Saiba como Namajunas controlou a mente para superar provocações e favoritismo de Jedrzjeczyk

Rose Namajunas foi a grande surpresa do UFC 217, realizado no último final de semana, em Nova York. A especialista em Jiu-Jitsu, que até então não havia vencido nenhuma luta por nocaute em sua carreira profissional, mandou a até então imbatível Joanna Jedrzejczyk para a lona com um cruzado ainda no primeiro round, e não só impôs a primeira derrota da polonesa, como também conquistou o cinturão peso-palha do maior evento de MMA do planeta.

A descrença da maioria do público em relação a uma vitória da nova campeã devia-se não apenas ao que a adversaria já havia apresentado em cinco defesas de cinturão dominantes, mas também pelas provocações não rebatidas por Namajunas, que chegou a chorar após uma encarada com a polonesa. Para muitos, a desafiante não suportaria a pressão e a parte psicológica seria seu calcanhar de Aquiles no confronto.

Em entrevista ao canal oficial do UFC, a nova campeã narrou o que fez para não se abalar mentalmente.

“Eu tentei tirá-la da minha cabeça o máximo possível. É claro que ela é um mestre Jedi quando se trata de controle de mente, mas ela não pode me controlar. Só isso. A chave para essa luta foi me controlar e controlar meus próprios pensamentos e minhas próprias emoções, independentemente do que estava acontecendo ao meu redor”, explicou Namajunas.

O post Saiba como Namajunas controlou a mente para superar provocações e favoritismo de Jedrzjeczyk apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *