Lenda japonesa e mais quatro brasileiros são desligados do UFC; veja a lista aqui

Na última quarta-feira (15), o Ultimate demitiu cinco lutadores do seu plantel, entre eles quatro brasileiros: Adriano Martins, Hacran Dias, Henrique Frankenstein e Carlos Boi. Além do quarteto, a lenda japonesa Takanori Gomi também não faz mais parte da organização, segundo informação confirmada após uma reportagem inicial do Combate.

Tirando Carlos Boi, que nem chegou a estrear pelo Ultimate após ser pego em um exame antidoping antes do UFC São Paulo, todos os outros vinham de resultados ruins na franquia. Gomi, por exemplo, acumula cinco derrotas seguidas, e aos 39 anos de idade, não vence desde abril de 2014, quando superou Isaac Vallie-Flagg por decisão unânime.

Aos 28 anos, o meio-pesado Frankenstein até começou bem na organização, somando duas vitórias. Porém, ao ser finalizado por Paul Craig, em dezembro do ano passado, iniciou uma sequência de quatro reveses, que culminaram no seu desligamento do UFC. Hacran Dias, da Nova União, precisou de três derrotas seguidas para ser demitido, enquanto o peso-leve Adriano Martins, nome em fase “menos pior” na lista, vinha de dois resultados ruins.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *