Após conquistar cinturão dos médios, St-Pierre cutuca ‘falastrões’: ‘MMA é técnica, armadilha e inteligência’

Um dos maiores nomes da história do MMA retornou ao esporte na noite de sábado (4), após ficar quatro anos parado. O palco do Madison Square Garden, em Nova York (EUA), não poderia ser um ambiente mais propício para Georges St-Pierre demonstrar toda a sua técnica contra Michael Bisping, no main event do UFC 217. Ainda no octógono, após finalizar o inglês e se tornar campeão dos médios, GSP explicou do que se trata a modalidade, se referindo aos atletas “falastrões”.

“Artes marciais não são sobre quem tem as maiores bolas. Desculpe por essas palavras. Mas, o MMA se trata de técnica, armadilha e inteligência. Eu estava lutando contra um homem maior e eu estava tentando provar isso hoje a todos os meus fãs”, contou St-Pierre, afirmando que a divisão até 84kg não é a sua, mas aceitou pelo “desafio’.

“Bem, este não é realmente o meu peso. Eu fiz isso pelo desafio. Houve um tempo em minha carreira, que eu estava muito ocupado. Os desafiantes eram um após o outro, e eu era pequeno demais para subir (para os médios). Agora, eu ainda sou tamanho do dos meio-médios, mas eu decidi fazer essa luta”, contou GSP.

St-Pierre ainda revelou que estudou todas as ações de Bisping, criou “armadilhas” para o ex-campeão, principalmente, quando acertou uma quantidade de cotoveladas no terceiro round. Desta maneira, “The Count” se distraiu e deixou as costas livre para o canadense encaixar o mata-leão.

“Eu estudei muito (jogo do Bisping). Eu sabia que ele tinha problemas com os golpes que entram na direita dele. Nosso plano era fingir que ele estava do lado esquerdo, para atrair sua atenção e golpeá-lo com a mão direita. Foi o que fizemos a maior parte da luta. Foi um truque (as cotoveladas). Às vezes eu coloco armadilhas. Eu tenho mais experiência. Antes, alguns anos atrás, sempre estava tentando forçar as coisas e acho que a melhor coisa em lutar é tentar montar algumas armadilhas sobre seus oponentes”, encerrou.

CONFIRA OS RESULTADOS

UFC 217
Madison Square Garden, Nova York (EUA)
Sábado, 4 de novembro de 2017

Card principal
Georges St-Pierre finaliza Michael Bisping com um mata-leão no 3R
T.J. Dillashaw derrotou Cody Garbrandt por nocaute técnico no 2R
Rose Namajunas derrotou Joanna Jedrzejczyk por nocaute técnico no 1R
Stephen Thompson derrotou Jorge Masvidal por decisão unânime dos jurados
Paulo Borrachinha derrotou Johny Hendricks por nocaute técnico no 2R

Card preliminar
James Vick derrotou Joe Duffy por nocaute técnico no 2R
Mark Godbeer derrotou Walt Harris por desqualificação no 1R
Ovince Saint Preux derrotou Corey Anderson por nocaute no 3R
Randy Brown derrotou Mickey Gall por decisão unânime dos jurados
Curtis Blaydes derrotou Alexey Oliynyk por nocaute técnico no 2R
Ricardo Carcacinha derrotou Aiemann Zahabi com um nocaute no 3R

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *