Viscardi Andrade faz luta principal de Muay Thai na Tailândia, nocauteia e diz: ‘Reflexo do treino’

Por Yago Rédua

No começo do mês de outubro, na Tailândia, Viscardi Andrade aplicou um incrível nocaute no Bangla FC, evento de Muay Thai na Tailândia. O brasileiro fez a luta principal e derrotou Deregea Rasta. Em conversa à TATAME, o faixa-preta de Jiu-Jitsu, que está suspenso pela USADA (Agência Antidoping do EUA) por doping, comentou sobre a luta.

“Acho que foi bom para caramba a luta. Logo de estreia, fazendo essa superluta e conquistei o nocaute com dois minutos do primeiro round. Estava treinando abeça no Brasil com o mestre Veras e vim para a Tailândia que é chefe de uma grande escola que está fazendo grandes campeões. Foi reflexo do treino e quem bom que deu tudo certo”, apontou o lutador, afirmando que tem convite para novas lutas na modalidade.

“Tenho convite sim. Tenho uma luta marcada para o dia 13 de novembro. Eu vou para a Índia, dia 25, dar uns seminários e ia voltar para o Brasil dia 10, mas estou pensando em ir para a Tailândia. Se tudo certo, volto para o Brasil com duas vitórias”, revelou.

A respeito do treino de Muay Thai, Viscardi contou que vem evoluindo na parte de trocação para aprimorar o seu jogo na trocação. Além disso, afirmou que se mantém muito ativo na luta agarrada.

“Neste período de dois anos, me mantive treinando a parte em pé, bastante Jiu-Jitsu. Na verdade, eu continuei treinando tudo. No começo do ano, fiquei treinando mais Jiu-Jitsu para a superluta do ADCC com o Erik Silva e acabou dando certo. Conquistei uma vitória, em uma luta dura e depois o plano era aprimorar o jogo na luta em pé, no Muay Thai, por isso vim para a Tailândia”, encerrou.

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *