Covington pretende finalizar Demian no UFC São Paulo: ‘Vou aposentá-lo’

C. Covington (foto) enfrenta Demian no UFC São Paulo (Foto: Reprodução Twitter Colby Covington)

C. Covington (foto) pega Demian em São Paulo (Foto: Reprodução Twitter Colby Covington)

A dois dias do UFC São Paulo, a confiança do meio-médio Colby Covington permanece inabalável. O norte-americano enfrenta Demian Maia na luta co-principal do evento deste sábado (28), e surpreendeu, durante o Media Day do show, realizado nesta quinta-feira (26), ao garantir que vai buscar a finalização contra o campeão mundial de jiu-jitsu.

Veja Também

Massaranduba mira nocaute em Miller (Foto: Reprodução/InstagramMassaranduba)
Vídeo: Xodó da torcida brasileira, Massaranduba promete ‘mão dura na cara do Jim Miller’

Sapato vai em busca da quarta vitória seguida (Foto:Reprodução/Instagram Caradesapato)
Vídeo: Sem pensar em ranking, Cara de Sapato enaltece evolução: ‘Eu melhoro a cada luta’

Marreta enfrenta  Hermansson no UFC São Paulo (Foto:Reprodução-Facebook ThiagoMarreta)
Vídeo: Ex-militar, Marreta explica preferência em lutar fora: ‘Levo a bandeira do país para uma missão’

Covington declarou que nocautear o brasileiro seria muito fácil e ainda garantiu que será o próximo desafiante ao cinturão de Tyron Woodley, assim que o atual campeão “parar de fugir dele”.

“Eu vejo essa luta indo para mim, definitivamente. Nocautear Demian seria muito fácil, quero fazer algo diferente. Vou buscar a finalização. Quero pegá-lo com uma gravata peruana ou um estrangulamento buldog. Pode ter certeza que vou buscar as finalizações. Ele não quer ir para o chão comigo. Pretendo acabar com Demian Maia e depois pegar meu cinturão contra Tyron Woodley, assim que ele acabar de fugir de mim, e de tirar suas férias, seus últimos momentos com o cinturão”, declarou Covington, ignorando o fato de Demian ser um dos maiores representantes do jiu-jitsu no UFC.

“Não quero saber disso, vou acabar com ele independente disso. Sou melhor que ele e vou mandar um recado para o restante da divisão”, disse.

Apesar das palavras fortes, o norte-americano declarou que não tem nada contra o brasileiro especificamente. Mesmo assim, garantiu que pretende aposentá-lo no próximo sábado.

“Sou muito bom em todos os lugares para onde a luta pode ir e não vejo como ele vai me vencer. Vou aposentá-lo no sábado. Não sei se Demian quer pendurar as luvas, mas garanto que não vai ter escolha depois que eu acabar com ele”, disparou.

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *