UFC China: Dominado do início ao fim, Sheymon Moraes é finalizado por promessa russa em estreia

Zabit não deu chances para Sheymon (Foto:Reprodução/Instagram UFCBrasil)

Zabit não deu chances para Sheymon (Foto:Reprodução/Instagram UFCBrasil)

Depois de anos de espera, o brasileiro Sheymon Moraes fez, enfim, sua estreia na maior organização de MMA do mundo. No entanto, o começo foi com o pé esquerdo. Totalmente dominado durante os três rounds do combate, o peso pena não foi capaz de superar o jogo de quedas do talentoso Zabit Magomedsharipov, que o finalizou aos 4m33s do terceiro round, na luta que fechou o card preliminar do UFC China, neste sábado (25), na cidade de Xangai.

Veja Também

Gastelum nocauteou Bisping no primeiro round (Foto:Reprodução/CombatePlay)
UFC China: Gastelum apaga Bisping com nocaute brutal no primeiro round

UFC desembarca na Austrália neste sábad. Foto: Reprodução / Facebook UFC
UFC China – Michael Bisping x Kelvin Gastelum – Resultados

Essa foi a segunda derrota profissional de Sheymon, que ainda conta com nove vitórias no cartel. Pupilo de Anderson Silva, o carioca de 27 anos vinha de um ano e meio inativo, tendo atuado pela última vez em junho de 2016, quando venceu Luis Palomino no extinto WSOF. Magomedsharipov, por sua vez, chegou ao segundo triunfo em duas lutas no Ultimate – já havia finalizado Mike Santiago no UFC Holanda, em setembro. Aos 26 anos, o russo soma 14 resultados positivos e somente um negativo em sua carreira. Mesmo com apenas duas apresentações na casa, seu nome já começa a ser cotado como uma das principais promessas da categoria até 66kg.

A luta 

Os dois atletas começaram estudiosos, disparando tímidos chutes baixos. Sheymon, ao disparar um chute de direita na perna, foi contragolpeado com um bom direto. Com envergadura maior, Zabit passou a crescer na luta, acertado bons golpes no estreante. Moraes disparou um chute na linha de cintura, mas teve a perna agarrada pelo russo, que levou o combate para o solo. Sheymon ainda tentou se levantar, mas foi novamente quedado, cedendo as costas. O brasileiro, porém, conseguiu se desvencilhar da posição, fazendo boa movimentação por baixo. O round terminou com Magomedsharipov batendo por cima.

Magomedsharipov  voltou para a segunda etapa soltando golpes plásticos, mas sem contundência. Novamente quedado, Sheymon tentou encaixar um triângulo na guarda, mas Zabit se defendeu de maneira magistral. Em vantagem novamente, o russo foi para as costas do brasileiro e passou a castigar com fortes socos na cabeça. Magomedsharipov seguiu por cima, na meia-guarda, disparando boas cotoveladas em Moraes, que apenas se defendia.

Ciente da desvantagem nos rounds inicias, Shyemon voltou mais agressivo, tentando surpreender na trocação. Zabit, contudo, se defendeu de maneira eficiente, aproveitando uma brecha do brasileiro para levar a luta ao solo. Novamente por cima, Magomedsharipov foi para as costas de Moraes, que já demonstrava pouca reação. O russo seguiu com total domínio posicional no chão, raspando com certa facilidade. Ao tentar se levantar, Sheymon acabou deixando o pescoço para Zabit, que rapidamente encaixou o triângulo de mão, obrigando o brasileiro a dar os três tapinhas em desistência.

Chineses brilham em card preliminar movimentado

Yadong estreou no UFC com o pé direito (Foto:Reprodução/Instagram UFCBrasil)

Yadong estreou no UFC com o pé direito (Foto:Reprodução/Instagram UFCBrasil)

Nas outras sete lutas da porção preliminar, seis lutadores chineses estiveram em ação, com saldo de 50% para os atletas da casa, com três resultados positivos e três negativos. Os destaques ficaram por conta de três estreantes: o peso galo Song Yadong, que teve atuação impecável em sua estreia e finalizou Bharat Khandare ainda no primeiro round, a peso palha feminino Yan Xiaonan, que derrotou Kailin Curran por decisão unânime após três rounds bem movimentados, e o meio-médio Kenan Song, que despachou Bobby Nash com um nocaute relâmpago em 15 segundos.

Outros nomes que brilharam foram os pesos pesados Shamil Abdurakhimov e Cyril Asker. Enquanto o russo do nome difícil precisou de somente 84 segundos para nocautear Chase Sherman, o francês Asker não deu chances para o chinês debutante Yaozong Hu, finalizando o rival com um justo mata-leão aos 2m33s do segundo round. As vitórias por pontos de Rolando Dy e Gina Mazany sobre Wuliji Buren e Yanan Wu, respectivamente, completaram o card preliminar.

Resultados do UFC China 

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Kelvin Gastelum derrotou Michael Bisping por nocaute técnico aos 2m30s do R1

Peso meio-médio: Li Jingliang derrotou Zak Ottow por nocaute técnico aos 2m57s do R1

Peso pena: Wang Guan derrotou Alex Caceres por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso meio-médio: Alex Garcia derrotou Muslim Salikhov por finalização (mata-leão) aos 3m22s do R2

CARD PRELIMINAR 

Peso pena: Zabit Magomedsharipov derrotou Sheymon Moraes por finalização (triângulo de mão) aos 4m33s do R3

Peso meio-médio: Kenan Song derrotou Bobby Nash por nocaute técnico aos 15 segundos do R1

Peso palha: Yan Xiaonan derrotou Kailin Curran por decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 30×27)

Peso galo: Song Yadong derrotou Bharat Khandare por finalização (estrangulamento) aos 4m16s do R1

Peso pesado: Shamil Abdurakhimov derrotou Chase Sherman por nocaute técnico aos 1m24s do R1

Peso galo: Gina Mazany derrotou Yanan Wu por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso pena: Rolando Dy derrotou Wuliji Buren por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27)

Peso pesado: Cyril Asker derrotou Yaozong Hu por finalização (mata-leão) aos 2m33s do R2

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *