Polícia de Sydney cita bumerangue e Werdum terá que se apresentar ao tribunal, diz TV local

A confusão entre Fabrício Werdum e Colby Covington nesta semana, na Austrália, pode render um grande prejuízo para o brasileiro. O canal de TV local, 9News, noticiou que o “Vai Cavalo” foi acusado de agredir “Chaos” e precisará comparecer ao tribunal no dia 13 de dezembro, para prestar esclarecimento sobre o ocorrido no hotel na capital Sydney.

Colby, no momento da confusão, fazia uma transmissão ao vivo através das suas redes sociais. O peso-meio-médio chegou a afirmar que havia recebido um soco no rosto, o que foi “negado” pelo brasileiro horas depois. Em seu site, a polícia local relatou que: “um homem mais velho atingiu um homem mais jovem no pescoço com um bumerangue, que estava dentro de uma sacola”, de acordo com as imagens que circulam na internet.

Segundo o brasileiro, Covington iniciou a confusão após chamá-lo de “animal imundo”, como fez no UFC São Paulo, após derrotar Demian Maia, quando usou o mesmo termo para se referir a torcida brasileira. O ex-campeão dos pesados ainda revelou que o americano tentou acertar um chute nele, mas sem sucesso. Nas redes sociais do próprio atleta da ATT, também é possível ver o lutador disparando contra o Brasil nos seus comentários.

“Fod***-se o Brasil. Fod***-se o Fabrício Werdum. Um monte de animais imundos. E eles ainda perguntam por que eu falo isso. Porque eles são um monte de animais”, declarou.

Vale ressaltar que os dois lutadores estão em Sydney para O UFC Fight Night 121, que acontece neste sábado (18). Enquanto o “Vai Cavalo” é o protagonista do evento ao lado de Marcin Tybura, Colby Covington é um dos convidados da organização para o card.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *