Jéssica Bate-Estaca desafia campeã Namajunas: ‘Mereço uma nova chance’

Jéssica desafiou a campeã Namajunas (Foto:Reprodução/Instagram Jessicammapro)

Jéssica desafiou a campeã Namajunas (Foto:Reprodução/Instagram Jessicammapro)

A surpreendente vitória de Rose Namajunas sobre Joanna Jędrzejczyk no UFC 217, realizado no último sábado (04), deu uma chacoalhada na categoria peso palha feminino. Ciente da oportunidade que acabara de surgir, Jéssica Bate-Estaca não perdeu tempo e tratou de desafiar a nova campeã. Através de uma rede social, a brasileira pediu por uma nova chance de disputar o cinturão da divisão até 52kg.

Veja Também

Dillashaw (esq) acabou com C. Garbrandt (dir) (Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil)
Dillashaw e Namajunas fazem história e derrubam campeões no UFC 217

R. Namajunas chocou o mundo do MMA (Foto: Reprodução Facebook UFC)
VÍDEO: Veja como Namajunas chocou o mundo e nocauteou Joanna Jedrzejczyk

“Hoje foi uma noite decisiva para a categoria dos palhas no UFC. A invencível Joanna Campeã perdeu sua majestade, encerrando assim um ciclo do reinado. Parabéns para Rose Namajunas, uma grande lutadora, todo meu respeito a ela que suportou toda semana da luta as provocações da Joanna e não perdeu a linha, guardou tudo para o momento exato! Assistindo como espectadora hoje me fiz uma pergunta, por que Joanna não lutou comigo da mesma forma que lutou com a Rose? Ela não se aproximou nem um minuto, e quando se aproximou trocamos muitos socos, mas do 2 round em diante ela apenas conectava golpes fracos e corria, na intenção de marcar pontos apenas. Enfim quero minha nova chance de disputar o cinturão, dessa vez com a nova campeã Rose Namajunas. Muitos não sabem e eu também não fiz questão de publicar na mídia por que após a derrota poderia soar como desculpa, sim, eu estava lesionada quando disputei o cinturão com a Joanna, me lesionei na semana da luta, e mesmo assim decidi lutar! Talvez tenha sido um erro meu mas eu precisava tentar, eu me recuperei como vocês virão na luta com a Gadelha, e evolui SIM, mereço SIM uma nova chance! Eu quero disputar o cinturão e estou aqui pedindo publicamente, aos meus fãs, amigos e todos que acompanham meu trabalho. Me ajudem vamos fazer essa luta acontecer!”, escreveu Jéssica, que ainda aproveitou a publicação para marcar Dana White, presidente do UFC, e Sean Shelby, matchmaker responsável por casar as lutas na organização.

Número 1 no ranking peso palha feminino, Bate-Estaca já disputou o cinturão da categoria em maio deste ano, mas foi superada na decisão pela até então campeão  Joanna Jędrzejczyk. Ela se recuperou em setembro passando, quando bateu de forma dominante a compatriota Claudinha Gadelha. Com apenas 25 anos, ela soma 17 vitórias e seis derrotas como profissional (8-4 no UFC).

Namajunas, que conquistou o cinturão ao nocautear Jędrzejczyk no primeiro round, tem um histórico de cinco triunfos e dois reveses no UFC. Participante do TUF 20, ela chegou a disputa o cinturão inaugural do peso palha contra Carla Esparza, em 2014, mas perdeu por finalização. Com a mesma idade que a brasileira, ‘Thug’, como é conhecida, tem sete resultados positivos e três negativos em seu cartel.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *