Joanna diz que derrota para Rose Namajunas foi ‘acidente’

Joanna está na China para promover o UFC (Foto: Reprodução Twitter ufc_asia)

Joanna está na China para promover o UFC (Foto: Reprodução Twitter ufc_asia)

Nem a derrota inesperada por nocaute para Rose Namajunas parece ter tirado a confiança do discurso de Joanna Jedrzejczyk. A ex-campeã peso palha do Ultimate, que perdeu o título para a norte-americana no histórico UFC 217, garantiu que o revés foi um acidente, prometeu seguir “arrogante” e declarou que voltará a ter o cinturão ainda no primeiro semestre do ano que vem.

Veja Também

Tate (foto) acredita em Holm contra Cyborg (Foto: Reprodução/Facebook MieshaTate)
Ex-campeã Miesha Tate acredita que Holm pode vencer Cyborg

Bisping (dir) quer redenção contra Gastelum (esq) (Foto: Reprodução Twitter ufc_asia)
UFC China traz chance de redenção para Bisping e estreia de brasileiro

Bisping é azarão contra Gastelum (Foto:Reprodução/EaSportsUFC)
Bisping é azarão contra Gastelum nas apostas para o UFC China

Em Xangai para ajudar a promover o UFC China deste sábado (25), a polonesa reiterou que não se acha inferior à nova campeã e prometeu vencê-la em uma eventual revanche.

“Erros acontecem com todo mundo. Mas (a derrota para Rose Namajunas) foi um acidente, não foi um erro. Eu não vou culpar ninguém pois sou uma senhorita classuda, sou uma atleta profissional. Mas, por favor, não digam nada dos meus treinadores ou do meu time. Nós estávamos preparados para essa luta e eu tinha que ter feito as coisas desse jeito mesmo. Eu tenho muito respeito por Namajunas, ela venceu a luta com estilo, mas como eu disse, foi um acidente. Eu sei o que aconteceu. Analisei a luta e já sei o que aconteceu e vou voltar mais forte do que nunca”, disse a polonesa, em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, reiterando que não irá mudar sua maneira de ser.

“Para as pessoas que dizem que eu só perdi pela minha arrogância ou prepotência, quero dizer que serei ainda mais arrogante e prepotente. E falarei ainda mais alto porque sei o meu valor. Sou maior do que aquela noite no UFC 217 e voltarei a ser campeã”, encerrou.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *