UFC 217 tem campeões destronados e consagrações de St-Pierre, Dillashaw e Namajunas

https://platform.twitter.com/widgets.js

Realizado na noite deste sábado em Nova York, o UFC 217 consagrou três novos campeões. Ou melhor, uma nova campeã e dois “novos-velhos” campeões. Na luta principal, o ex-campeão dos meio-médios Georges St-Pierre confirmou o status de lenda ao finalizar Michael Bisping para conquistar o título dos médios. Na penúltima luta da noite, TJ Dillashaw retomou o cinturão peso-galo ao vencer o ex-companheiro e desafeto Cody Garbrandt por nocaute técnico. Na primeira disputa de cinturão da noite, Rose Namajunas surpreendeu o mundo ao nocautear a até então invicta Joanna Jedrzejczyk no primeiro round para faturar o título dos palhas.

GSP confirma o status de lenda

Um dos maiores campeões da história do UFC, Georges St-Pierre entregou o cinturão dos meio-médios depois de nove defesas de cinturão consecutivas para tirar um período sabático, que durou quatro anos. Seu retorno ao octógono, neste sábado, foi pela categoria de cima, contra o então campeão Michael Bisping.

Com menor estatura porém com maior envergadura, o canadense foi melhor no primeiro round, conectou bons golpes no rosto do inglês e chegou a atordoá-lo no final. O segundo foi mais equilibrado, com ligeira vantagem para Bisping, que mesmo por baixo conseguiu abrir um enorme corte no rosto de St-Pierre.

O combate foi decidido no terceiro. Primeiro Georges St-Pierre acertou um cruzado que levou Michael Bisping à lona. Em seguida, o canadense desferiu violentas cotoveladas no ground and pound até o inglês ceder as costas. Sem dar oportunidade de defesa, GSP encaixou um inapelável mata-leão. Como não bateu, Bisping acabou apagando.

Dillashaw nocauteia Garbrandt e retoma cinturão dos galos

https://platform.twitter.com/widgets.js

No duelo dos ex-companheiros de equipe e desafetos declarados, TJ Dillashaw, que já havia sido campeão dos galos, e Cody Garbrandt proporcionaram um grande duelo. Veloz e com potência nas mãos, Garbrandt foi crescendo minuto a minuto até levar o desafiante para a lona com um cruzado nos últimos segundos do assalto, o que só não rendeu um provável nocaute devido ao soar do gongo.

Dillashaw não perdeu a segunda chance que o tempo lhe concedeu. Primeiro, conectou um chute que pegou em cheio na lateral do rosto de Garbrandt, que caiu ligado e rapidamente ficou de pé. Já o cruzado que entrou momentos depois não deu oportunidade para ele se recuperar. Sem hesitar, Dillashaw impôs um grande volume de golpes com o oponente no solo até o árbitro interromper o combate.

Namajunas nocauteia Joanna e se sagra campeã dos palhas

https://platform.twitter.com/widgets.js

 Na grande zebra do evento Rose Namajunas chocou o mundo ao vencer Joanna Jedrzejczyk com um nocaute no primeiro round, pois, para muitos, a chance da desafiante era somente na luta agarrada. Só que Namajunas abriu caminho para a vitória com um direto que levou Joanna a cair de bunda no tablado. Logo depois, um cruzado tirou a então campeã de ação. Namajunas imprimiu um ritmo acelerado de golpes até o árbitro encerrar a peleja.

Apostas brasileiras vencem e convencem

https://platform.twitter.com/widgets.js

 O peso médio Paulo Henrique Borrachinha chegou a 11 vitórias em 11 lutas ao vencer o ex-campeão dos meio-médios Johny Hendricks por nocaute técnico no segundo round. Mostrando uma enorme evolução na luta em pé, o mineiro castigou o norte-americano com diversos golpes, como socos na linha de cintura e no rosto, chutes rodados e convencionais até Hendricks não aguentar mais.

Pelos pesos-galos, Ricardo Carcacinha emplacou a segunda vitórias seguida no UFC ao nocautear Alemann Zahabi com uma espetacular cotovelada giratória no segundo round, que obrigou o adversário a sair de maca do octógono.

UFC 217

Nova York

04 de novembro de 2017

Georges St-Pierre finalizou Michael Bisping com um mata-leão no R3

T.J. Dillashaw venceu Cody Garbrandt por nocaute técnico no R2

Rose Namajunas venceu Joanna Jedrzejczyk por nocaute técnico no R1

Stephen Thompson venceu Jorge Masvidal por decisão unânime

Paulo Borrachinha venceu Johny Hendricks por nocaute técnico no R2

James Vick venceu Joe Duffy por nocaute técnico no R2

Mark Godbeer venceu Walt Harris por desqualificação no R1

Randy Brown venceu Mickey Gall por decisão unânime

Curtis Blaydes venceu Alexey Oliynyk por nocaute técnico no R2

Ovince Saint Preux nocauteou Corey Anderson no R3

Ricardo Carcacinha nocauteou Aiemann Zahabi no R2

 

O post UFC 217 tem campeões destronados e consagrações de St-Pierre, Dillashaw e Namajunas apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *