Golm vibra com estreia ‘perfeita’ no Ultimate, mas adota cautela para os próximos passos: ‘Ainda é cedo’

Por Diogo Santarém

Tido como uma das boas promessas brasileiras na categoria peso-pesado, Marcelo Golm fez uma estreia considerada “perfeita” para qualquer lutador. No último dia 28, o brasileiro, na abertura do UFC São Paulo finalizou Christian Colombo ainda no primeiro round com uma atuação dominante e seguiu invicto em sua carreira no MMA, agora com seis vitórias.

Com um debute animador na maior organização de MMA do mundo, Marcelo, ao final da luta, ainda foi entrevistado e recebeu elogios de Daniel Cormier, atual campeão meio-pesado do Ultimate, e que teve a função de entrevistador na transmissão oficial da franquia. Em declaração aos jornalistas na área da imprensa, Golm falou sobre a sensação de ter sido entrevistado por uma das maiores estrelas do UFC na atualidade e seu ídolo.

“Bom, eu sou até suspeito para falar, né? Eu sou muito fã do Daniel Cormier, é um grande campeão do UFC. E ver ele conversando comigo no final da luta, me dando uma moral na entrevista, eu fiquei muito feliz com isso. Foi um grande momento ali”, disse o brasileiro.

Veja a entrevista completa com Marcelo Golm:

– Momento em que sentiu a hora de definir o confronto

A hora que eu senti, foi quando ele começou a me clinchar ali, ele já vinha sentindo bastante a minha mão, e por conta disso eu vi que dali ia sair a vitória. Foi exatamente naquele momento que eu parti para definir o combate, e graças a Deus deu tudo certo.

– Especialidade no Jiu-Jitsu apesar das vitórias por nocaute

As vitórias que eu tenho por nocaute, a maioria foi no ground and pound. Apesar de todos os nocautes, eu sou do Jiu-Jitsu, então eu vim para ganhar, independentemente da forma que fosse. Fico feliz de ter conseguido a minha primeira finalização no MMA profissional.

– Sensação em ver e lutar ao lado de estrelas do Ultimate

Ver todos os caras que eu assistia apenas pela televisão foi uma coisa que me deixou um pouco impressionado, mas no final das contas, foi tranquilo. Eu estava bem calmo, estava muito preparado para essa luta, então deu tudo certo, foi uma boa vitória para a estreia.

Marcelo Golm adotou cautela ao falar sobre próximos passos no UFC (Foto Getty Images / UFC)
Marcelo Golm adotou cautela ao falar sobre os seus próximos passos no UFC (Foto Getty Images / UFC)

– Surpresa com estreia ‘perfeita e vitória de forma rápida

Não, não me surpreendeu (a vitória de forma rápida). Eu vim para ganhar e foi acontecendo, graças a Deus. Se o duelo fosse para o terceiro round, durasse os 15 minutos, eu estava bem e tranquilo também. No fim o mais importante é vencer.

– Futuro no UFC e planos para novo duelo ainda em 2017

Essa é a terceira luta seguida que eu faço neste ano. Lutei pela primeira vez em julho, depois em agosto e agora essa estreia pelo UFC. Se aparecer uma luta para dezembro, eu vou aceitar, sim, vou estar pronto, mas vamos ver o que o Ultimate me oferece.

– Paciência para pedir por adversários na divisão dos pesados

Eu acho que ainda é um pouco cedo para chegar e pedir isso (enfrentar alguém). Eu sou novo na organização, acabei de estrear, então eu ainda vou dar uma segurada para pedir alguém para enfrentar ainda. Vamos aguardar, ver o que o UFC tem em mente pra mim.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *