Borrachinha chama Brunson de frouxo e GSP de campeão ilegítimo: ‘Se botar contra o Rockhold, ele volta para a categoria dele’

Borrachinha mira Derek Brunson – Foto: Leonardo Fabri

A principal sensação brasileira do UFC na atualidade é o peso médio Paulo Borrachinha, que já mandou três adversários para a lona desde que chegou à organização, em março deste ano. No que depender dele, a próxima vítima será Derek Brunson. Entretanto, o norte-americano recusou o desafio justificando que o brasileiro faz uso de anabolizantes.

Em entrevista ao podcast “MMA Ganhador”, Borrachinha não poupou críticas à recusa de Brunson.

“Ali ele estava evidentemente tirando o dele da reta, está com medo de fazer essa luta, ele não tem vontade de fazer essa luta porque sabe que vai tomar um pau. Ele inventou essa desculpa de que estou tomando bomba. Somos testados o tempo todo. É uma desculpa sem pé nem cabeça de quem está desesperado para tirar o seu da reta. Ele é um medroso, é um frouxo. Muito frouxo mesmo. Não tem nem o que falar. Se ele falasse que não queria a luta porque não estou ranqueado, eu falaria ‘tudo bem, você tem razão’. Mas a desculpa que ele usou é de quem está peidando, de quem está querendo sair fora”, disse o lutador, que nesta semana entrou no ranking da divisão.

O campeão da categoria agora é Georges St-Pierre, que no mesmo evento em que Paulo Borrachinha lutou, finalizou Michael Bisping para conquistar o título. Porém, para o brasileiro, o canadense é um campeão ilegítimo e dificilmente aceitará os desafios das grandes pedreiras da divisão.

“Eu já esperava que o GSP fosse ganhar porque o Bisping é muito fraco. Ele é um terror nessa categoria, é muito feio ele lutando nos médios. Mas acho que o GSP não dá conta de manter o cinturão. Ele e o Bisping não são legítimos campeões. O GSP ou vai fazer apenas superlutas ou descer de categoria. Acho difícil ele se manter nesse peso. Se ele continuar nessa categoria, só se o UFC oferecer alguém que seja fácil, como o (Kelvin) Gastelum. Se botar um Luke Rockhold contra ele, St-Pierre volta para categoria dele”.

Ainda relacionado ao UFC 217, Borrachinha revelou um momento que o marcou bastante nos bastidores, quando Rose Namajunas, que acabaria conquistando o cinturão, chegou ao vestiário abalada pelas provocações durante a última encarada com Joanna Jedrzejczyk.

“Fiquei chocado com as meninas (Joanna Jedrzejczyk e Rose Namajunas). Fiquei chocado. Não só a luta. A luta foi muito chocante. Mas no dia da pesagem para a mídia, para a TV, a Joanna falou um monte de coisa para Rose, botou a mão na cara dela… A Rose ficou congelada, sem reação. Quando fomos para os bastidores, a Rose veio chorando, em prantos. Pensei: ‘Essa moça não vai ter condições de lutar. Ela está destruída emocionalmente’. Mas chorando muito, copiosamente. Aí ela sentou, todo mundo ficou calado, todo mundo queria consolá-la, mas meio sem jeito, né?! Ela é nova, uma moça jovem, chegou a dar pena. Isso não esta certo. Passaram-se uns 20 minutos, entra a Joanna,  provocando, botando a mão na cara dela e gritando. E a rose chorando olhando para o chão. Não precisava disso tudo. Eu estava quase indo pegar a Joanna para colocá-la sentada do outro lado da sala, como crianças (risos). Estava complicada a situação. Parecia uma criança chorando e a outro fazendo bullying, uma situação bem pesada. Eu disse ao meu treinador: ‘Essa menina não tem condição nenhuma de lutar amanhã’. E ela estava sozinha. Todo mundo com treinador e ela sozinha. Quando chega na luta, ela vai e faz aquilo. Quando vi aquilo fiquei muito feliz, estava torcendo muito por ela”.

O post Borrachinha chama Brunson de frouxo e GSP de campeão ilegítimo: ‘Se botar contra o Rockhold, ele volta para a categoria dele’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *