Mousasi rebate críticas pela estreia no Bellator: ‘Podem me c…’

G. Mousasi venceu estreia na nova casa (Foto: Reprodução Twitter BellatorMMA)

G. Mousasi venceu estreia na nova casa (Foto: Reprodução Twitter BellatorMMA)

Alguns meses após trocar o UFC pelo Bellator, Gegard Mousasi finalmente fez sua estreia na nova casa, arrancando uma decisão unânime do ex-campeão peso médio da organização Alexander Shlemenko. Apesar da vitória, o armênio foi criticado pela sua performance, com alguns fãs e especialistas, inclusive, acreditando que o russo venceu o duelo sobre o armênio.

Veja Também

Harris quebrou o braço de McKeon em sua despedida do MMA (Foto:Reprodução/Facebook GeraldHarris)
Vídeo: Ex-UFC quebra o braço de rival de forma brutal em luta de despedida

gleison-tibau-facebook-gleisontibau
Suspenso por doping há dois anos, Gleison Tibau revela que pensou em parar de lutar

GSP voltou a provocar o rival Bisping (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)
St. Pierre provoca Bisping: ‘Está com medo que eu use meu wrestling’

Em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour, Mousasi foi grosseiro ao responder os críticos e lembrou que sofreu com um problema no olho no início da luta e atuou quase três rounds inteiros vendo apenas do olho esquerdo.

“Não estou feliz com minha performance, claro que não. Mas ele me deu um soco bem no olho logo no primeiro minuto, então lutei no instinto, tentando apenas sobreviver e permanecer no combate. Lutei com apenas um olho durante quase três rounds , então não foi a performance que eu queria. Mas uma vitória é uma vitória. Os críticos podem me c…Tenho algo bem grande para eles c…”, declarou rispidamente o armênio.

Mousasi ainda disse não estar completamente recuperado do duelo e revelou estar tendo problemas até para andar na rua, voltando também a reclamar dos críticos.

“No domingo, estava andando por Nova York cambaleando, não conseguia nem andar direito. Lutei três rounds duros. Não sei o que as pessoas estão falando. Talvez os críticos devessem entrar no cage e lutar. Eles sentam em frente a seus computadores, comendo batatas e com suas opiniões, mas deixem eles para lá”, reclamou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *