Shooto Brasil 78 coloca cinturão dos super-leves em jogo após aderir às novas categorias; saiba mais

A décima edição do Shooto Brasil em 2017 está cheia de atrações. No próximo domingo (26), a Arena Upper, no Rio de Janeiro, recebe a 78ª edição da história da organização com algumas novidades. Na luta principal da noite, o potiguar Carlão Silva encara o paulista Felipe Douglas pelo cinturão inaugural dos super-leves (até 74,8kg). Este será o primeiro duelo da divisão no Shooto Brasil. Além dos super-leves, outras três categorias foram incorporadas ao evento após serem incluídas nas Regras Unificadas do MMA desde a última edição. O Shooto Brasil 78 conta com outros dez duelos e começa às 20h (de Brasília).

As novas divisões de peso foram incluídas nas Regras Unificadas do MMA após decisão da ACB (Associação de Comissões de Boxe e Esportes Combativos) em julho deste ano e prontamente incorporadas à CABMMA, entidade que regulamenta as edições do Shooto e do UFC no Brasil. Além dos super-leves e dos super-médios, foram criadas também as categorias dos super-meio-médios (até 79,4kg) e dos cruzadores (até 102kg). A decisão de aderir às novas divisões de peso aos eventos varia de cada promotor. O UFC, por exemplo, ainda não anunciou nenhuma novidade em relação ao assunto. O Shooto Brasil, através de seu presidente Dedé Pederneiras, se pronunciou aprovando a decisão que já está valendo.

“Isso é uma questão que sempre foi necessária, só vejo benefícios. Além de prezar pela saúde dos atletas com a diminuição do corte de peso, ainda damos mais chances a novos campeões surgirem. Agora dificilmente teremos algum atleta que não se encaixa em determinada categoria e acabamos com os pesos combinados. Quanto mais categorias melhor, nós não tivemos dúvidas na hora de implantar isso no Shooto”, afirmou Dedé.

Carlão Silva e Felipe Douglas disputam cinturão inaugural

Os protagonistas da luta principal da noite possuem trajetórias bem parecidas. Carlão Silva é natural do Rio Grande do Norte e integra a equipe Kimura, antiga filial da Nova União – o fim da parceria foi anunciado na última semana. Aos 24 anos, Carlão possui um cartel de dez vitórias e apenas uma derrota. Conhecido pelo seu poder de nocaute, o potiguar vai para o quinto duelo no Shooto Brasil e vem de quatro triunfos consecutivos na franquia.

Felipe Douglas é paulista de Taubaté e faz sua estreia no Shooto Brasil (Foto Bruno Riganti / MMA4EVER)

Seu oponente é Felipe Douglas, que integra a tradicional equipe paulista 011. Natural de Taubaté, no interior do estado, Felipe vai fazer sua estreia no Shooto Brasil. Aos 25 anos, ele tem bastante bagagem nos eventos nacionais e soma um cartel de 11 vitórias e apenas três derrotas. Assim como Carlão, o paulista tem a maioria de suas vitórias por nocaute e também fez apenas um duelo em 2017, no mês de agosto, ao vencer João Paulo de Moura.

A venda de ingressos (R$ 30 arquibancada / R$ 50 cadeira / R$ 150 camarote) acontece na Academia Upper, localizada na Rua Marques de Abrantes, nº 96, no bairro Flamengo (RJ).

CARD COMPLETO:

Shooto Brasil 78
Arena Upper, no Flamengo (RJ)
Domingo, 26 de novembro de 2017

Felipe Douglas (011 MMA Team) x Carlão Silva (Kimura)
Roger Berger (DTM Team / Mezenga Thai) x Zezão Trator (Frankiko Team)
Vavá Lana (Equipe Puro Impacto / G13) x Fiuri Ribeiro (Nova União)
Wagner Maia (Baixinho Team) x Raphael Pessoa (Team New Corpore)
Evandro Alemão (Equipe Puro Impacto) x Wellinton Silva (Nova União)
Carlos Alexandre (Corinthians MMA) x Kauã Fernandes (Nova União)
Victor Paçoca (TFT / AFTEAM / DAJJ) x Klinger Pinheiro (Nova União)
Lincoln Barbosa (Team New Corpore) x João Paulo King (Nova União)
Luiz Felipe Jones x Vandirson Alves (Rizzo RVT)
Alan Alves (BH Rinos) x Mohamed Camarada (Nova União)
Heder Araújo (Dragon Fight / Nova União) x Leonardo Areas (Street Fighter Top Team)

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *