UFC Norfolk agita noite deste sábado com seis brasileiros e duelo de trocadores na luta principal

Duelo vai acontecer dia 11 de novembro (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)

Duelo vai acontecer dia 11 de novembro (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL)

Após o histórico UFC 217, o Ultimate busca seguir o ritmo intenso do último fim de semana com um evento recheado de boas lutas. O UFC Norfolk acontece deste sábado (11) e traz na luta principal, um duelo de exímios trocadores: o ex-campeão dos leves Anthony Pettis busca ficar perto de nova luta pelo título contra Dustin Poirier, conhecido por seu boxe alinhado e mãos pesadas.

Veja Também

A. Silva está frustrado com o UFC Foto: Reprodução
Anderson Silva cai novamente no antidoping e está fora do UFC Xangai

Trio é favorito para o UFC Norfolk (Foto:Reprodução/Facebook/Montagem SL)
Anthony Pettis, Mutante e Junior Albini são favoritos no UFC Norfolk

Além da promessa de batalha entre os leves, o show também terá seis brasileiros em ação, com boas perspectivas para o MMA nacional: Júnior Albini, Cezar Mutante, Raphael Assunção, Marlon Moraes, Marcel Fortuna e Viviane Sucuri estarão em ação em diversas divisões.

Promessa de luta insana

D. Poirier (esq) pega A. Pettis (dir) (Foto: Reprodução Twitter UFC)

D. Poirier (esq) pega A. Pettis (dir) (Foto: Reprodução Twitter UFC)

Ainda que estejam fora do top-5 do peso leve, Anthony Pettis e Dustin Poirier estão em alta no UFC. O ex-campeão da categoria retornou ao caminho das vitórias com um grande triunfo sobre Jim Miller, enquanto o ‘Diamante’ vem de uma guerra contra outro antigo dono de cinturão, Eddie Alvarez – Poirier vencia a luta, quando foi pego por uma joelhada ilegal que o nocauteou e o duelo ficou sem resultado.

Por isso, a luta principal do UFC Norfolk, além de prometer um show de trocação, com o tae kwon do apurado de Pettis contrastando com o boxe alinhado e as mãos pesadas de Poirier, deve definir quem dará um passo à frente no verdadeiro tanque de tubarões que é a divisão até 70 kg. O vencedor poderá ficar a uma luta de disputar o cinturão, enquanto o vencedor dará vários passos atrás na busca pelo título.

Brasileiros do card principal

Júnior “Baby” Albini teve uma estreia de sonhos no UFC: o brasileiro nocauteou Timothy Johnson no primeiro round e recebeu como presente uma luta contra um atleta de renome. Andrei Arlovski está em má fase, vindo de várias derrotas seguidas, mas ainda é um dos nomes mais reconhecidos da divisão, e já foi campeão do Ultimate. Uma vitória sobre o bielorrusso coloca “Baby” em outro nível na rasa divisão peso pesado e, em caso de triunfo, o brasileiro já pode sonhar com voos mais altos.

Raphael Assunção, por sua vez, vem de uma das maiores vitórias de sua carreira, quando superou o compatriota Marlon Moraes no UFC 212. Mas o peso galo, que já venceu o atual campeão TJ Dillashaw, não recebeu um adversário melhor ranqueado e teve que se contentar com Matthew López. Assim, a obrigação da vitória fica em cima do brasileiro, que não pode sequer pensar em perder se quiser permanecer na caça ao cinturão dos galos.

Finalmente, Cézar Mutante terá a chance de se recuperar da inesperada derrota para Elias Theodorou diante de um veterano do esporte. Nate Marquardt já foi campeão do Strikeforce, mas está em fase descendente e vem de derrota para o mestre de Mutante, Vitor Belfort. Mesmo assim, o peso médio brasileiro, que tinha construído sequência de três vitórias antes do revés, precisa do triunfo para seguir subindo na divisão.

Brasileiros nas preliminares

M. Moraes vem de derrota (Foto: Reprodução Instagram ufc)

M. Moraes vem de derrota (Foto: Reprodução Instagram ufc)

O peso galo Marlon Moraes não tem moleza desde que assinou com o Ultimate. Após estrear com derrota em duelo equilibrado com Raphael Assunção, “Magic” agora fará sua segunda luta na categoria contra John Dodson, campeão do TUF 14 na divisão e ex-desafiante ao cinturão dos moscas. O duelo promete equilíbrio, já que os dois são, talvez, os mais rápidos da categoria, enquanto Marlon leva vantagem no jiu-jitsu e no peso da mão. Quem ganhar dará expressivo passo rumo ao top-5.

O brasileiro Marcel Fortuna estreou no UFC entre os pesos pesados e surpreendeu com um grande nocaute sobre o wrestler Anthony Hamilton. Porém, ao retornar à sua divisão de peso original, foi surpreendido por Jordan Johnson, e derrotado na decisão unânime. Diante de Jake Collier, “Mãozinha” precisa da vitória para se manter na rota por um lugar no top-15 da divisão até 93 kg.

Vivi Sucuri, por sua vez, terá pela frente seu primeiro grande teste no Ultimate. Após vitórias sobre Valerie Letorneau e Jamie Moyle, a brasileira peso palha terá pela frente Tatiana Suárez, conhecida por seu wrestling apurado e por ter vencido a 23ª temporada do The Ultimate Fighter. Com apenas quatro lutas profissionais, Suárez está invicta no MMA, assim como Sucuri, que tem 13 triunfos em 13 lutas.

UFC Fight Night Norfolk

Data:11/11/2017
Horário: 21h30
Local: Norfolk, Virginia, EUA
Como assistir: Canal Combate

CARD PRINCIPAL (a partir de 1h, horário de Brasília):

Peso leve: Dustin Poirier x Anthony Pettis

Peso meio-médio: Matt Brown x Diego Sanchez

Peso pesado: Júnior Albini x Andrei Arlovski

Peso médio: Nate Marquardt x Cezar Mutante

Peso galo: Raphael Assunção x Matthew Lopez

Peso leve: Joe Lauzon x Clay Guida

CARD PRELIMINAR (a partir de 21h30, horário de Brasília):

Peso galo: John Dodson x Marlon Moraes

Peso palha: Tatiana Suarez x Viviane Sucuri

Peso leve: Sage Northcutt x Michel Quiñones

Peso palha: Angela Hill x Nina Ansaroff

Peso meio-médio: Court McGee x Sean Strickland

Peso meio-pesado: Jake Collier x Marcel Fortuna

Peso médio: Darren Stewart x Karl Roberson

 

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *