Conor afirma que só volta a lutar se for ‘sócio’ do UFC: ‘Estou em uma excelente posição’; confira

Neste semana, Conor McGregor revelou que deseja “legitimar o cinturão dos leves” do Ultimate, mas voltou atrás e deixou o futuro dentro do MMA em aberto, durante o lançamento do filme que conta a história do seu crescimento no esporte, que foi realizado em Dublin, na Irlanda. “Notorius” afirmou que quer se tornar “sócio” da franquia e citou a co-promoção que teve em seu confronto com Floyd Mayweather no Boxe, no mês de agosto.

“Eu fui promotor da luta contra o (Floyd) Mayweather e estamos negociando atualmente. Eu não vou entrar naquele octógono a menos que eu seja parte de tudo, que eu seja um co-promotor”, contou o lutador, afirmando que está analisando opções e garantiu que não tem pressa para lutar.

“Ver esse filme hoje me fez entender que se eu realmente quero voltar a lutar, eu estou na fase de negociação neste momento. Todo mundo está tentando que eu faça alguma coisa por dinheiro, do começo ao fim. Eles (Ultimate) estão tentando que eu volte a lutar antes do final do ano para ajudar a companhia a fazer dinheiro, assim eles podem reafirmar a dívida após essa venda gigante de US$ 4,2 bilhões e tal. E eu estou sentando aqui, assistindo todas as guerras que eu travei, uma atrás da outra, vendo como eu cheguei até aqui. Eu acho que tenho que ir com calma agora. Não estou com pressa. Estou em uma excelente posição. Pra sempre estarei no estágio de ganhar dinheiro. Meu dinheiro está lá em cima sendo contado por uma máquina de contar dinheiro, então estou ótimo”, encerrou.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *