Morando nos EUA, Pelé Landi adverte Colby Covington: ‘Quando cruzarmos, vou fazer ele baixar a bola’

Pelé e Rudimar reprovam as atitudes do norte-americano – Foto: Marcelo Alonso

O atual inimigo número 1 do Brasil no MMA é o lutador norte-americano Colby Covington, que após vencer Demian Maia no UFC São Paulo no final do mês passado passou a ofender os brasileiros indiscriminadamente. Lendas da modalidade desde a época em que esta era chamada de Vale-Tudo e, por muitas vezes, a manutenção da honra era mais importante que qualquer cinturão ou valor da bolsa, José Pelé Landi e Rudimar Fedrigo reprovam veementemente as recentes atitudes do meio-médio do UFC.

“Eu tenho a mesma linha de pensamento do Werdum… Na hora em que eu cruzar com ele, e eu também estou morando na América, então existe essa possibilidade, eu vou fazer ele abaixar a bola. Ele vai escutar muita coisa, porque ele tem que entender que a nossa nação é protegida. Ele pode ganhar o espaço dele de várias formas, inclusive lutando, mas não ofendendo uma pátria”, declarou Pelé em bate-papo com os nossos parceiros do canal MMA Debate.

Fundador da Chute Boxe, Rudimar Fedrigo acredita que o UFC tem a obrigação de repreender Colby Covington pelas declarações “descalibradas e sem noção” envolvendo o país.

“Provocações de atleta para atleta, lutador para lutador, faz parte, não tem problema, mas você não pode atingir um povo, não pode generalizar. O evento tinha que tomar providências em relação a isso, porque em vez de estimular a prática de integração das pessoas, acaba fazendo que haja preconceito, e a gente que é das antigas sabe o quanto o preconceito já nos prejudicou”.

O post Morando nos EUA, Pelé Landi adverte Colby Covington: ‘Quando cruzarmos, vou fazer ele baixar a bola’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *