Anderson Silva quebra silêncio por suposto caso de doping e descarta aposentadoria: ‘Não vou desistir’

No começo da madrugada desta quarta-feira (15), Anderson Silva quebrou o silêncio após ser notificado pela USADA (Agência Antidoping dos EUA), por uma possível falha em um exame realizado fora do período de treinos. O ex-campeão dos médios precisou deixar o card do UFC Xangai, do próximo dia 25, quando enfrentaria Kelvin Gastelum. O Ultimate agiu rápido e anunciou Michael Bisping como substituto.

No comunicado, “Spider” abordou o tema, mas evitou dar maiores informações. Além disso, Anderson, aos 41 anos, demonstrou tristeza e afirmou que, independente do que aconteça, não vai abandonar a carreira no MMA.

Confira abaixo o comunicado:

“Obviamente, acho que tudo faz parte de um processo de evolução, a cada dia que passa, consigo aprender mais sobre quem sou. Estou aqui para agradecer todos os meus fãs, principalmente meus treinadores e todos os colaboradores nesta longa jornada. Não tenho como expressar meus sentimentos e o quanto estou triste, pois todos nós investimos amor, paixão e tempo neste camping, não sei exatamente os planos de DEUS para mim, mas de qualquer maneira, só posso agradecer a ele e a todos vocês, mais uma vez, pelo amor e carinho de todos, nada é mais gratificante neste momento do que ter vocês ao meu lado. Não vou desistir, muito menos parar de fazer o que amo, não é pela fama ou pelo dinheiro, é porque amo lutar. Então, independente do que acontecer daqui pra frente, nada muda, meus planos são os mesmos, nada mudou. Um grande beijo pra todos e nos vemos em breve”, escreveu Anderson Silva.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *