Augusto Sakai nocauteia no Imortal FC 7 e pede chance no UFC; Hassem lidera estreia do Grappling Challenge

De volta ao cenário nacional após boa passagem pelo Bellator, o peso-pesado Augusto Sakai venceu Tiagão Cardoso por nocaute técnico ainda no primeiro round na luta principal da sétima edição do Imortal FC – Vegeance, realizado no último sábado (11), para mais de 2500 pessoas no ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais, no Paraná.

A luta começou com Sakai apostando nos low kicks. A estratégia deu certo e Cardoso começou a acusar os golpes na perna esquerda. Com o oponente ferido, Sakai aplicou um knockdown após um direto de encontro e, em seguida, com os dois já de pé, emplacou uma sequência de socos até o árbitro interromper o duelo. Foi a primeira luta de Augusto Sakai desde a saída do Bellator, aonde venceu três combates, empatou um e perdeu outro.

“Quando muitos desacreditavam, meu time estava sempre ao meu lado e, graças a eles, eu saí vitorioso esta noite. Só tenho uma derrota no meu cartel, mas quando você não está no topo, as pessoas costumam esquecer sua história. Hoje eu provei que ainda sou o melhor peso-pesado do Brasil. UFC, eu estou aqui”, falou o lutador, atualmente com 26 anos.

Macarrão anota nono nocaute na carreira

Vindo de derrota no evento japonês Pacrase, Leonardo Macarrão fez uma apresentação de gala diante do resistente Rogério Santos. Do primeiro ao terceiro round, o ex-UFC castigou o adversário com inúmeras combinações de kickboxing, alternando ataques na cabeça e na linha de cintura. Mas foi com um chute na perna que o paranaense definiu.

Imortal Grappling contou com o brilho especial da fera Alessandro Hassem, único a finalizar (Foto Cassiano Correia)

Equilibro nos desafios do Imortal Grappling

Na edição de estreia do Imortal Grappling Challenge, que antecedeu as lutas de MMA, apenas Alessandro Hassem teve o braço levantado, pois foi o único a conseguir finalizar o adversário, regra que definiria os vencedores. Sua vítima foi Hugo Matheus, que deu os três tapinhas após ser pego num triângulo. Os principais confrontos foram marcados por muita técnica e equilíbrio, mas sem finalizações. Por conta disso, os combates Rodrigo Pimpolho x Carlston Harris e Leonardo Chocolate x Klidson Faria terminaram empatados.

RESULTADOS COMPLETOS:

Imortal FC 7 – Vegeance
Ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais (PR)
Sábado, 11 de novembro de 201

Card principal
Augusto Sakai derrotou Tiago Cardoso por nocaute técnico no 1R
Leonardo Macarrão derrotou Luiz Cado por nocaute técnico no 3R
Shyudi Yamauchi derrotou Jardel Evangelista por nocaute no 1R
John Allan derrotou Rafael Monteiro por nocaute técnico no 2R
Jetron Amaral derrotou José Metal por nocaute no 1R
Wellington Turman derrotou Rodrigo Urso por decisão unânime dos jurados
Ricardo Guimarães finalizou Guilherme Serial com uma kimura no 3R

Card preliminar
Mario Alves Souza derrotou Felipe Alves por nocaute no 3R
Tamiray Lacerda finalizou Ciro Drac com um mata-leão no 1R
Rodrigo Caiçara derrotou Onofre Felipe por decisão unânime dos jurados
Sergio Bernardo derrotou Loibe Neto por decisão unânime dos jurados
Josi Nunes derotou Natasha Simon por decisão unânime dos jurados
João Paulo derrotou Paulo Macedo por decisão majoritária dos jurados
Rafael Saddan derrotou Edinelson Alemão por nocaute técnico no 1R
David Deruk derrotou Gabriel Peixoto por decisão unânime dos jurados

Imortal Grappling Challenge
84kg: Rodrigo Farjado e Carlston Harris empataram
110kg: Klidson Faria e Leonardo Chocolate empataram
110kg: Macaco e André Rudolfo empataram
75kg: Alessandro Hassem finalizou Hugo Matheus com um triângulo
75kg: Leonardo Bauab e Everton Toniazzo empátaram
86kg: Junior Balão e Victor Kratos empataram
95kg: Eduardo Loreny e Marcelo Berimbolo empataram

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *