feliz com o sucesso da edição, o presidente do Fatality Arena, Diogo Tavares, agradeceu o apoio da população de Niterói, que compareceu em peso a mais uma edição do evento.

“Estou muito feliz por mais esta edição em Niterói, minha cidade. O publico compareceu em massa e so deixou mais bonito nosso show, que este ano comemora dez anos de existência”, encerrou.

CONFIRA OS RESULTADOS:

FATALITY ARENA 10
Sábado, 7 de outubro de 2017
Niterói, Rio de Janeiro

Card principal
Rafael Macapá derrotou Matheus Malta por decisãoo unânime dos jurados
Pedro Farias derrotou Ricardo Maizena por decisão dividida dos jurados
Rodrigueira Garcia derrotou Adriano Mão de Pedra por nocaute técnico no 3R
Wanderson Psicopata derrotou Carlos Henrique por decisão dividida dos jurados
Andressa Romero finalizou Mirella Sollis com um amlock no 1R
Roge Mão de Paralelepipedo finalizou Carlos Betinho katagatameno 1R

O conteúdo Em noite inesquecível, Fatality Arena 10 coroa Pedro Esfirrão e Rafael Macapá; Ruas é homenageado aparece primeiro em TATAME.

Source: Tatame

Ricardo De La Riva entrará para o seleto grupo de faixas-coral em novembro

Um dos mestres mais respeitados da história do jiu-jitsu, Ricardo De La Riva entrará para um seleto grupo da arte suave no próximo mês. Em 19 de novembro, o criador da “Guarda De La Riva” receberá a faixa-coral (vermelha e preta), 7º dan da modalidade. Segundo a Confederação Brasileira de Jiu-jitsu (CBJJ), existem apenas 22 graduados com o 7º grau em todo o mundo. A graduação acontecerá durante o 1° Encontro de Escolas Afiliadas Delariva, que acontece em 18 e 19 de novembro, em Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ).
“Receber a faixa-coral em Copacabana tem um significado muito especial para mim, porque é o local onde treinei, trabalhei e vivi minha vida inteira. Ter a presença dos meus amigos e familiares nesse momento é algo que não tem preço. Essa graduação é muito rara no jiu-jitsu, poucos conseguem atingir, ainda mais se mantendo em atividade, como é no meu caso”, disse Ricardo De La Riva.
O evento reunirá em seu primeiro dia representantes de todas as 70 academias DELARIVA espalhadas pelo planeta (39 no Brasil e 31 no exterior). Já no segundo, que será aberto para todo o público, acontecerá a cerimônia de graduação, um almoço de confraternização e o primeiro seminário ministrado por Ricardo De La Riva graduado com a faixa-coral.
Aqueles que tiverem interesse participar do seminário podem ser inscrever pelo site http://delariva.com.br/. O custo é de R$ 200,00 (seminário+almoço). Para quem quiser participar apenas do almoço de confraternização, o preço será de R$ 120,00. Já a graduação terá entrada gratuita (local sujeito a lotação).
 
SERVIÇO:
 
18 DE NOVEMBRO (Exclusivo para Escolas Afiliadas Oficiais)
Hotel Rio Othon Palace, Salão Bossa Nova – Copacabana (RJ)
9h00 (Credenciamento)
9h30 às 12h00 (Ciclo de Palestras – manhã)
12h00 às 13h00 (Almoço)
13h00 às 15h45 (Ciclo de Palestras – tarde)
15h45 às 16h15 (Lanche)
16h15 às 18h00 (Encerramento do Ciclo de Palestras)
 
19 DE NOVEMBRO (Aberto ao público)
Hotel Rio Othon Palace, Salão Copacabana – Copacabana (RJ)
10h00 (Cerimônia de graduação faixa-coral do mestre de la Riva)
12h00 às 14h00 (Almoço de confraternização)
14h30 às 16h30 (1º Seminário do Mestre de la Riva – Faixa-Coral)

The post Ricardo De La Riva entrará para o seleto grupo de faixas-coral em novembro appeared first on MMA Space.

Source: Space

Vídeo: Campeão do TUF Brasil agride mulher em festa

(Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Na madrugada de domingo (08), o lutador do UFC Rony Jason foi filmado agredindo uma mulher durante um evento em Quixadá, no Ceará. O campeão do TUF Brasil 1 aparece nas imagens muito nervoso e batendo na vítima que se encontra caída no chão. O atleta foi contido por outros homens não identificados.

Segundo o site “Diário do Nordeste”, a mulher seria a irmã de Rony Jason , mas ainda não se sabe o motivo da briga.

O atleta vive vida conturbada dentro do octógono também. Desde que venceu o The Ultimate Fighter Brasil, em 2012, o peso-pena acumulou três vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado, por ter sido flagrado em exame antidoping. Rony Jason não vence desde março de 2014.

O Ultimate ainda não se pronunciou sobre o caso, mas, em seu histórico, não costuma tomar medidas cautelosas quanto a isso. Em 2016, o brasileiro Diego Brandão foi demitido do UFC por ter agredido um homem com uma arma nos Estados Unidos e, em abril deste ano, o norte-americano Michael Graves foi acusado de violência doméstica e também foi dispensado.

Veja o momento da agressão:

 

//platform.twitter.com/widgets.js

The post Vídeo: Campeão do TUF Brasil agride mulher em festa appeared first on MMA Space.

Source: Space

Hangout SUPER LUTAS debate o histórico UFC 216

T. Ferguson fez história no UFC 216 (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

T. Ferguson fez história no UFC 216 (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Apesar de pouca promoção do Ultimate, o UFC 216 do último sábado (7) fez história para a organização com duas lutas de título e muita emoção para os brasileiros. Na luta principal, Tony Ferguson se tornou o primeiro campeão interino do peso leve do UFC e deve enfrentar Conor McGregor em seu próximo combate. Logo antes da vitória de “El Cucuy” sobre Kevin Lee, Demetrious Johnson superou Ray Borg, fez sua 11ª defesa do cinturão peso mosca e ultrapassou Anderson Silva na lista de campeões mais dominantes do evento.

Veja Também

Ferguson é o campeão interino do peso leve (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)
UFC 216: Em luta movimentada, Ferguson finaliza Lee e conquista o cinturão interino dos leves

Johnson defendeu o cinturão pela 11ª seguida (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
UFC 216: Johnson finaliza Borg, mantém o cinturão pela 11ª vez e quebra recorde de Anderson Silva

Werdum finalizou Harris no primeiro round (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
UFC 216: Com atuação impecável, Werdum finaliza Harris e pede luta pelo cinturão

O Brasil foi representado em quatro lutas e saiu do octógono com duas vitórias e duas derrotas. Fabricio Werdum enfrentaria Derrick Lewis, mas o “Black Beast” sofreu uma lesão nas costas no dia da luta e foi substituído por Walt Harris – “Vai Cavalo” demorou apenas 65 segundos para finalizar o norte-americano e voltou a pedir uma revanche com Stipe Miocic.

Poliana Botelho, por sua vez, teve uma estreia vitoriosa no UFC, vencendo Pearl González na decisão após dois anos sem lutar. O peso médio Thales Leites e a peso mosca Kalindra Faria, porém, acabaram sucumbindo a Brad Tavares e Mara Romero Borella, respectivamente.

Esses e outros assuntos relacionados ao UFC 216 serão debatidos no Hangout SUPER LUTAS. A partir das 20h (horário de Brasília), a equipe do site se reunirá para analisar as principais lutas do show e seus possíveis desdobramentos. Não perca!

Assista: 

Source: Portal da Luta

Vindo de derrota, Iuri Marajó encara Perez no UFC Fresno, em dezembro

Marajó vai lutar em dezembro (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Marajó vai lutar em dezembro (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

O Brasil ganhou mais um representante no card do UFC Fresno, que acontecerá dia 9 de dezembro, nos Estados Unidos. Trata-se do paraense galo Iuri Marajó, que enfrenta o mexicano Alejandro Perez, em duelo válido pela categoria dos galos (até 61kg). A informação foi dada em primeira mão pelo site do canal ‘Combate’.

Veja Também

Neto vai lutar dia 9 de dezembro, em Fresno (EUA) (Foto:Reprodução/Facebook BragaNeto)
Sem lutar há três anos, Braga Neto retorna no UFC Fresno, em dezembro

Duelo acontecerá dia 9 de dezembro (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem: SL)
Cub Swanson enfrenta Brian Ortega na luta principal do UFC Fresno

davi-ramos-reproducao-facebook-daviramos
Luta de Davi Ramos é retirada do UFC São Paulo e reagendada para Fresno

No Ultimate desde 2011, Marajó, que já atuou como peso pena, realizou 15 lutas na organização, somando nove vitórias, cinco derrotas e uma luta sem resultado. Ele vem de revés por finalização diante de Brian Kelleher no UFC 212, em junho deste ano, tendo quebrada uma sequência de dois bons resultados contra Brad Pickett e Luka Sanders, ambos por finalização.

Participante do TUF Latino América 1, Perez tem seis lutas na organização, com quatro triunfos, uma derrota e um empate. Sua última atuação foi em agosto deste ano, quando bateu Andre Soukhamthath por decisão dividida no UFC México.

Além de Marajó, o card do UFC Fresno, que será liderado pelo combate peso pena entre Cub Swanson e Brian Ortega, tem mais dois brasileiros confirmados. O peso médio Antônio Braga Neto, afastado do MMA há mais de quatro anos, retorna contra Trevin Giles, enquanto Davi Ramos faz duelo peso leve contra Chris Gruetzemacher.

CARD DO UFC FRESNO (até o momento):

Peso pena: Cub Swanson x Brian Ortega

Peso médio: Eryk Anders x John Phillips

Peso leve: Scott Holtzman x Darrell Horcher

Peso mosca: Alexis Davis x Liz Carmouche

Peso médio: Trevin Giles x Antônio Braga Neto

Peso mosca: Carls John de Tomas x Alex Perez

Peso leve: Davi Ramos x Chris Gruetzemacher

Peso galo: Iuri Majaró x Alejandro Perez

Source: Portal da Luta