Dana White volta a criticar Jon Jones: ‘Ele é incorrigível’

Jones voltou a ser criticado pelo chefe (Foto: reprodução/Facebook UFC)

Jones voltou a ser criticado pelo chefe (Foto: reprodução/Facebook UFC)

Mesmo já tendo perdido o título meio-pesado após novo caso de doping, Jon Jones segue na mira de Dana White, presidente do UFC. O dirigente comentou a situação do ex-campeão e se mostrou frustrado com a sequência de problemas fora do octógono que “Bones” encarou nos últimos anos. Para o norte-americano, Jones é um caso perdido, já que gosta muito de festas e não consegue se controlar o suficiente para ter uma vida regrada, de atleta.

Veja Também

McGregorpediu desculpas à comunidade LGBT (Foto:Reproducao/TwitterUFCNews)
McGregor pede desculpas por comentários homofóbicos: ‘Não quis ser desrespeitoso’

Maldonado enfrenta Krylov dia 8 de março, no Brasil (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)
Maldonado defende cinturão do FNG no Brasil contra ex-UFC, em março

Carcacinha fará sua segunda luta no UFC (Foto:Reprodução/InstagramUFC)
Nocaute em Nova York, duelo com Thominhas e cinturão: as metas de Carcacinha no UFC

Em entrevista ao podcast “The Jim Rome Show”, White admitiu que a fama e o dinheiro adquiridos no UFC pioraram ainda mais a situação de Jon Jones. Para o mandatário do Ultimate, “Bones” tem uma sequência “inacreditável” de erros cometidos fora do octógono.

“Ele não é só pelo dinheiro. Ele não é esse cara. Eu acho apenas que Jones gosta muito de festas e fazer o que quer que seja que ele faz e o dinheiro e a fama pioraram isso mil vezes. Ele não consegue se controlar e vai para o fundo do poço. Não sou um santo, acho que todos nós já festejamos um pouco demais aqui ou ali, mas ele faz isso toda hora, de forma consistente. Mesmo quando fazia muita m…, voltava e depois fazia mais m… Desta última vez, os fãs o perdoaram, ele voltou a ser um dos lutadores mais populares do nosso elenco e depois voltou a fazer m…É inacreditável”, comentou Dana White, que falou também sobre os problemas do ex-campeão com a Justiça norte-americana.

“Pior do que só festejar, esse cara ficou perto de ter que cumprir pena na prisão. O Juiz lhe deu uma segunda chance já que ele quase teve que ficar um bom tempo preso. E mesmo assim isso não o acordou. Se isso não o acorda, então ele é incorrigível”, lamentou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *