Conor McGregor corre risco de vida?

Foto: Jason Silva/Combate

Uma notícia abalou o noticiário internacional nesta quinta-feira envolvendo o campeão Conor McGregor.

De acordo com rumores e afirmação do jornalista irlandês Paul Williams, o irlandês teria se envolvido em uma briga de bar com um membro da organização tida como criminosa Kinahan, considerada uma das mais violentas do país. Desta forma, ainda segundo o jornalista criminal, Conor McGregor correria perigo de vida iminente enquanto se manter no país. Ainda de acordo com o mesmo, as autoridades estariam orientando o lutador quanto a situação delicada. Conor deve deixar o país o quanto antes.

“Conor McGregor está numa posição  muito perigosa agora. Ele entrou em uma briga, embora provavelmente sem culpa, com um grupo de pessoas muito perigosas que estão ligadas aos Kinahans. Essas pessoas não se importam com quem McGregor é, o que ele representa, quão poderoso ele possa ser. Eles vão levá-lo ao fundo do posso. Eu diria que, nas próximas 48h, se ele ainda estiver no país – eu acho que ele já deixou o país – mas se ele ainda estiver no país, entendi pelas minhas fontes que a polícia vai abordá-lo para um formulário GIM, uma Mensagem de Informação da Guarda, para dizer a ele que podem haver ameaças à sua segurança. Esta é uma grande história , e imagine o que faria com nossa reputação se este ícone esportivo nacional for atacado por gângsters.”, disse o jornalista no programa Newstalk Breakfast.

The post Conor McGregor corre risco de vida? appeared first on MMA Space.

Source: Space

Holloway e Aldo têm encarada tensa antes do UFC 218

Aldo (esq) faz revanche com Holloway (dir) (Foto: Reprodução Instagram ufc)

Aldo (esq) faz revanche com Holloway (dir) (Foto: Reprodução Instagram ufc)

Poucos meses após se enfrentarem pela primeira vez no Brasil, Max Holloway e José Aldo voltam a medir forças na luta principal do UFC 218, evento que ocorre neste sábado (2), em Detroit (EUA). E a alguns dias da revanche, os dois se encararam pela primeira vez depois da vitória do havaiano sobre o brasileiro. E, apesar de nenhum dos dois ter feito algum tipo de provocação, ambos mantiveram a seriedade e tensão para o segundo duelo.

Veja Também

Tony McGregor saiu em defesa do filho (Foto: Reprodução Instagram TheNotoriousMMA)
Pai de McGregor nega que filho tenha sido ameaçado pela máfia irlandesa

Werdum terá encontro com o patrão (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)
Dana critica Werdum por ‘ataque’ a Covington: ‘Isso não se faz’

S. Eubanks está fora de luta por cinturão inaugural (Foto: Reprodução Facebook Sijara SarJ Eubanks)
Eubanks é substituída por Modaferri em luta de título no TUF Finale

Com uma jaqueta dourada e o cinturão em mãos, Holloway manteve o semblante sério, assim como o brasileiro, que vai em busca de se iniciar um terceiro reinado como campeão peso pena do UFC. Os dois só “abaixaram a guarda” quando viraram para encrarar os fotógrafos e Aldo fez uma pose mais relaxada.

Na luta co-principal da noite, mais uma encarada cheia de tensão. Os pesos pesados Francis Ngannou e Alistair Overeem se enfrentarão pela oportunidade de disputar o título da categoria contra o campeão Stipe Miocic. E o camaronês Ngannou, além de fazer cara feia para o adversário, ainda soltou algumas provocações, que só Overeem conseguiu ouvir. Experiente, o holandês não mudou o semblante com as palavras do rival.

Ainda na porção principal, os pesos moscas Henry Cejudo e Sergio Pettis tiveram uma encarada menos tensa, com Cejudo até sorrindo para o adversários e os dois se cumprimentando. A encarada das pesos palhas Tecia Torres e Michelle Waterson foi parecida, mas os leves Justin Gaethje e Eddie Alvarez também tiveram um encontro tenso.

Veja a encarada entre Holloway e Aldo:

Source: Portal da Luta

Isaque Bahiense vibra com ouro no Sul-Americano e mantém foco no Mundial Sem Kimono

Isaque Bahiense vem de grandes resultados –
Foto: Divulgação

Isaque Baheinse foi um dos atletas mais aplaudidos no Sul-Americano de Jiu-Jitsu, encerrado no último domingo, em Barueri, São Paulo. O faixa-preta da Alliance soltou o jogo na divisão dos pesos médios para ficar com o ouro, após vencer a final contra Luan Carvalho (Nova União). Antes, na semifinal, aplicou uma justa chave de joelho em Aquila Lanza (Cícero Costha), depois de quase finalizar pelas costas.

Bahiense aproveitou para comentar sobre sua atuação e revelar o segredo para ter uma boa movimentação de quadril, um dos pontos mais fortes do seu jogo. Para ele, seu modo de preparação física tem feito a diferença.

“Tenho treinado bastante por baixo e acredito que a preparação física vem me ajudando muito. Estamos fazemos um trabalho todo voltado para o Jiu-Jitsu. Nós fazemos exercícios de força e explosão e alguns deles com foco no quadril.  O campeonato sempre é um desgaste físico e um stress mental muito grande.  Na semana após a competição,  procuro corrigir os erros cometidos e o meu preparador físico Rafael Ribeiro monta o “tapering”, que é uma semana com menos treinos. Já o meu fisioterapeuta, William Pagotti,  faz um trabalho voltado para acelerar a minha recuperação”, destrincha o campeão, antes de analisar a vitória sobre Luan.

“Eu competi muito esse ano e cometi muitos erros ou, às vezes, perdia muitas oportunidades.  Coloquei meu nome no Sul-Americano no último dia e queria usar como um teste, de impor o meu ritmo, independente da situação, e isso despertou uma vontade inabalável durante a luta. Consegui desenvolver meu jogo e pude vencer. Sobre meu jogo em pé, que utilizei bastante nesse torneio, a movimentação e troca de pegadas é muito importante e sempre desequilibra o adversário para poder entrar em queda”.

Se você pensa que a temporada de Isaque Bahiense acabou, você está enganado. O atleta da Alliance São Paulo vai brigar pelo título do Mundial Sem Kimono da IBJJF, agendado para dezembro, na Califórnia.

“De hoje até o Mundial Sem Kimono vou treinar todos os dias sem kimono. Também tenho outros amigos que vão competir e já começamos os treinos. Iremos treinar bastante específico até lá, para ajustar. Estamos prontos. Nós fizemos um ano incrível de treinos na Alliance São Paulo. Meu jogo é explosivo e sem kimono é mais difícil de me travarem. Isso me torna mais perigoso”, encerra Isaque.

O post Isaque Bahiense vibra com ouro no Sul-Americano e mantém foco no Mundial Sem Kimono apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Eubanks é substituída por Modaferri em luta de título no TUF Finale

S. Eubanks está fora de luta por cinturão inaugural (Foto: Reprodução Facebook Sijara SarJ Eubanks)

S. Eubanks está fora de luta de cinturão (Foto: Reprodução Facebook Sijara SarJ Eubanks)

A lutadora Sijara Eubanks não compareceu à pesagem oficial do TUF 26 Finale, foi hospitalizada e perdeu a chance de disputar o primeiro título peso mosca feminino da história do UFC. Após chegar à final da 26ª temporada do The Ultimate Fighter, a atleta será substituída por Roxanne Modaferri, a quem venceu nas semifinais. “Roxy” enfrenta Nicco Montaño pelo direito de se tornar a primeira campeã até 57 kg. da história do UFC.

Veja Também

G. Garcia (esq) vai enfrentar Kandori (dir), de 52 anos. (Foto: Reprodução / Divulgação)
Duelo entre Gabi Garcia e japonesa de 53 anos é remarcado no Rizin FF

Werdum terá encontro com o patrão (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)
Dana critica Werdum por ‘ataque’ a Covington: ‘Isso não se faz’

Tony McGregor saiu em defesa do filho (Foto: Reprodução Instagram TheNotoriousMMA)
Pai de McGregor nega que filho tenha sido ameaçado pela máfia irlandesa

Tida como zebra no início da temporada, Eubanks, que estava ranqueada dentro da casa como a 12ª melhor lutadora, venceu três lutas para chegar à grande final, incluindo o último duelo da temporada, televisionado nos Estados Unidos na última quarta-feira (29), quando venceu justamente Modaferri. Antes, ela havia superado Maia Stevenson e DeAnna Bennet. Sijara era da equipe de Eddie Alvarez, que disputou o TUF como técnico contra Justin Gaethje e o enfrentará em duelo de pesos leves no UFC 218 deste sábado (2), um dia depois do TUF Finale.

Roxanne já estava escalada para atuar no evento, onde enfrentaria Barb Honchak, em duelo de semifinalistas derrotas. Com a subida de Modaferri para a luta de título, Honchak, ex-campeã mosca do Invicta FC, agora enfrenta Lauren Murphy, outra integrante do elenco da 26ª temporada do The Ultimate Fighter.

Leia o comunicado do UFC sobre a mudança (tradução livre):

Por conta de questões médicas, Sijara Eubanks foi hospitalizada nesta quinta-feira (30) de manhã e foi retirada da luta contra Nicco Montaño no TUF Finale. A semifinalista Roxanne Modaferri irá substituir Eubanks na luta pelo título inaugural do peso mosca feminino do UFC.

Source: Portal da Luta

TATAME Visita: na GFTeam Nilópolis, André Santos busca formar campeões no esporte e na vida

Por Yago Rédua

Em Nilópolis, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, André Santos comanda a equipe Academia Corpo e Alma / GFTeam. O faixa-preta de Jiu-Jitsu abriu as portas do seu centro de treinamento para a TATAME e revelou toda a sua ligação com a arte suave, como começou através de um primeiro contato via projeto social, ainda nos anos 2000, e mais.

Para conhecer mais sobre a GFTeam Nilópolis, clique aqui

O professor também contou como pensa o Jiu-Jitsu. Deu dicas importantes para quem deseja praticar a arte suave e explicou que em sua academia mostra os dois lados da moeda: os prós e contras em treinar a modalidade que é tão popular no Brasil. No mais, também destacou os benefícios que o esporte pode trazer para a vida do indivíduo.

Confira abaixo a entrevista na íntegra com André Santos:

– Início da trajetória nas artes marciais e no Jiu-Jitsu

Primeiro, através de um projeto social em 2000, onde quem ministrava as aulas era o mestre Isaac Araújo. Três meses depois, fui procurar uma academia para treinar e foi onde encontrei o mestre Luis Claudio Corino que, por sua vez, era aluno do mestre Muzzio de Angelis. Hoje eu, junto com o Mestre Corino, fazemos parte da equipe GFTeam.

– Maiores benefícios para quem pratica a arte suave

Um estilo de vida, onde você pode trabalhar o corpo, a mente e o equilíbrio. E para aquele que almeja virar profissional, é primordial ter (equilíbrio). Diminui o estresse, aumenta o bem-estar, melhora a capacidade cardiovascular, a respiração, perda de peso, define o corpo. Nas minhas aulas, eu sempre mostro os prós e contras para praticar Jiu-Jitsu, conto a história do Jiu-Jitsu de como começou, além de mostrar os benefícios. Meu conselho seria o estilo de vida e realização pessoal, dois dos principais pontos da prática da arte suave.

– Jiu-Jitsu competição x Jiu-Jitsu estilo de vida

Jiu-Jitsu competição é se superar a cada dia para estar entre os melhores. Já o Jiu-Jitsu life style é um estilo de vida pra se manter bem fisicamente, psicologicamente e mentalmente.

– Momento atual do Jiu-Jitsu e profissionalização

Sim (a evolução da arte suave), isso é evidente. Muito se deve ao grande sucesso e eficiência do Jiu-Jitsu no MMA, além disso a popularização do esporte no mundo inteiro, redução das rivalidades entre equipes, maior número de competições mundo afora e divisão das regras mais claras e objetivas, tudo isso vem colaborando para o crescimento.

– Diferenças de se trabalhar como professor e atleta

São dois polos, professor é uma figura vista como referência e exemplo, com habilidades de identificar em seus alunos e atletas suas competências, capacidades e deficiências, onde o objetivo é identificar e trabalhar os pontos fortes e fracos para formar um cidadão melhor ou um atleta bem-sucedido. Já trabalhar como atleta é um objetivo pessoal de desenvolvimento, buscando o melhor desempenho físico e mental, alinhando isso aos seus resultados e metas nas competições, superando sempre os seus limites, evoluindo.

– Recado para os amantes e praticantes de Jiu-Jitsu

Conheça, pratique e ame o Jiu-Jitsu, pois é um esporte capaz de mudar sua vida muito pra melhor. Ele te ensina técnicas impensáveis que desafiam os limites do corpo e da mente.

Source: Tatame

Dana critica Werdum por ‘ataque’ a Covington: ‘Isso não se faz’

Werdum terá encontro com o patrão (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)

Werdum terá encontro com o patrão (Foto: Reprodução/Facebook FabrícioWerdum)

O presidente do UFC, Dana White, não gostou nada do encontro do ex-campeão peso pesado Fabricio Werdum com Colby Covington, na Austrália. Antes do UFC Sidney, os dois se esbarraram e trocaram insultos após o norte-americano falar mal do Brasil. Então, “Vai Cavalo” jogou um bumerangue na direção do peso meio-médio, que se irritou e levou o caso para a polícia local.

Veja Também

Tony McGregor saiu em defesa do filho (Foto: Reprodução Instagram TheNotoriousMMA)
Pai de McGregor nega que filho tenha sido ameaçado pela máfia irlandesa

Duelo acontecerá dia 3 de março (Foto:Reprodução/Instagram CBDolloway)
Sem vencer desde 2014, Lombard enfrenta CB Dolloway no UFC 222

Minotouro foi flagrado no doping (Foto:Reprodução/Facebook RogerioMinotouro)
Contraprova confirma doping de Minotouro por uso de diurético

Apesar de o incidente ter sido minimizado por vários lutadores, que deram razão a Werdum, Dana White, em coletiva de imprensa, mostrou irritação com o brasileiro pelo ataque a Covington e admitiu que não tem boa relação com seu ex-campeão

“Eu não ri disso. Minha reação não foi dar risada. Não foi engraçado. Acredite, eu entendo como os brasileiros são apaixonados pelo seu país. Sei que Colby desrespeitou o Brasil e o povo brasileiro. Eu sei como eles são. Mas não dá para sair atacando os outros. Isso não se faz. Não temos um relacionamento bom, não temos mesmo. Esse cara tem uma lista de coisas ruins que sempre faz. Ele quase brigou com Tony Ferguson em um almoço com a imprensa e agora isso”, apontou Dana White, de acordo com o site MMA Fighting, declarando, no entanto, que pretende mudar isso em breve.

“Logo antes de vir falar com vocês da imprensa, recebi uma mensagem do Fabricio Werdum, pedindo uma reunião, dizendo que quer conversar comigo. Tenho evitado encontrar com ele. Mas mandei uma mensagem de volta, dizendo que iremos nos encontrar. Então, eu e Werdum vamos sentar, conversar e tentar melhorar nossa relação”, comentou.

Source: Portal da Luta

Vídeo: veja os caminhos de José Aldo e Max Holloway até a revanche pelo cinturão peso-pena no UFC 218

No próximo sábado (2), Detroit, nos Estados Unidos, recebe o UFC 218, com o duelo entre o campeão peso-pena Max Holloway e José Aldo como atração principal. O confronto será uma revanche, afinal, Holloway destronou o brasileiro em junho deste ano, no UFC Rio, diante da torcida rival. Agora, Aldo terá sua chance de dar o troco, e para aquecer esse reencontro, o Ultimate divulgou alguns vídeos promocionais dos dois lutadores.

Confira abaixo:

Source: Tatame

Pai de McGregor nega que filho tenha sido ameaçado pela máfia irlandesa

Tony McGregor saiu em defesa do filho (Foto: Reprodução Instagram TheNotoriousMMA)

Tony McGregor saiu em defesa do filho (Foto: Reprodução Instagram TheNotoriousMMA)

Um dia após o jornalista Paul Williams reportar que o campeão do UFC Conor McGregor se envolveu em uma confusão com a máfia irlandesa e está correndo risco de vida, o pai do lutador negou qualquer briga do filho com mafiosos. Tony McGregor chamou de “total besteira” a reportagem que aponta o envolvimento do atleta em uma briga com mafiosos.

Veja Também

C. McGregor teria problermas com mafiosos (Foto: Reprodução Facebook Conor McGregor)
McGregor está sendo ameaçado pela máfia irlandesa, diz jornalista

Duelo acontecerá dia 20 de janeiro (Foto: Reprodução/Twitter UFC)
Daniel Cormier coloca o cinturão em jogo contra Oezdemir no UFC 220

Minotouro foi flagrado no doping (Foto:Reprodução/Facebook RogerioMinotouro)
Contraprova confirma doping de Minotouro por uso de diurético

Apesar de em nenhum momento negar que o filho se envolveu em uma confusão no último domingo, McGregor garante que Conor não socou nenhum homem ligado ao grupo Kinahan, que domina o tráfico de drogas em Dublin, capital irlandesa.

“Isso tudo é uma grande besteira. É uma total besteira. Absolutamente. Essa história está ganhando pernas e está ficando ridículo, de verdade. Está engraçado até. Não temos nada a temer, absolutamente nada. Não há ninguém atrás da gente por nenhuma razão. Nós somos uma família que segue e respeita a lei e vamos continuar na Irlanda sendo uma família que segue e respeita a lei”, comentou Tony McGregor ao jornal local “Irish Mirror”.

No início da semana, jornais irlandeses reportaram que McGregor havia se envolvido em uma confusão com outros três homens em um bar de Dublin. Na última quarta-feira (29), Paul Williams, respeitado jornalista criminal, disse em seu programa que Conor teria acertado o pai de um membro da máfia local durante a confusão e que mafiosos estariam ameaçando o lutador irlandês.

Source: Portal da Luta

Vídeo: Um resumo dos treinos abertos do UFC 218

A dois dias para o UFC 218, os protagonistas do evento participaram dos tradicionais treinos abertos. Astros da luta principal, José Aldo e o campeão Mac Holloway se apresentaram ao público e, em seguida, deram algumas declarações sobre o duelo de sábado em Detroit-EUA.

Ex-campeão em busca da retomada do trono dos penas, José Aldo disse que quer fazer história se aposentando como campeão e afirmou que, em caso de vitória, está disposto a fazer uma terceira luta contra o havaiano.

“Provavelmente, mas é o Dana White quem decidi isso. Estou muito confiante, já vejo até o cinturão de volta na minha cintura”.

Em busca da sua primeira defesa de cinturão justamente contra quem venceu para ser tornar campeão, Holloway esbanjou confiança.

“Todo mundo sabe o que eu vou fazer, eu sou o campeão. José Aldo pegou a luta com pouco tempo para se preparar para mim, então nada vai mudar”.

UFC 218

Detroit, EUA

Sábado, 02 de dezembro de 2017

CARD PRINCIPAL (a partir de 1h, horário de Brasília):
Peso-pena: Max Holloway x José Aldo
Peso-pesado: Francis Ngannou x Alistair Overeem
Peso-mosca: Henry Cejudo x Sergio Pettis
Peso-leve: Eddie Alvarez x Justin Gaethje
Peso-palha:Tecia Torres x Michelle Waterson

CARD PRELIMINAR (a partir de 21h15, horário de Brasília):
Peso-leve: Paul Felder x Charles do Bronx
Peso-meio-médio: Yancy Medeiros x Alex Cowboy
Peso-leve: Drakkar Klose x David Teymur
Peso-palha: Cortney Casey x Felice Herrig
Peso-meio-médio: Abdul Razak Alhassan x Sabah Homasi
Peso-meio-Pesado: Jeremy Kimball x Dominick Reyes
Peso-palha: Amanda Cooper x Angela Magaña
Peso-pesado Allen Crowder x Justin Willis

O post Vídeo: Um resumo dos treinos abertos do UFC 218 apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Duelo entre Gabi Garcia e japonesa de 53 anos é remarcado no Rizin FF

G. Garcia (esq) vai enfrentar Kandori (dir), de 52 anos. (Foto: Reprodução / Divulgação)

G. Garcia (esq) vai enfrentar Kandori (dir), de 53 anos. (Foto: Reprodução / Divulgação)

O ‘estranho’ duelo entre Gabi Garcia e Shinobu Kandori, de 53 anos, vai mesmo acontecer. Agendado inicialmente para dezembro de 2016, mas cancelado em virtude de uma lesão da japonesa, o combate foi remarcado para o Rizin FF 8, no dia 29 de dezembro, na lendária Saitama Super Arena, em Tóquio, no Japão. O confronto será no peso casado até 95kg.

Veja Também

Duelo acontecerá dia 3 de março (Foto:Reprodução/Instagram CBDolloway)
Sem vencer desde 2014, Lombard enfrenta CB Dolloway no UFC 222

Minotouro foi flagrado no doping (Foto:Reprodução/Facebook RogerioMinotouro)
Contraprova confirma doping de Minotouro por uso de diurético

Tetra campeã mundial de jiu-jítsu, Gabi, de 32 anos, realizará sua sexta luta como profissional de MMA, todas na organização japonesa. Em sua estreia, em dezembro de 2015, ela nocauteou Lei’d Tapa. Na sequência, finalizou Anna Malyukova e Destanie Yarbrough, mas viu seu último combate acabar em ‘no contest’ após aplicar um chute ilegal em Oksana Gagloeva. Vale lembrar que Garcia tem tido dificuldade para encontrar oponentes do seu tamanho, uma vez que a brasileira pesou 111kg em sua última luta.

Kandori, por sua vez, é ex-judoca, e não luta MMA há 17 anos, desde o longínquo 22 de novembro de 2000. Aos 53 anos, irá entrar em ação pela sexta vez na carreira – são quatro vitórias e uma derrota

Quem também vai atuar pelo Rizin é o veterano japonês Takanori Gomi, ex-campeão peso leve do Pride e recém demitido do UFC. Vindo de cinco derrotas consecutivas, ele enfrenta Yusuke Yachi, que venceu suas últimas quatro lutas.

Source: Portal da Luta