Brunson admite ‘surpresa’ com nocaute rápido sobre Lyoto e define Rockhold como próximo alvo

Fazendo a luta principal do UFC São Paulo, realizado no último sábado (28), no Ginásio do Ibirapuera, Derek Brunson tratou de frustrar os fãs brasileiros que esperavam uma volta triunfal de Lyoto Machida ao MMA. Ainda no primeiro round, após uma sequência de golpes, o americano nocauteou o brasileiro e emplacou sua segunda vitória consecutiva.

Em entrevista coletiva após o evento, Brunson admitiu que ficou surpreso em definir a luta de forma rápida, no entanto, enalteceu que seu planejamento não era levar o duelo para a decisão dos árbitros, e sim encerrá-lo antes dos cinco rounds, executando seu plano.

“O Lyoto Machida não tem muitos buracos no seu jogo, é um cara muito experiente, que está no esporte há muito tempo. Eu não esperava um término de luta rápido, mas sabia que não queria deixar ir para a decisão. Gosto do Brasil, foi uma grande experiência. Os fãs apoiaram o lutador da casa, não esperava nada diferente. Mas eles não podiam entrar no octógono, então não fez diferença no final das contas”, disse o peso-médio americano.

O lutador, atual sétimo colocado no ranking da categoria dos médios, inclusive já tem planos sobre seu próximo oponente. Brunson revelou que gostaria enfrentar Luke Rockhold, ex-campeão e atual segundo do ranking, em uma nova apresentação pelo UFC.

“Ele é um cara de alto nível, acho que seria uma grande luta. Eu posso acertá-lo, testar aquele queixo e derrubá-lo. Uma vitória sobre ele vai me deixar mais perto do cinturão”.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 119
Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP)
Sábado, 28 de outubro de 2017

Card principal
Derek Brunson derrotou Lyoto Machida por nocaute no 1R
Colby Covington derrotou Demian Maia por decisão unânime dos jurados
Pedro Munhoz finalizou Rob Font com uma guilhotina no 1R
Francisco Massaranduba derrotou Jim Miller por decisão unânime dos jurados
Thiago Marreta derrotou Jack Hermansson por nocaute técnico no 1R
John Lineker derrotou Marlon Vera por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Vicente Luque finalizou Niko Price com um triângulo de mão invertido no 2R
Antônio Cara de Sapato finalizou Jack Marshman com um mata-leão no 1R
Jared Gordon derrotou Hacran Dias por decisão unânime dos jurados
Elizeu Capoeira derrotou Max Griffin por decisão unânime dos jurados
Deiveson Alcântara derrotou Jarred Brooks por decisão dividida dos jurados
Marcelo Golm finalizou Christian Colombo com um mata-leão no 1R

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *